Páginas

segunda-feira, 26 de maio de 2008

João Bosco X Pedro Goulart

Ontem, depois do empate por 1 a 1 com o Ipatinga, o vice-presidente João Bosco Luz e o presidente Pedro Goulart entraram em rota de colisão.

João Bosco, disse ao repórter Amauri Garcia da Companhia FM, numa rodinha com alguns amigos, que está prestes a deixar a diretoria do Goiás. Segundo ele, Pedro Goulart e Edmo Pinheiro se escondem, enquanto ele põe a cara.

João Bosco disse ainda que o técnico Vadão é “burro”, e que se vice-presidente mandasse alguma coisa, ele não aceitaria a contratação de Vadão.

O presidente Pedro Goulart, ao ficar sabendo disso, respondeu que, se ele não está satisfeito, que peça para sair, e ainda disse que João Bosco já está convidado a deixar o clube.

Imagino que a saída de João Bosco é inevitável. Todos sabem, que ele não comunga dos mesmo pensamentos da atual diretoria.

Aliás na atual diretoria do Goiás tem muita gente que é da oposição (Raimundo Queiroz).

Nenhum comentário:

Postar um comentário