Páginas

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Goiás bate no galo

O Goiás recebeu em casa o Atlético-MG e não decepcionou, venceu e voltou ao G-4 do Brasileirão. Com a vitória, pelo placar de 3 a 2, o Goiás chega aos 29 pontos e fica na quarta colocação, novamente na zona de classificação da Libertadores da América.

O Atlético Mineiro não conseguiu quebrar um tabu que já dura três anos e meio. Dessa forma, o Goiás ampliou de seis para sete a seqüência de partidas sem derrotas para o alvinegro.

Com apenas um minuto e meio de jogo, após cruzamento pela direita, Édson falhou e a bola sobrou para Paulo Baier tocar para o gol e fazer Goiás 1 x 0.

No segundo tempo, logo aos cinco minutos, Édson saiu do gol e cometeu pênalti sobre Cristiano. Paulo Baier cobrou no canto esquerdo do goleiro atleticano para ampliar a vantagem e marcar o gol nº 1000 do Goiás na história do Campeonato Brasileiro da Série A.

O Galo reagiu de imediato e, aos nove minutos, Coelho cobrou falta, Harlei bateu roupa e Marcos tocou de cabeça para diminuir a desvantagem do Galo: Goiás 2 x 1.

O Goiás ampliou aos 34 minutos, quando Cristiano completou cruzamento pela esquerda.

Logo depois, aos 36, Chiquinho cometeu pênalti em Vanderlei. O próprio atacante cobrou alto no canto esquerdo do goleiro e diminuiu a desvantagem do Galo: Final Goiás 3 x 2.

Na próxima rodada o Goiás pega o Internacional, fora de casa, no dia 12 de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário