quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Torcidas Organizadas em Goiás fazem campanha pela paz


Eu particularmente, por motivos óbvios, tenho as minhas restrições em relação as Torcidas Organizadas. Na minha opinião elas perderam a sua essência há muito tempo. Se elas nunca tivessem existido o futebol hoje seria bem melhor.

Mas já que estão aí e tem gente que acha que para torcer tem que estar em grupo, então que se busque uma maneira de que eles fiquem em paz e não atrapalhem os outros.

Cada vez que elas brigam o time perde mando de campo, toma multa e afasta torcedores. A arrecadação cai, o time perde poder de investimento e etc e tal...

Todos perdem. 

Pensando nisso está partindo dos próprios torcedores o início de uma cultura de paz.

Nesta terça aconteceu uma reunião com as torcidas organizadas Dragões Atleticanos, Esquadrão Vilanovense, Força Jovem Goiás e Torcida Organizada Rubra, com intuito de juntas trabalharem em prol das torcidas organizadas, especificamente para volta das torcidas nos estádios e pacificação das torcidas. 



O lema é "Rivais sim, Inimigos não! Torcidas unidas!"

Nesta quarta as organizadas do Vila também fizeram um pacto de paz junto ao presidente  Guto Veronez.

Belas iniciativas.

Criar uma cultura de paz e respeito é o caminho.

Vou torcer demais para dar certo.

Que eles mudem a minha opinião.






segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Na descendente, Tony vai para o América de Morrinhos

O goleiro Tony é um exemplo de como uma carreira não deve ser gerida.

Começou no Rio Verde, depois foi para as categorias de base do Vila Nova onde se profissionalizou e se firmou.

Tony chegou a ser um dos destaques da Série C de 2013.

No ano passado como titular do Vila Nova saiu por meio de uma ação na Justiça Trabalhista e foi para o Atlético ser o reserva do reserva. Antes do fim da Série B já estava dispensado.

Recentemente foi apresentado como contratação do Sampaio Corrêa. Mas não ficou. Depois de uma semana anunciaram que ele não estava nos planos.

No domingo passado o goleiro estreou pelo América de Morrinhos em um amistoso contra a Aparecidense.

Agora vai disputar a 2ª divisão do Campeonato Goiano.

Se não tivesse "crescido o olho" poderia estar no Vila Nova, tudo bem, no mesmo campeonato, mas na capital e com uma Série C do brasileiro pela frente.

domingo, 25 de janeiro de 2015

O Galo voltou


Transitando neste sábado eis que vejo um carro com o adesivo do Galo.

Nada demais a não ser pela coincidência.

Vi o escudo do Galo, lembrei de futebol e resolvi ouvir as novidades.

Tirei da Executiva FM e sintonizei a Rádio Bandeirantes 820.

E nesse exato instante o narrador Edson Rodrigues chamava as informações do Galo Carijó com o repórter Eduardo José.

A notícia era que o Goiânia tinha confirmado 4 contratações.

O goleiro Rhafael, ex-Rio Preto e Botafogo de Ribeirão Preto, o volante Rhuan, ex-Inter de Limeira e Noroeste, o lateral-direito Juninho, ex- Bandeirantes de Birigui e Rio Preto e o meia Jeferson Sabino, com passagens pelo São Paulo, Corinthians, Juventus e Bragantino.

O Goiânia, depois da boa participação na Copa São Paulo, volta a ser notícia.

Me lembro da época em que era inimaginável uma queda do Goiânia, hoje é improvável a sua volta. Acho que essa nem deve ser a prioridade. O Goiânia precisa se reestruturar.



Neste domingo recebemos o técnico Fabrício Carvalho.

Junto com o time e ele foi promovido ao profissional.

Nada mais justo.

O Galo estreia no Campeonato Goiano da Divisão de Acesso no dia 21 de fevereiro contra o Rio Verde, em casa (não há definição de local), ás 17 horas. 


Samuel já marcou no Sport. Neto Baiano 2?


O Sport conquistou neste domingo a taça Ariano Suassuna ao vencer o Nacional-URU, por 2 a 1.

O detalhe foi que logo no início do jogo, Samuel marcou para o Sport.

Em 4 minutos o primeiro gol. No Goiás foram 4 meses e apenas 2 gols marcados.

Talvez faça como Neto Baiano, que pouco fez no alviverde e foi goleador no Rubro Negro pernambucano.

Crac contrata Pituca

Um dos mais importantes jogadores da história do Atlético-GO vestirá uma nova camisa no Campeonato Goiano.

O volante Pituca, de 36 anos, é o mais novo reforço do Crac.

Pituca sofreu uma fratura no tornozelo em um jogo contra o Figueirense no dia 5 de outubro de 2013, ficou fora por seis meses e depois de recuperado não teve oportunidades no Atlético.

Boa contratação do Crac.

Pituca fica na história do Dragão, mais de 300 jogos, 3 campeonatos goianos, o título da Série C e o acesso para a Série A em 2009.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Até quando? 2015 começa com brigas de organizadas.

Aconteceu o esperado.

Corinthians x São Paulo, pela Copa São Paulo de futebol Júnior, já era considerado um jogo de risco. Por isso foi marcado em Limeira.

Em outras palavras, a Federação Paulista quis dizer "Já que o podemos com eles vamos fugir deles".

A "medida de segurança" serviu foi de estímulo para os marginais.

Na ida, as torcidas não deixavam entrar mulheres e crianças nos ônibus das organizadas.

Depois do jogo teve confronto.

Típico desse pessoal, que em grupo, se diverte enfrentando os grupos "rivais". O desrespeito ao torcedor adversário, as brigas, os chingamentos são os lemas dessa gente. O futebol é só um detalhe. Se perderem em campo e ganharem no braço eles ficam satisfeitos.

O que estamos vendo é a inversão dos valores. Se o confronto acontece ainda culpam a falta de eficiência da polícia.

E o pior é que isso não mudará tão cedo.

Torcer por um time de futebol é uma ação individual. A existência de grupos organizados de torcedores é desnecessária e vem se mostrando prejudicial.

As organizadas nasceram com boas intenções, mas no geral  perderam a sua essência ao longo do tempo.

Se jamais tivessem existido, quantas vidas teriam sido poupadas e quantas famílias teriam continuado frequentando estádios?

Técnico do Shakhtar detona Bernard: "Só veio tomar dinheiro"


"Bernard tem que demonstrar em campo que é homem. Bernard só chora. Só veio tomar dinheiro. Sofro, mas creio que todos querem sofrer para ganhar 300 mil euros por mês", foi o que afirmou o técnico do Shakhtar Donetsk, Mircea Lucescu, em entrevista ao jornal Zero Hora.

Na gíria do futebol ele quis dizer que Bernard está "roubando" do Shakhtar.

E pensar que ele fez parte da Seleção Brasileira e foi a grande surpresa na escalação do Felipão contra a Alemanha. Surpresa mesmo, pois ninguém imaginava que ele fosse o substituto do Neymar. Deu no que deu.

Bernard se destacou no Atlético/MG, mascarou, acha que virou craque e parou no tempo.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Palmeiras dá mais um chapéu no São Paulo


Programa decente de sócios-torcedores que cresce de forma absurda.

Um estádio de primeiro mundo.

Contratações promissoras.

Dívidas saneadas.

E agora um patrocinador que vai pagar 23 milhões de reais por ano.

A Crefisa que também negociava com o São Paulo, diz que escolheu Palmeiras por projeto melhor.

Estão vendo como dá para fazer futebol sem a necessidade de "Gambiarras" indecentes do congresso...