Páginas

sexta-feira, 20 de julho de 2007

Paulinho Pinóquio

O Vila Nova apresentou, hoje, mais uma contratação para o campeonato brasileiro da série C. O atacante Paulinho que esteve por último no futebol do Marrocos. O jogador chega encarnado do espírito colorado.

Paulinho chegou confirmando que recusou várias propostas, da Série A (Sport/PE) e até da Europa. Que lindo!

Lembrou que seu empresário (Gepeto) o aconselhou a ficar no Vila, subir para a Série B, e até renovar para ficar aqui no ano que vem. Um idealista!

Sobre a proposta do Sport, o diretor de futebol do clube pernambucano, Guilherme Beltrão, me disse que nunca ouviu falar desse jogador. Deve ser despeito desse dirigente, Paulinho o desmascarou, um time da Série A, pagando bem, perder um jogador que vai ser reserva na Série C, deve ser mesmo humilhante.

A imprensa pernambucana, que vergonha, também não soube que o Sport tentou a contratação de Paulinho. E nós de Goiás batemos em primeira mão. Somos os melhores!

Paulinho é um caso a ser estudado, um exemplo a ser seguido, já que jogadores da série B e C, sonham chegar na primeira divisão, ele pensa o contrário. Melhorando assim, tecnicamente, o nível do Brasileirão em todas as séries.

Se a moda pegar, daqui a pouco, craques da primeira divisão estarão migrando para as séries inferiores em busca de desafios. Um sonho!

Também acredito em Coelhinho da pascoa, Papai Noel, Mula-sem-cabeça, Saci Pererê, Boi Tatá, Curupira...

Espero que Paulinho jogue muito. Torço muito por isso. Já que o humilde (mas não bobo) torcedor goiano sabe que é bom e quem é ruim.

Édson Gaúcho desabafa

Agora a pouco na Rádio 730, no programa Toque de Primeira, tive a oportunidade de ouvir o técnico Édson Gaúcho, sobre a sua demissão no início desta tarde no Atlético. Vamos aos pontos mais importantes:

  • O motivo foi confirmado: Contenção de despesas. Adson Batista, superintendente de futebol, e Elias Marcos, diretor administrativo, avisaram a Édson Gaúcho que não teriam mais recursos para pagar os salários da comissão técnica.
  • O Atlético pagou a folha hoje, e não tiveram condições de fazer o acerto com a comissão demitida.
  • Édson Gaúcho, quando chegou, passou todos os dados para a assinatura de um contrato. Mas o contrato nunca foi registrado.
  • Édson disse acreditar na palavra dos dirigentes, que tudo que foi acordado será cumprido.
  • Prefere acreditar que foi uma coincidência a sua demissão no dia do pagamento.
  • Ficou chateado, pois insistiram muito para que ele viesse para o Atlético. Acreditou no planejamento, recusou propostas, o trabalho estava bom e agora ele está na mão.
  • Não descarta um dia voltar para o Atlético: "Não posso dizer que dessa água não beberei".

Resumindo: Foi uma verdadeira lambança da diretoria do Atlético. Um exemplo de como não se deve comandar o futebol. Amadorismo total.

Sérgio Alexandre é o cara

Parece brincadeira, mas é verdade. O Atlético demitiu o técnico Édson Gaúcho e vai anunciar daqui a pouco o técnico Sérgio Alexandre.

Quem é Sérgio Alexandre? Lembra da Anapolina no Campeonato Goiano?

A Rioverdense venceu a Anapolina por 3 a 0 ontem no Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde, o técnico Sérgio Alexandre pediu demissão depois de encerrada a partida, alegando que o time era muito fraco e que iria cair. Nas rodadas seguintes o ex-jogador De Paula, que nunca foi técnico, assumiu o time, venceu partidas importantes e livrou a rubra do rebaixamento.

Sérgio Alexandre já treinou Jataeinse, Goiatuba, Rioverdense, Gama, CENE e outros.

Torço para que dê certo. Mas o Atlético perdeu muito.

Pega na mentira

O Vila Nova anunciou hoje o desconhecido atacante Paulinho. Segundo o gerente de futebol do Vila, Ronaldo Lima, não quis ficar no Rio de Janeiro por problemas pessoais, estava mantendo a forma em Araguaína/TO e ontem estava em Recife/PE recusando uma proposta do Sport.

Um rolo enorme, uma bagunça, onde estava Paulinho? Como é que pode um jogador trocar a Série A pela Série C? Como não sou bobo, pesquisei, e o diretor de futebol do Sport, Gulherme Beltrão, me disse que nunca ouviu falar desse jogador.

Falar a verdade é sempre a melhor opção.

Paulo Rogerio Da Silva
Nacimento: 18/12/1981.
1,80 m, 75 kg.

Clubes: Portuguesa, Santa Cruz, Nurenberg/Alemanha, Qadsia/Kuweit, Alnasser/Qatar, Macab Telaviv e Nazaré Elit/Israel, Racing De Ferrol/Espanha, Shenzen/China, Raja Casablanca/Marrocos, Toledo/PR, Al Nasser/Arábia Saudita.

BOMBA: Édson Gaúcho está fora

Estourou agora a notícia. Édson Gaúcho não é mais o técnico do Atlético.

As primeiras informações dão conta que ele foi demitido por contenção de despesas. O que é um absurdo, pois o clube traçou um planejamento, sabia quanto custava. A desculpa é esfarrapada

O novo técnico já está contratado. Será anunciado a qualquer momento.

Já imagino que não será melhor que Édson Gaúcho.

Lamentável, isso prova que o Dragão ainda tem que se profissionalisar e muito.

Ciclista goiana toma tombo

Tá no site e-esportes que faz a melhor cobertura dos goianos no Pan 2007.

A ciclista Janildes Fernandes passou um susto na torcida durante a prova de pista no Velódromo da Barra, na tarde desta quinta-feira (19/07). Na última volta da corrida por pontos, a atleta se envolveu em um acidente e caiu. Ela recebeu atendimento médico ainda na pista, mas sem gravidade.

Apesar da queda, Janildes terminou a prova em sétimo lugar. Ela começou bem, vencendo o primeiro sprint (arrancada em velocidade) e pontuou em outras duas voltas. No final, a ciclista goiana somou sete pontos.

A cubana Yoanka Gonzalez confirmou a superioridade e o favoritismo e venceu a disputa com 33 pontos. Yoanka é especialista na corrida por pontos e veio de Cuba para disputar apenas esta prova. Maria Luisa Calle, da Colômbia, e Belém Guerrero, do México, completaram o pódio nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro.

Depois do susto, Janildes se concentra, agora, para a prova de estrada, no próximo sábado (21/07), no Aterro do Flamengo. A corrida de estrada é a especialidade da goiana, bronze em Winnipeg (1999) e prata em Santo Domingo (2003). No Rio, ela inda irá contar com a ajuda da irmã Clemilda e da prima Uênia Fernandes que também disputam a prova.

Jardel agride caseiro

O atacante Jardel, que passou por Grêmio, Vasco, Goiás, Porto (Portugal) e seleção brasileira, agrediu com socos, em sua casa, na Praia do Futuro, em Fortaleza, o caseiro Expedito Mauro Freire, de 49 anos, e pode até ser indiciado por tentativa de homicício. Segundo denúncia do agredido, o jogador de 33 anos teria se irritado com o fato de o caseiro ter demorado a retornar de um supermercado na noite desta quarta-feira. As informações são do Globo Online.

Expedito, que trabalhava há cerca de três anos na casa do jogador, também levou uma gravata e coronhadas de um segurança, identificado como tenente Albuquerque, policial que fazia uma serviço extra na casa do jogador. Segundo a denúncia, Jardel e o filho do jogador presenciaram a agressão. Exames do tórax e da cabeça da vítima, realizados no Hospital Geral de Fortaleza, apontaram traumatismo craniano com perda de tecido ósseo. Expedito está internado em observação no Instituto Doutor José Frota.

Depois de passar uma temporada em Portugal, Jardel está atuando no Anorthosis Famagusta FC, do Chipre, e passa férias na capital cearense, onde se casou há cerca de um mês. O delegado Sidney Ribeiro, do 9º distrito policial, deu prazo de trinta dias para a conclusão do inquérito .

Jogo morno

O jogo prometia... mas não cumpriu. Goiás 0 X 0 Grêmio, foi na minha opinião, até agora, o jogo mas sem-graça do campeonato.

Paulo Bonamigo começou ousado. Anunciou no dia anterior que viria com o volante Fernando Miguel, no lugar do suspenso Cléber Gaúcho. Mas ao anunciar o time a surpresa: o meia Felipe era o titular.

Paulo Baier saiu do meio e foi para a ala-direta, Fábio Bahia entrou no meio campo para marcar pela esquerda, Amaral alternava entre volante e zagueiro pela direita. Uma mexida e tanto.

Foram poucas as chances reais de jogo. Aos 10 minutos, do primeiro tempo, Wellington finalizou da entrada da área, pelo lado esquerdo, e o goleiro argentino Saja viu a bola bater no travessão.

Douglas, do Grêmio, nos minutos finais do jogo, chegou a estufar as redes, mas o árbitro Wilson Souza de Mendonça anulou o gol, alegando que a bola havia saído no momento do cruzamento de Kelly. O que pra mim foi um erro.

O resultado foi ruim, a atuação não foi boa e para piorar Élson e Paulo Baier sairam contundidos com certa gravidade. Vítor foi expulso e Fabrício Carvalho recebeu o 3º amarelo. Problemaços para o jogo o final de semana, onde Goiás pega o Fluminense em Cariacica/ES.

quinta-feira, 19 de julho de 2007

Jogo decisivo

Cada jogo é decisivo, em campeonato de pontos corridos é assim. Como não acredito que o Palmeiras vencerá o Santos, o jogo entre Goiás e Grêmio valerá a vice-liderança do campeonato Brasileiro.

No time do Goiás, Cléber Gaúcho, que recebeu cartão vermelho na partida contra o Cruzeiro, será substituído pelo volante Fernando Miguel.

No Grêmio, o técnico Mano Menezes fez até treino secreto na tarde desta quarta-feira, no Estádio Antonio Accioly, em Goiânia, para entrosar mais o time, que está cheio de desfalques. O treinador promoverá a estréia, do jovem Anderson Pico, de 18 anos, que veio das categorias de base e pode ter sua primeira oportunidade no time principal. Os atacantes Tuta e Amoroso já não jogavam há várias rodadas e continuam fora, assim como o volante Sandro Goiano. Outro volante titular que desfalcará o time é Gavilán, que recebeu o terceiro cartão amarelo na última partida, contra o Palmeiras. O atacante Ramón também está fora do jogo por ter sido vetado de última hora por causa de dores musculares. Além de todos esses jogadores, Lúcio, que vinha atuando como meia, está fora não só desse jogo como do time, ele se transferiu para o Hertha Berlim, da Alemanha.

Em compensação o meia Tcheco está de volta após ter se recuperado de uma contusão e o atacante Carlos Eduardo retorna da Seleção Brasileira Sub-20 e pode ser escalado.

O Goiás é favorito

Só o Atlético não venceu

Dos quatro times goianos na Série C, na rodada desta quarta-feira, Vila Nova, Itumbiara e Crac venceram, só o Atlético perdeu.


Na cidade-satélite do Guará/DF, o Vila Nova se aproximou da classificação para a próxima fase da Série C, após vencer o Esportivo Guará por 2 a 1, de virada. Com gols de Túlio Maravilha e Possato. O time tem 100% de aproveitamento, feito que só dois times tem no campeonato. Além do Vila, o Roma Apucarana, do Paraná, também teve três vitórias em três jogos.


O Itumbiara, em casa, venceu por 3 a 1 o Grêmio Jaciara/MT. Os gols do time da casa foram marcados por Éverton, Jean Carlo e Danilo, Claudionor descontou para o Jaciara. O tricolor da fronteira chegou aos seis pontos e é o segundo colocado do Grupo 10.


Pelo Grupo 9, o Crac venceu o Ceilândia/DF, por 2 a 0, em Catalão. Os gols foram marcados por Marcinho de pênalti e Tico Mineiro. Com a vitória o time chegou à seis pontos e divide a liderança com o Atlético empatado em todos os critérios.





Já o Atlético, perdeu, e de virada, a invencibilidade na Série C, por 2 a 1, para o Cacerense/MT. Gílson marcou no primeiro tempo para o Atlético, e na etapa final Chicão fez os dois gols da virada. Segundo o técnico do Dragão, Édson Gaúcho, faltou objetividade ao time. Mas dá tempo pra corrigir.

Domingo começa o returno:
Grupo 9
Atlético X Cacerense/MT, às 15:30, no Estádio Antônio Accioly
Ceilândia X Crac, às 16:00, no DF

Grupo 10
Vila Nova X Guará/DF, às 16:00, no OBA
Jaciara X Itumbiara, às 19:00, em Jaciara/MT

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Vila quase classificado

Na tarde desta quarta, de virada, por 2 a 1, com gols de Túlio Maravilha e Possato, o Vila Nova venceu o Guará/DF, fora de casa, pelo Grupo 10 da Série C. O gol do time candango foi marcado por Alcione.

O Vila tem três vitórias em três jogos. Os nove pontos da liderança podem ser suficientes para a classificação. Matematicamente, neste momento, são necessários 13 pontos.

Os dois confrontos entre Itumbiara e Grêmio Jaciara/MT, podem facilitar a vida do Vila, se empatarem, logo mais à noite, uma vitória bastará no domingo. Se houver um mesmo vencedor nestes dois jogos, hoje em Itumbiara e domingo em Jaciara, ao Vila Nova um empate será suficiente.

Série C

Vila Nova

Enfrenta o Guará hoje, às 15h30, no Estádio do Cave, no Guará/DF. Se vencer, é favorito pra isso, ficará praticamente classificado. Túlio é dúvida, mas está otimista de que poderá jogar, só vejo que não há necessidade de sacrifício. Na dúvida é melhor ficar fora.

Atlético

Enfrenta o Cacerense, às 21h30, no Estádio Geraldão, lá em Cáceres no Mato Grosso. Assim como o Vila uma vitória praticamente assegura a classificação para a próxima fase da Terceirona. A escalação é a mesma do último jogo. Os desfalques são Anaílson, que ainda se recupera de um problema muscular e o volante Jair, com uma inflamação na garganta.

CRAC

O jogo será contra o Ceilândia/DF, às 20h30, em Catalão. Para ficar numa boa situação no Grupo 9, o Crac precisa da vitória, pois assim chegaria a 6 pontos. É favorito.

Itumbiara

O adversário é o Grêmio Jaciara/MT, às 20h30, no Estádio JK, em Itumbiara. Acredito que esses dois times brigarão pela segunda vaga do grupo. Nas duas primeiras rodadas, cada equipe venceu uma vez e soma 3 pontos. O Itumbiara é favorito.

terça-feira, 17 de julho de 2007

Atlético toma balão

O Atacante Rômulo esteve no Atlético no início da preparação para a Série C, o jogador tinha uma garantia dos dirigentes de que seria liberado em caso de uma proposta do exterior. Em troca haveria apenas o resarcimento das despesas que o clube tivesse com o atleta.

No dia 3 de julho, Rômulo avisou que iria para o futebol da Coréia do Sul. Pronto, estava liberado.
Mais eis que no início desta terça-feira, 17, por volta das 2h00 da madrugada desembarca no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza/CE, o atacante Rômulo, o próprio, como novo reforço do Ceará para o Campeonato Brasileiro da Série B.

Ficou muito feio isso. Tá parecendo que o atleta deu uma de espertalhão. Está na cara que os dirigentes do Atlético mais uma vez foram amadores.

Melhores momentos: Vila Nova 2 x 0 Itumbiara

Melhores momentos: Atlético 2 x 0 CRAC

Melhores momentos: Cruzeiro 2 x 1 Goiás

Ana Paula Oliveira na Playboy

No Esporte Total, a repórter Lorrane Tavares fez essa matéria muito interessante.
Confira

Armaram para Lula

Achei de um profundo mal gosto as vaias ao presidente Lula na cerimônia de abertura do Pan. Não era o momento, nem o lugar, e não havia motivo. A não ser uma motivação política que ao que tudo indica foi orquestrada.

Alguns fatos estarrecedores estão vindo à tona:

O gato deixou o rabo de fora

O governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima, do PSDB (oposição à Lula), disse que as vaias partiram de uma "claque do prefeito do Rio de Janeiro, César Maia [DEM]". Disse mais: "A vaia, além de ser injusta, já que o presidente apoiou fortemente a realização do Pan-Americano, traz uma dúvida. Ao mesmo tempo que o presidente foi vaiado, o prefeito do Rio de Janeiro foi aplaudido efusivamente. Aí o gato deixou o rabo de fora". "Nas arquibancadas do meu lado esquerdo dava para ver um grupo de animadores, vestidos com o uniforme do Pan, estimulando esse tipo de procedimento [vaias]. Não foi um ato espontâneo de rejeição", afirmou Cunha Lima.

Armação

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), disse nesta segunda-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi vítima de uma armadilha na cerimônia de abertura da 15ª edição dos jogos Pan-Americanos, realizada no estádio do Maracanã na sexta-feira. "Ele foi aplaudido durante a visita à vila do Pan. Durante a carreata, passamos pela Tijuca, que é um bairro de classe média, e a população saudou a passagem do presidente. [A vaia] foi muito bem localizada, à esquerda do [estádio] Maracanã", afirmou o governador.

Vídeo do ensaio

O deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR) disse que as vaias ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de abertura do Pan-Americano do Rio, na sexta-feira passada, foram "ensaiadas". Para reforçar a tese, Dr. Rosinha afirmou que há um vídeo no Youtube que mostra o suposto ensaio da cerimônia de abertura do Pan, realizado na quarta-feira passada.

segunda-feira, 16 de julho de 2007

Fiscalização na carteirada

O Atlético fiscalizou os portadores de carteiras de estudantes no sábado. Resultado: 21,26% de meias entradas.

O Vila Nova não fiscalizou. Resultado: 47,76% de meias entradas.

O Atlético levou 1890 pagantes ao estádio. Média por torcedor: R$ 13,40

O Vila levou 4526 pagantes. Média: R$ 10,98.

O Dragão levou menos torcedores, mas proporcionalmente ganhou mais.

O torcedor do Goiás já pode comprar seu ingresso para a partida de quinta-feira diante do Grêmio, no Serra Dourada. Os portadores de carteiras de estudantes pagam meia-entrada, mas precisam levar a identificação adicional (comprovante de matrícula, boletim, comprovante de pagamento de mensalidade e etc..). Os preços da arquibancadas inferior custa R$ 10, da superior R$ 20 e a cadeira R$ 40. As entradas podem ser compradas no Estádio da Serrinha, nas farmácias da Rede Drogalins e nas lojas Authentic Feet até quinta-feira, data da partida.

Teixeira "o eterno"

A CBF faz uma assembléia para a reeleição do presidente Ricardo Teixeira para mais sete anos no comando da entidade.

O novo mandato começará em 2008 e será válido até 2014, já que os dirigentes mudaram o estatuto para que a estrutura de organização do Mundial não seja mudada. Ricardo Teixeira está no cargo desde 1989.

As conquistas do reinado de Ricardo Teixeira são incontestáveis.

Mas sou a favor da alternância no poder.

Homenagem à Argentina

Wirley Alves da 730 fez essa edição fantástica de uma homenagem que fizemos na 730 para a conquista do vice-campeonato conquistado pela Argentina:

Clique aí:

http://videolog.uol.com.br/video?246234

Para 'Olé', Argentina morreu

A decisão que trouxe surpresa entre os brasileiros, queimou a língua de muita gente (inclusive a minha), caiu como uma bomba para os argentinos, o desespero por lá é total.

Após a derrota por 3 a 0 para a Seleção Brasileira na final da Copa América, o jornal Olé, que por sinal é excelente e criativo, declarou a morte da seleção argentina com a inscrição Q.E.P.D. (Que em paz descanse, em espanhol) na capa de hoje.

Em suas matérias sobre a decisão, o "Olé" lamenta que os hermanos não mereciam uma partida assim. "A seleção havia apaixonado a todos, mas contra o Brasil nos enganou", afirma.
Por fim, aproveitou para criticar o estilo de jogo da equipe de Dunga. "Abusou de faltas táticas e deixou correr o relógio sempre que pôde", diz uma crônica com o título "Mais feinho que bonito".

E ainda teve mais: "A seleção que melhor jogou a Copa América morreu na final. Um cruel 3 a 0 para o Brasil B. Terminou em pesadelo o sonho de uma geração que perseguiu o título, mas fracassou no último passo", afirmou o jornal.

"Não merecíamos um final assim", completa o Olé, que declara o fim de um ciclo na equipe argentina.

domingo, 15 de julho de 2007

Não deu pro verdão

Ontem não deu, o Goiás acabou perdendo uma invenciblidade de 6 jogos parao Cruzeiro, em Belo Horizonte.

Tudo dentro da normalidade, nada que o torcedor venha a se desesperar. O primeiro tempo do Goiás foi ruim porque o do Cruzeiro foi muito bom. Wagner, Guilherme, Araújo e Roni, infernizaram a defesa do time.

Aos 34 minutos, o 1º gol do Cruzeiro, Amaral tentou fazer a proteção, mas acabou recuando a bola para Harlei. O árbitro viu e marcou a infração em dois lances dentro da área. Na cobrança Fernandinho tocou para Wagner, que da entrada da área chutou no canto esquerdo abrindo o placar.

O Goiás ao gol de empate aos 30 minutos do segundo tempo. Élson arriscou um chute de fora da área, o goleiro Fábio espalmou, no rebote nova defesa do goleiro, mas na terceira tentativa, Felipe marcou.

Quatro munitos depois, o Cruzeiro chegou ao segundo gol. Fernandinho cobrou falta para o meio da área, Leandro Domingues subiu junto com a defesa esmeraldina e desviou de cabeça na saída de Harlei. Final, Cruzeiro 2 x 1 Goiás.

A maratona de Julho continua, pela 12ª rodada, o Goiás receberá o Grêmio, no Serra Dourada, na próxima quinta-feira, às 20h30.