Páginas

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Engenhão é do Fogão, Fuscão é do Vasco

O Botafogo foi anunciado oficialmente como o novo gestor do Estádio João Havelange, o Engenhão. Nesta sexta-feira, em sessão realizada no prédio da Prefeitura do Rio de Janeiro, o presidente Bebeto de Freitas acompanhou a assinatura do prefeito Cesar Maia pela concessão de utilização do estádio. A Companhia Botafogo pagará R$ 36 mil mensais, atendendo à exigência contratual da administração municipal.

Agora, o Botafogo fica obrigado a liberar o Engenhão para o Rio de Janeiro nos Jogos Olímpicos e na Copa do Mundo, caso o Brasil venha a receber esses dois eventos. O time alvinegro terá o direito de administrar o estádio a partir do dia 1º de setembro.

Vice do Botafogo compara São Januário a Fusca 68

O vice de futebol do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro, comparou o Estádio de São Januário, do Vasco, a um Fusca modelo 68, respondendo ao presidente do Vasco, Eurico Miranda, que chegou a cogitar a idéia de entrar na briga pela administração do Estádio João Havelange, o Engenhão.

"Certamente, o Eurico deve estar com inveja. O Engenhão é um estádio muito moderno. Não é ultrapassado como o estádio do Vasco. São Januário é um Fusca ano 68, e o Engenhão é uma Mercedes Benz", ironizou o dirigente alvinegro, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário