Páginas

domingo, 10 de junho de 2007

Goiás goleia

O Goiás conquistou um importante resultado neste domingo ao vencer o Atlético-PR por 3 a 0 - gols de Paulo Henrique, Wellinton e Felipe -, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória tirou o time da zona de rebaixamento, da parte inferior da tabela e os colocou na décima colocação, com seis pontos. Os paranaenses somam sete pontos e estão em nono lugar.O clube-rubro-negro sofreu o segundo revés seguido em seu estádio - já havia perdido por 1 a 0 para o Santos, na terceira rodada do Brasileiro - e completou três jogos consecutivos sem vitória.

O primeiro tempo foi quase todo do Goiás, que mostrou desde o início que endureceria a partida. No contra-ataque, o Esmeraldino levava sempre perigo, como aos 12 minutos, quando Welliton fez jogada pela esquerda e cruzou. Fabrício Carvalho chutou, e Guilherme defendeu à queima-roupa. Paulo Baier pegou o rebote, e o goleiro rubro-negro fez nova defesa.

As chances para o Alviverde não pararam por aí. Com 19, André Leone obrigou Guilherme a fazer nova defesa. Três minutos depois, o goleiro foi superado por um lindo toque por cobertura de Paulo Baier. Danilo tirou em cima da linha. O Goiás, enfim, chegou ao seu primeiro gol aos 23 minutos. Paulo Baier bateu escanteio da direita, Amaral cabeceou, Guilherme desviou, e a bola foi na trave direita. Welliton (foto) pegou o rebote e mandou na trave. Em nova chance, Paulo Henrique completou para o gol. Um novo contra-ataque logo depois originou o segundo gol alviverde. Welliton recebeu de Paulo Baier em posição legal, driblou Guilherme, caiu, se levantou, iludiu Jancarlos e tocou para o gol vazio.



A equipe atleticana só ameaçou Harlei nos últimos minutos da etapa inicial. Edno bateu falta com categoria, mas acertou o travessão. Evandro também acertou o poste. Alan Bahia teve nova oportunidade. Quase sem ângulo, mandou à direita do gol.

O técnico Vadão mudou o Atlético no intervalo. Tirou Evandro e Alan Bahia para pôr Tiago e Netinho. No entanto, na prática o jogo ficou na mesma. Exceto um chute rasteiro de Netinho aos 12 minutos que Harlei salvou com as pontas dos dedos, o Goiás seguiu melhor. Tanto que Welliton cabeceou com perigo dois minutos depois, obrigando Guilherme a interceder pelo lado do Furacão. Sem criatividade, a equipe da casa tentava se salvar dos ataques adversários. Se no primeiro tempo foi Danilo quem tirou uma bola em cima da linha, no segundo foi a vez de Nei. E novamente em lance de Paulo Baier, após este receber bom passe de Diego.

O último suspiro de reação da equipe da casa aconteceu aos 38 minutos, em chute de Edno que Harlei espalmou para o lado. Ficou só no suspiro. Pois aos 44, Diego completou cruzamento de Welliton e marcou o terceiro do Goiás.

Na sexta rodada do Brasileiro o Atlético-PR voltará a jogar em seu estádio, no próximo domingo, contra o Fluminense. Nesse mesmo dia, o Goiás receberá o Palmeiras, no Serra Dourada.

ATLÉTICO-PR 0: Guilherme, Danilo, Nei e João Leonardo (Dario Moreno); Jancarlos, Erandir (Thiago), Alan Bahia (Netinho), Evandro e Edno; Dênis Marques e Alex MineiroTécnico: Vadão
GOIÁS 3: Harlei, Paulo Henrique, André Leone e Amaral (Ernando); Paulo Baier, Cléber Gaúcho, Élson, Fábio Bahia e Diego; Fabrício Carvalho (Felipe) e Welliton
Técnico: Paulo Bonamigo
Data: 10 de junho (domingo)
Local: estádio da Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (Fifa-PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Alcides Augusto de Lira Júnior (PE)
Gols: Paulo Henrique, aos 23min, e Welliton, aos 27min do primeiro tempo e Diego, aos 43 do segundo tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário