Páginas

terça-feira, 29 de abril de 2008

Fisioterapia do fenômeno

Ronaldo é notícia no mundo todo e este blog não poderia deixar de opinar diante de um caso tão complexo.

A confusão:

O atacante do Milan, deixou de lado a sua namorada, Bia Antony, e se envolveu em uma confusão com o travesti André Luís Ribeiro, a "Andréia Albertini"e acabou na 16ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro.

Lascou de vez:

O travesti acusa Ronaldo de envolvimento com drogas e inclusive publicou um vídeo no youtube onde o jogador, com a camisa do Flamengo, coloca a mão em cima de uma câmera de celular, onde Albertino diz de fundo: "Para provar que é você".

Para aumentar o barraco, o rapaz, ou a moça, ainda tem consigo um documento do carro do Fenômeno, que, segundo ele, teria sido deixado como garantia de pagamento a três travestis.

Fenômeno distraído:

Ronaldo alega que levou gato por lebre, em seu depoimento ao delegado diz que ele teria levado o travesti para o motel ao pensar que se tratava de uma garota de programa e pediu para a tal "garota" chamar mais duas amigas. Ronaldo devia estar cego. Como pôde ter confundido? O rapaz tem cara de rapaz! Olha a foto aí gente:


Arrependimento:

Quando percebeu que as "damas" na verdade eram "valetes" o fenômeno pagou R$ 1 mil para dois rapazes, que aceitaram o dinheiro e foram embora, mas "Andréa" Albertino teria pedido R$ 50 mil para não levar o caso à imprensa, fato que o jogador tratou como extorsão em seu depoimento.

Notícia ruim espalha:

"Festas com (má) surpresa para Ronaldo. O Fenômeno está no centro de um escândalo que envolveu, com ele, três "veados" brasileiros em um hotel do Rio de Janeiro", escreve o "La Reppublica".

Na Espanha, com matéria da agência EFE, o site do "El Pais" estampa na sua página de esportes: "Frustrada noite de sexo de Ronaldo com três travestis". Outro que chamou a atenção na Espanha para o caso foi o "Marca" com o título "Um travesti trata de extorquir Ronaldo"

Ser famoso não é fácil.

Depois do fisiterapeuta, Ronaldo pode consultar agora um oculista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário