Páginas

sábado, 2 de junho de 2007

Goiás perde de virada

O Goiás perdeu neste sábado uma boa oportunidade de conseguir a sua primeira vitória fora de casa. Com apenas três titulares em campo, o Figueirense venceu por 2 a 1 o Goiás, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.
O primeiro gol do jogo foi aos 36 minutos do primeiro tempo com Welliton. O Figueirense chegou ao empate com um gol de Ramon, aos 33min do segundo tempo.
Aos 42 Diogo fez uma bela jogada pelo lado direito, dando um passe perfeito para Fernandes finalizar o placar do jogo, fazendo 2 a 1 para o Figueirense.
Lamentável foi o contra-ataque proporcionado pelo experiente Romerito.
O Goiás permanece na 16a colocação do Campeonato Brasileiro.

Nos outros dois jogos da rodada, Atlético/MG 1 x 1 Atlético/PR e Botafogo 3 x 0 Grêmio.

Palpites da rodada

Vamos aos palpites da 4a rodada do Brasileirão

Hoje:
Figueirense x Goiás - Empate
Atlético-MG x Atlético-PR - Galo
Botafogo x Grêmio - Botafogo

Amanhã:
Palmeiras x Cruzeiro - Palmeiras
Sport x Flamengo - Sport
Santos x Corinthians - Empate
Juventude x América-RN - Empate
Vasco x Fluminense - Vasco
Paraná x São Paulo - Paraná
Internacional x Náutico - Internacional

Parabéns Túlio Maravilha

Há 38 anos atrás nascia em Goiânia Túlio Humberto Pereira Costa, o Túlio Maravilha, que na minha opinião veio a ser o maior jogador do futebol goiano de todos os tempos. Filho da Dona Marlene e do Seu Mussula, Túlio, o nosso Pelé, é referência do futebol do nosso estado em todo Brasil. Perguntem a qualquer pessoa em outro estado: "Ao falar de jogador goiano qual o primeiro nome que vem à sua mente?", Túlio estará na maioria das respostas.

Mesmo com a idade, é nítido que o segundo maior artilheiro do mundo em atividade, 777 gols, fez e ainda fará muito para o Futebol Goiano. Seu bom humor, sua disposição e forma física, técnica e determinação, contagiam os colegas de Vila Nova e difícil imaginar um time com Túlio não ser vencedor.

A famílía comemora hoje também o anivesário de Télvio (irmão gêmeo de Túlio que também jogou no Botafogo, Fluminense e Vila Nova) e de Túlio Filho (filho de Túlio).

Parabéns Túlio Maravilha!

Clubes:

Goiás, Sion (Suíça), Botafogo, Corinthians, Vitória, Fluminense, Cruzeiro, Vila Nova, São Caetano, Santa Cruz, Juventude, Atlético, Anapolina, Canedense, Fast/AM, Tupy/ES, Itauçuense/GO, Volta Redonda/RJ, Újpest FC Budapest/Hungria, Jorge Wilstermann/Bolívia, Al Shabab/Arábia Saudita e Seleção Brasileira.

Títulos:

Campeonato Goiano em 1989, 1990 e 1991, pelo Goiás
Campeonato Brasileiro de 1995, Torneio Teresa Herrera em 1996 e Torneio Rio-São Paulo em 1998, pelo Botafogo
Campeonato Paulista em 1997, pelo Corinthians
Campeonato Paulista - Série A2 em 2000, pelo São Caetano
Campeonato Goiano em 2001, pelo Vila Nova
Copa da Hungria em 2002, pelo Újpest
Campeonato Brasileiro Série C em 2002, pelo Brasiliense
Copa Aerosul – Bolívia em 2004,copa libertadores pelo Jorge Wilstermann
Copa Finta Internacional de Futebol e Taça Guanabara (1º Turno do Campeonato Carioca) em 2005, pelo Volta Redonda

Artilharias:

Campeonato Goiano: 1991 e 2001
Campeonato Brasileiro: 1989, 1994, 1995
Campeonato Carioca: 1994, 1995, 2005
Campeonato Brasileiro Série C: 2002
Campeonato Goiano Divisão de acesso artilheiro pela Canedense com 16 Gols em 17 Partidas Disputadas: 2007

Jogos Seleção Brasileira:

20.12.1995 - Brasil 3 a 1 Colômbia - Amistoso oficial
2 gols de Túlio.

08.11.1995 - Brasil 1 a 0 Argentina - Amistoso oficial.

23.07.1995 - Brasil 1 a 1 Uruguai - Cobranças de pênaltis: Brasil 3 a 5 Uruguai - Copa América
Gol de Túlio no tempo normal, com o peito. Nas cobranças de pênaltis Túlio erra e o Brasil perde a final da Copa América de 1995.

20.07.1995 - Brasil 1 a 0 Estados Unidos - Copa América

17.07.1995 - Brasil 2 a 2 Argentina - Cobranças de pênaltis: Brasil 4 a 2 Argentina - Copa América
Túlio entra no segundo tempo, empata o jogo e faz 1 gol nas cobranças de pênaltis. Foi seu gol internacional mais famoso, pois foi marcado com o auxílio da mão, em falta não assinalada pelo juiz.

13.07.1995 - Brasil 3 a 0 Colômbia - Copa América
1 gol de Túlio, de meia bicicleta.

07.07.1995 - Brasil 1 a 0 Equador - Copa América

29.06.1995 - Brasil 2 a 1 Polônia - Amistoso oficial
2 gols de Túlio, sendo o primeiro um belo chute de grande distânca.

17.05.1995 - Brasil 2 a 1 Israel - Amistoso oficial
1 gol de Túlio, de muita sorte, como lhe era típico. A bola bate na trave, volta e bate nas costas do goleiro e volta novamente para o gol. Lances como esses ajudaram a caracterizá-lo como um jogador de "estrela" e folclórico.

27.04.1995 - Brasil 4 a 2 Valencia - Amistoso não-oficial
3 gols de Túlio.

29.03.1995 - Brasil 1 a 1 Honduras - Amistoso oficial realizado em Goiânia sob forte chuva.
Gol de pênalti de Túlio.

22.02.1995 - Brasil 5 a 0 Eslováquia - Amistoso oficial
Túlio faz um belo gol, seu primeiro pela seleção.

03.05.1994 - Brasil 3 a 0 Islândia - Amistoso oficial.

Túlio também tem outra conquista na carreira, o título de "Maior jogador do Futebol Goiano de todos os tempos", feita pelo programa Esporte Total da TV Goiânia/BAND no início desse ano:

Confira como foi:


Confira também alguns gols inesquecíveis de Túlio:

sexta-feira, 1 de junho de 2007

Verdão encara os reservas do Figueira

Amanhã o Goiás enfrenta o time misto do Figueirense, às 18h10min, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 4ª rodada do Brasileirão. O Figueira vai com um time reserva, poupando jogadores para a segunda partida da final da Copa do Brasil, quarta-feira contra o Fluminense em Florianópolis.
O técnico Paulo Bonamigo repetira a mesma escalação do jogo passado.
Enfrentar os reservas com certeza é muito mais fácil. Mas é bom lebrar, que esse mesmo time misto do Figueirense bateu o América-RN fora de casa, por isso todo cuidado é pouco.

Torcedor apaixonado

A caixa postal do Flamengo recebeu um presente inusitado nesta semana. Em uma carta de duas páginas, um torcedor, que identificou-se como Éder Ayres, mostrou-se preocupado com a situação financeira do clube e, mesmo desempregado, enviou um cheque no valor de R$ 100 para ajudar no pagamento dos salários de jogadores e funcionários, de acordo com o que informa o site GloboEsporte.com.

A manifestação apaixonada do rubro-negro sensibilizou o vice-presidente de futebol, Kléber Leite. Ele devolveu o cheque e ainda enviou uma camisa do lateral-esquerdo Juan, presente que Éder gostaria de ganhar de aniversário. Vale lembrar que na última sexta-feira a diretoria colocou todos os salários em dia.

Atlético em busca de reforços

Demorou, mas agora parece que as coisas começam a funcionar no Atlético. Depois de anunciar o atacante Marquinhos, o lateral Guerra e o meia Rodrigo Silva, o clube apresentou ontem o zagueiro Henrique Santos, ex-Vasco, Itumbiara e Atlético Mineiro.

O Dragão não pára por aí, outros bons jogadores estão na mira da diretoria. O Atacante Jones ex-Ceilândia, artilheiro do Campeonato de Brasília em 2006, o atacante Fábio Luiz, ex-Trindade e o meia Doca Madureira, ex-Goiás.

quinta-feira, 31 de maio de 2007

265 milhões de jogadores de futebol

A Fifa divulgou nesta quinta-feira, em Zurique, uma pesquisa com suas 207 associações filiadas para saber quantas pessoas praticam futebol no mundo. O número encontrado, 265 milhões de jogadores, representa quase 4% da população mundial.

Este foi a segunda edição do Grande Censo da entidade e mostra que a popularidade do futebol segue crescente em todo o mundo. Somado o número de pessoas que estão ligadas ao esporte de alguma forma ou acompanham a modalidade, o número ultrapassa a casa de um bilhão de pessoas.

Nos últimos sete anos o número de jogadores apresentou crescimento de 10%. Por outro lado, o número de equipes permaneceu estável.

A Ásia é continente com mais jogadores, 85 milhões no total. Ela é seguida pela Europa com 62 milhões, África com 46 milhões, América Central e do Norte com 43 milhões, América do Sul com 27 milhões e Oceania com 500 mil.

Fonte: Equipe Cidade do Futebol

Exemplo a ser seguido

Quem disse que torcida não ganha jogo? No CRB, os torcedores estão ajudando o time dentro e principalmente fora de campo. Com a grande procura para ser sócio-torcedor, os dirigentes alagoanos estão conseguindo saldar algumas dívidas.

Segundo o presidente Wilton Figueiroa as vendas antecipadas de ingressos mais o cadastramento de 1.700 sócio-torcedores ajudaram o CRB a diminuir o número de dívidas.

Mas dentro de campo a torcida também ajuda. Na última terça-feira cerca de nove mil torcedores compareceram na vitória do time por 1 a 0 sobre a Ponte Preta.O CRB é o nono colocado, com seis pontos e só volta a campo no dia 9 de junho contra o Ipatinga.

Grêmio e Internacional salvaram seus caixas com a promoção Sócio-torcedor. Aqui em Goiânia, o Atlético já tem mais de 600 sócios e o Goiás já iniciou sua campanha. Só o Vila Nova está a ver navios.

Aos bebedores e peladeiros

Das agências de notícias Granada, Espanha:

Baixo teor alcoólico da bebida é 'absolutamente compatível' com o rendimento esportivo.

Estudo aponta os benefícios da ingestão moderada da cervejaA ingestão moderada de cerveja após o exercício físico favorece a reidratação dos atletas sem prejudicar suas capacidades psicocognitivas, segundo estudos de especialistas em nutrição. As conclusões destes estudos foram apresentadas nesta terça-feira por seus autores no simpósio realizadoem Granada, Sul da Espanha, com o tema "Cerveja, Esporte e Saúde".
Todos recomendaram incluir a cerveja na dieta diária dos atletas e ressaltaram as propriedades antioxidantes da bebida, que também favorece osistema cardiovascular.
Em entrevista coletiva, o cardiologista e ex-jogador de basquete Juan Antonio Corbalán assegurou que a cerveja tem um perfil "excelente" porconseguir uma hidratação eficaz do organismo após o exercício físico.
Segundo Corbalán, o baixo teor alcoólico da bebida é "absolutamentecompatível" com o rendimento esportivo de alto nível, "sempre que se leve emconta que a quantidade de cerveja ingerida seja adequada à capacidade doorganismo de metabolizar o álcool".
O cardiologista se referiu à necessidade de eliminar determinados tabus emrelação ao sumo da cevada, que definiu como "a primeira bebida para o atleta, após a água".
Consumo de cerveja aumenta a tolerância ao esforço físico e reduz o estresseque representa fazer exercícios em condições extremas, diz estudo realizadoem Granada, Espanha.
Catedrático de Fisiologia Médica da Faculdade de Medicina da Universidade deGranada, Manuel Castillo Garzón afirmou que, segundo as pesquisas, a ingestão moderada de cerveja não piora as capacidades psicocognitivas dos atletas porque não provoca a perda de campo de visão nem leva a um maior número de erros.
Garzón acrescentou que seu consumo aumenta a tolerância ao esforço físico ereduz o estresse que representa fazer exercícios em condições extremas. Para chegar a estas conclusões, o especialista avaliou as capacidades cognitivas e locomotoras de um grupo de jovens que, de forma aleatória, beberam cerveja ou água após fazer esporte em um quarto a 40 graus Celsius, situação que favorecia a desidratação.
Castillo Garzón analisou as capacidades dos jovens antes e uma hora e meia depois do exercício, para o qual usou um sistema utilizado para medir areação dos pilotos de caças a determinados estímulos. O experimento permitiu ao cientista aprovar os benefícios do consumo moderado de cerveja para os atletas.

Em tempo: Antes de jogar uns cinco minutos e tomar todas, lembre que esse estudo se refere ao consumo moderado de cerveja.

Laionel

O Atacante Laionel, dispensado pelo Vila Nova, pode continuar jogando futebol em Goiânia. O técnico Édson Gaúcho ao saber da disponibilidade do jogador já avisou ao superintandente Ádson Batista: "comigo ele joga, pode trazer!"

Quem me passou essa foi o competente repórter Bruno Daniel da Rádio 730.

Contratações no Dragão

O Atlético apresentou hoje três contratações, o atacante Marquinhos, ex-Vila Nova e Anápolis (não me lembro, tem fama de indisplinado), o meia e lateral-esquerdo Rodrigo Silva, ex-Goiás (esse eu lembro, era bom) e o lateral-direito Guerra ex-América do Rio (não conheço).

Rodrigo Zeferino da Silva
Apelido: Rodrigo Silva
Nasc: 07/06/1981
Peso: 68,00
Altura: 1,75
Naturalidade: Tubarão/SC Clubes: Corinthians/SP, Goiás, Paraná Clube/PR, Juventude/RS, Polônia Varsóvia/POL, Atlético da Ibirama/SC e Criciúma/SC.
Posição: Meio-Campo.

Marcus Fabiani de Lima Silva
Apelido: Marquinhos
Nasc: 08/09/1978
Peso: 74,00
Altura: 1,71
Naturalidade: Belém/PA Clubes: Paysandu/PA, Tuna Luso/PA, Treze/PB, Varzim/POR e Ajman Cultural/EMA.
Posição: Atacante

Rodrigo Guerra Bonfim
Apelido: Guerra
Nasc: 13/08/1981
Peso: 70,00
Altura: 1,75
Naturalidade: Rio de Janeiro/RJ
Clubes: Madureira/RJ, Vasco/RJ e América/RJ.
Posição: Lateral direito.

Copa do Mundo em Goiânia

Um sonho do presidente da FGF, Wilson da Silveira, começa a se materializar. Quando começou a se falar da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, Wilson foi o primeiro a se manifestar pedindo a união de forças para que Goiânia seja uma cidade-sede. Na época, confesso, achei que era um sonho impossível, não pela influência do Presidente da Federação Goiana de Futebol, mas sim por que não acreditava numa mobilização tão grande que aconteceu por parte de vários setores da sociedade, encabeçados pelo governo estadual em parceria com a Prefeitura de Goiânia.

Ontem, um dia antes do último prazo, para a entrega das informações do Caderno de Encargos da Fifa, o estado de Goiás cumpriu a sua parte. Olier Alves, chefe de gabinete do governador Alcides Rodrigues, levou à CBF, no Rio, um conjunto de respostas ao questionário da entidade máxima do futebol mundial, colocando Goiânia, definivamente no páreo, como uma das capitais brasileiras candidatas a sediar jogos da Copa do Mundo de 2014.

Na ducumentação entregue ontem, textos, fotos e vídeos, foram respondidas a questões sobre ase características do Estado e de Goiânia; tradição esportiva do município e experiência em sediar eventos internacionais (Copa América de 1989, jogos amistosos e oficias de Seleções e participações do Goiás no Campeonato Brasileiro); turismo municipal e estadual; rede hoteleira; hospitais e leitos; instalações culturais (teatros, cinemas, museus etc); universidades e outras instituições de ensino superior, além de meio ambiente.

Em novembro, o Brasil fica sabendo se vai sediar a Copa. Se isso ocorrer, Goiânia inicia a disputa com outras 17 capitais, além do DF, para receber os jogos do Mundial.

Tomara que dê certo.

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Bauxinho quer o PAN

Romário não perdeu a esperança de disputar os Jogos Pan-americanos, no Rio de Janeiro, em julho. E a campanha pela presença do Baixinho deve ganhar novos capítulos e ficar mais forte nos próximos dias. Na terça-feira, em Belo Horizonte, onde recebeu uma homenagem do governador Aécio Neves pelo milésimo gol, o atacante disse que sonha se aposentar atuando na competição.

"Seria uma honra encerrar a carreira disputando um evento dessa magnitude para o Brasil e, especialmente, para o Rio de Janeiro. Na minha vida, já passei por grandes coisas que eu pensava que não iam acontecer e elas acabaram acontecendo. No futebol, nada é impossível. A esperança é a última que morre" diz o Baixinho.

O técnico da seleção brasileira sub-17, Lucho, convocou, na última segunda-feira, os 18 jogadores que disputarão o Pan-americano. Romário não faz parte da lista, que tem dois vascaínos: os atacantes Alex Teixeira e Carlos.

Bem que poderiam deixar o baixinho jogar.

Wesley na Arábia

O Atlético anunciou ontem que o meia Wesley será emprestado por um ano para o futebol dos Emirados Árabes. Para os cofres rubro-negros entrarão cerca de 500 mil reais. Segundo o presidente Waldivino de Oliveira o clube precisa de dinheiro e os dirigentes esperam negociar em breve o Volante Pituca.

terça-feira, 29 de maio de 2007

Erros e acertos de Goiás 3 X 1 Juventude

Matéria do Esporte Total da TV Goiânia/Band:

Gol mais bonito da rodada

Confira os gols mais bonitos da 3ª rodada do Brasileirão:

Animal no Tribunal

A Procuradoria do STJD irá denunciar o jogador Edmundo, pela falta cometida no jogo contra o São Paulo F.C., o julgamento pode acontecer já na próxima semana, dependendo de como estejam as pautas das Comissões Disciplinares.

O Procurador Geral do STJD, Dr. Paulo Schmitt, anunciou nesta terça feira que a Procuradoria do STJD já solicitou a fita com o lance da agressão cometida pelo jogador Edmundo contra o zagueiro Miranda, do São Paulo FC, no jogo entre as duas equipes, no último Domingo, pelo Campeonato Brasileiro, Série A.

O Procurador diz inclusive que o São Paulo FC não precisa fazer a Representação, pois após ver o lance solicitou a fita a encaminhará ao Procurador responsável pela rodada para que seja feita a denúncia

Apresentação conta-gotas

Ontem começou a reapresentação do Atlético, amanhã terminará. Poucos jogadores chegaram, reforços não foram anunciados e o técnico Édson Gaúcho chega hoje. Segundo Odilon Soares, diretor de futebol do Atlético, pelo menos três reforços devem chegar até a próxima sexta-feira, dia 1º. O Dragão, Campeão Goiano de 2007, está muito lento, quase parando, cometendo os mesmos erros do ano passado.

Altitude e polêmica

Países que se utilizam da altitude criticam Fifa por decisão de não permitir realização de partidas em locais com mais 2500 metros acima do nível do mar. Bolívia, Equador, Colômbia e Peru.

Bolívia - Potosí 4090 metros, La Paz 3600 metros, Oruro 3700 metros, Cochabamba 2700 metros e Sucre 2800 metros.
Em carta enviada ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, o líder boliviano Evo Morales afirma que a medida "atenta contra o legítimo direito dos povos à prática esportiva do futebol, e ignora os princípios de igualdade e universalidade consagrados na Declaração dos Direitos Humanos das Nações Unidas".

Equador - Quito 2850 metros.
Presidente da Federação Equatoriana de Futebol Luis Chiriboga pretende organizar um movimento comum junto a Bolívia, Colômbia e Peru e defender até a morte o direito de jogar na altitude.

Peru - Cuzco 3000 metros.

Colômbia - Bogotá 2640 metros.
O técnico Jorge Luis Pinto disse que a Fifa não quer que países andinos joguem mais futebol, segundo ele os jogadores podem se adaptar a altitude, e perguntou, já aconteceu algo em La Paz, Quito ou Bogotá?

Quer saber? Eles estão certos! A Fifa não pode privar estes povos do futebol.

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Erro corrigido

A CBF sorteou hoje o trio de arbitragem para a primeira partida da final da Copa do Brasil, na semana que vem haverá outro sorteio, erro corrigido, pois estavam fazendo um sorteio com dois árbitros para dois jogos, o que perdia "ganhava" o segundo jogo.

DATA: 30/05/2007 às 21:45
ESTÁDIO: MARACANÃ/RIO DE JANEIRO
FLUMINENSE x FIGUEIRENSE
WILSON LUIZ SENEME/SP (FIFA)
EDNILSON CORONA/SP (FIFA )
VALTER JOSÉ DOS REIS/SP (FIFA )

Melhores momentos: Goiás 3 X 1 Juventude

Matéria do Esporte Total da TV Goiânia Band.

Se Alonso fosse Schumacher

Se Michael Schumacher estivesse no lugar de Fernando Alonso ele estaria apanhando demais hoje. Essa está no portal Grande Prêmio:

A atitude da McLaren de proibir a disputa pela primeira posição entre Fernando Alonso e Lewis Hamilton no GP de Mônaco gerou uma investigação por parte da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

Nesta segunda-feira, a entidade soltou um comunicado afirmando que analisará o incidente, alegando uma possível infração do Código Esportivo Internacional. “As evidências relevantes estão sob análise e um anúncio completo será feito em breve”, divulgou a FIA, em um comunicado de poucas linhas.

A polêmica se deu pelo fato da McLaren ter alterado a estratégia de corrida de Hamilton a favor de Alonso. Ambos largaram em Monte Carlo com estratégias diferentes - sendo duas paradas para Fernando e uma para Lewis. Andando próximo do companheiro, o inglês herdaria a ponta após a segunda parada do companheiro, mas a escuderia inglesa resolveu alterar a tática do novato para dois pit stops, o que entregou a corrida nas mãos do espanhol.

“Fiquei surpreso, porque tinha combustível para mais umas cinco voltas e me chamaram antes. Não pude abrir uma boa vantagem e vou conversar com o time para saber por que fizeram isso”, chiou Hamilton ao final da corrida.

Tal atitude, a das ordens de equipe, se tornou ilegal desde o famoso episódio do GP da Áustria de 2002, quando Rubens Barrichello cedeu a vitória nos últimos metros a Michael Schumacher, seguindo decisões da cúpula da Ferrari.

De acordo com a imprensa especializada, a FIA se baseará no artigo 151c do Código, que diz: “Qualquer conduta fraudulenta ou ato prejudicial a qualquer competição ou aos interesses gerais do automobilismo pode ser considerada danosa ao esporte”. Entretanto, o chefe da McLaren, Ron Dennis, fez questão de dizer que não fez nada de errado, relembrando o caso do GP da Austrália de 1998, quando David Coulthard abdicou do primeiro lugar, dando a vitória para Mika Hakkinen. “A estratégia de equipe é usada para se vencer um GP. Ordens de equipe são usadas para manipular um GP”, enfatizou o dirigente. “E não manipulamos, a não ser em alguns casos excepcionais, como na Austrália em 1998, quando alguém entrou na freqüência de rádio e falou para Mika Hakkinen entrar nos boxes . Ele entrou e reverti isso, pois era injusto e uma influência externa. Esta é uma das raras ocasiões em que existiram ordens”, explicou.

Dennis fez questão também de dizer que não está aborrecido. “Não estou incomodado. Dormi tranqüilo. Tenho uma clara consciência, tanto naquela corrida de 1998 quanto nesta”, completou.

Conclusão: Passaram muito tempo nos dando a impressão que só a Ferrari e Schumacher faziam jogo de equipe. Em toda a história da Fórmula 1 isso sempre existiu, ou alguém acha que Senna e Berger tinham o mesmo tratamento? fangio, Mansell, Prost e outros tiveram suas regalias. Uma exceção foi o período de Prost e Senna na mesma escuderia. Hamilton tinha tudo pra vencer a corrida, escolheu a estratégia certa não venceu porque a McLaren não deixou. Isso deveria mesmo acabar, essa investigação é válida.

Aproveitamento de 30%

É uma rodada pra se esquecer, não fui bem nos palpites, só três acertos:

Campeonato Brasileiro Série-A - 3ª Rodada

Sábado:
Corinthians 0 x 0 Atlético/MG - Dá timão. Quase o goleiro Diego, do galo, pega demais.
América-RN 0 x 1 Figueirense - América, com um grande público no Machadão. Deu Figueirense e o público só foi de 11 mil pagantes.
Fluminense 3 x 0 Internacional - O Flu só pensa na decisão da Copa do Brasil, dá Internacional. O Inter não tá pensando é em nada.

Domingo:
Atlético/PR 0 x 1 Santos - Atlético. Deu Santos e bem.
São Paulo 0 x 0 Palmeiras - Empate. Acertei.
Grêmio 1 x 0 Sport - Grêmio. Foi fácil.
Náutico 2 x 2 Vasco da Gama - Náutico. Errei.
Cruzeiro 3 x 4 Paraná - O Cruzeiro tem o time mais imprevisível do campeonato, mesmo assim acredito que vença o jogo. Não foi uma surpresa tão grande.
Goiás 3 x 1 Juventude - Dá Goiás. E deu mesmo.
Flamengo 2 x 2 Botafogo - Flamengo. Errei.

Goiás vence e quase convence

Conforme o esperado, o Goiás venceu o fraco time do Juventude. Mesmo encontrando algumas dificuldades, o time mostrou evoluções, notava-se que em campo estava um time mais solidário e determinado. Dá pra melhorar, e muito, Bonamigo está no caminho certo. Welliton com dois gols marcados foi o destaque do jogo, Élson estreou bem, Paulo Baier tem que jogar mesmo no meio. André Leone, Leonardo e Amaral formaram uma zaga segura.

domingo, 27 de maio de 2007

Na altitude não

Agora acabou a choradeira de jogar na altitude:

O comitê executivo da Fifa decidiu neste domingo que não será mais permitido disputar jogos internacionais em cidades que estejam acima de 2.500 m acima do nível do mar, de acordo com anúncio da própria entidade reguladora."Por razões médicas e para proteger a saúde dos jogadores, o Executivo resolveu que, no futuro, não deverão mais acontecer partidas internacionais a uma altura superior aos 2.500 m de altitude", diz a Fifa no comunicado.

"Eu sei que farão reclamações sobre isto, especialmente na América do Sul, mas nós temos que pensar na saúde dos jogadores em primeiro lugar. Isto também leva a uma distorção das competições quando os jogos são disputados em tal nível", disse o presidente da entidade Joseph Blatter.

Entre os países que costumam realizar partidas a uma altitude superior a 2.500 m está a Bolívia. A seleção daquele país tradicionalmente realiza seus jogos em casa em La Paz, que fica a mais de 3.600 m de altitude, sendo a capital que fica mais distante do nível do mar do mundo.

O comitê executivo, sob a presidência de Blatter, dedicou o encontro deste domingo como preparatório para o 57º Congresso da organização, previsto para os dias 30 e 31 de maio, em Zurique, na Suíça.

Entre outros assuntos também se falou do Mundial da África do Sul, que acontece em 2010, abrindo espaço para gentilezas políticas, em uma declaração da Fifa que demonstrou "confiança absoluta nos organizadores locais".

Fonte: UOL esportes

Conclusão: As equipes visitantes se desgatarão menos, e no caso da Bolívia pode ser no nível do mar ou na altitude que eles não ganham nada mesmo.
Se a altitude ganhasse jogo, países da cordilheira do Himalaia como Nepal e Butão já teriam disputado muitas copas.

Show da McLaren

Numa corrida sem emoções, a McLaren, conquistou hoje, a 14ª vitória de sua história no Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula-1. Em uma exibição de gala de Fernando Alonso e Lewis Hamilton, a escuderia britânica evitou qualquer ameaça da Ferrari de Felipe Massa e conquistou a segunda dobradinha da temporada.
Seguro, Alonso dominou a corrida de ponta a ponta, permitindo apenas as ultrapassagens de Hamilton em suas paradas nos boxes. O jovem estreante até mostrou arrojo e tentou acompanhar o ritmo do bicampeão, mas seguiu apenas conduzindo seu carro até cruzar a linha de chegada na segunda colocação – pela quarta vez consecutiva.
Apesar da regularidade do britânico, a liderança do campeonato voltou para as mãos de Alonso. Os dois chegaram aos 38 pontos no campeonato, mas o espanhol leva a melhor no desempate pelo número de vitórias. Felipe Massa foi a 33 e fica um pouco atrás da dupla, na terceira colocação.
Já Rubens Barrichello, da Honda, largou em nono e ganhou duas posições na largada. O brasileiro ocupou a posição até sua primeira parada nos boxes, quando foi se revezando entre a décima primeira e a oitava posição. Ao final da prova, Barrichello foi o décimo, uma posição à frente de seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button.
A próxima prova acontece no Canadá, dia 6 de junho, no circuito de Montreal.

Confira o resultado final:
1. Fernando Alonso (McLaren-Mercedes)
2. Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) - 4s0
3. Felipe Massa (Ferrari) - 1min09s100
4. Giancarlo Fisichella (Renault) - 1 volta
5. Robert Kubica (BMW) - 1 volta
6. Nick Heidfeld (BMW) - 1 volta
7. Alexander Wurz (Williams-Toyota) - 1 volta
8. Kimi Räikkönen (Ferrari) - 1 volta
9. Scott Speed (STR-Ferrari) - 1 volta
10. Rubens Barrichello (Honda) - 1 volta
11. Jenson Button (Honda) - 1 volta
12. Nico Rosberg (Williams-Toyota) - 1 volta
13. Heikki Kovalainen (Renault) - 1 volta
14. David Coulthard (Red Bull-Renault) - 2 voltas
15. Jarno Trulli (Toyota) - 2 voltas
16. Ralf Schumacher (Toyota) - 2 voltas
17. Takuma Sato (Super Aguri-Honda) - 2 voltas
18. Anthony Davidson (Super Aguri-Honda) - 2 voltas
19. Christijan Albers - (Spyker-Ferrari) - abandonou
20. Adrian Sutil (Spyker-Ferrari) - abandonou
21. Mark Webber (Red Bull-Renault) - abandonou
22. Vitantonio Liuzzi (STR-Ferrari) - abandonou

Noite de reservas.

O Corinthians apenas empatou sem gols com o Atlético-MG, decepcionando mais de 21 mil pagantes no Morumbi.
No Maracanã, o Internacional foi goleado pelo time reserva do Fluminense, por 3 a 0, aumentando a crise do Campeão do Mundo, que agora é o lanterna do campeonato.
Em Natal, o mistão do Figueirense venceu o América/RN por 1 a 0, conquistando a primeira vitória da competição.