Páginas

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Cerveja no estádio vai voltar

Com o aval de uma liminar conquistada na Justiça de Curitiba, a Associação de Lojistas da Arena da Baixada vendeu bebidas alcoólicas durante a partida entre Atlético Paranaense e São Paulo, disputada neste domingo à tarde, pela segunda rodada do Brasileirão. A determinação contraria a determinação exdrúxula da CBF que proíbe qualquer venda nos estádios visando conter a violência.


Como a medida não partiu da direção do Furacão, o árbitro da partida Djalma Beltrami informou que anexará na súmula da partida uma cópia da liminar conquistada para relatar o fato à CBF. Para a assessora de comunicação do Atlético Paranaense, Luciana Pombo, o clube poderá até cancelar os contratos de exploração dos bares caso o clube sofra qualquer punição.

O Furacão pode ficar tranquilo, como CBF poderia puni-lo? tem time que tem largar de ser medroso. O Coritiba é outro time lambão,na última semana, a empresa Futebol Total, responsável pela administração dos bares do Estádio Couto Pereira, que pertence ao Coritiba, também conseguiu uma liminar para a venda das bebidas, mas o Coritiba, na véspera da partida, conseguiu derrubá-la.

Em Goiânia

A Associação dos donos de bares do Estádio Serra Dourada também entrou na justiça e aguarda liminar. Com certeza terá sucesso e essa palhaçada vai acabar em Goiânia.

A impunidade aos baderneiros é que gera a violência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário