Páginas

sábado, 17 de maio de 2008

Jogos de hoje na Série B

Fortaleza 4 x 1 Paraná - O Paraná chega a duas derrotas consecutivas e vai se tornando a decepção da Série B.

América-RN 0 x 1 Bahia - O América perde denovo e parece estar a caminho de mais um rebaixamento.

CRB 1 x 1 São Caetano - O Azulão arrancou um empate com um a menos. O CRB, próximo adversário do Vila Nova só tem um ponto no campeonato.

Gama 1 x 3 Corinthians - Com um time misto o timão nadou de braçadas fora de casa. Quem pode parar o Corinthians na Série B?

Furacão recua

Após a celeuma criada pelo Atlético Paranaense na tentativa de cobrança pelos direitos de transmissão das rádios o Furacão parece ter recuado. O clube confirmou que receberá normalmente as emissoras na partida contra o São Paulo.

A diretoria de comunicação rubro-negra disse que todos os pedidos de credenciamento foram aprovados e toda a infra-estrutura será concedida às emissoras para a transmissão.

No início do mês, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e a Associação das Emissoras da Rádio do Paraná (Aerp) conseguiram liminar na 5.ª Vara Cível de Curitiba que libera a transmissão dos jogos a todas as filiadas à entidade. A juíza Nilce Regina de Lima considerou a cobrança “ilegal e inconstitucional” e estipulou multa de R$ 150 mil por partida ao Atlético em caso de descumprimento da decisão.

A idéia do Atlético Paranaense pode parecer até justa, mas não existe embasamento jurídico.

Time ideal

Podem anotar.

O Vila ainda terá essa escalação:

Max, Osmar, Carlinhos, André Leone e Marcel; Heleno, Guilherme, Caíco e Alex Oliveira; Reinaldo e Túlio.

Fim da crise no Goiás

Muitas pessoas me perguntam como será o ambiente do Goiás após a saída de Alex Dias. Será que no desentendimento com Artur Neto e Fabrício Mendes, Alex tinha seus aliados?

Se tinha, não os tem mais. Alex ganhou no tapa mas perdeu a guerra. Saiu do Goiás e por baixo.

Qual será o idiota que continuará uma luta sem chances de vitória? Se é que alguém pensou que como subordinado poderia derrubar um superior.

Quem será o bobão que arriscará seus 15, 20, 25 mil reais e um emprego na série A, por causa de vaidade?

A diretoria do Goiás deu vários exemplos aos jogadores mostrando que manda.

Ingênuos são os que acham que Artur Neto é uma cerca bamba. Quem peitou, dançou (Caio Jr. e Alex Dias).

Sempre tive a convicção de que o Goiás está no caminho certo.

É aguardar pra ver.

Novo Vila vence

O Vila Nova venceu o Ceará por 1 a 0 nesta sexta-feira, no estádio Serra Dourada, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória foi marcado por Túlio Maravilha, aos 43 minutos do segundo tempo.

Foi um jogaço, de dois times bem armados por dois bons técnicos, Givanildo Oliveira e Lula Pereira.

É difícil ver um time tão disposto e tranquilo durante 90 minutos como o Vila Nova.

Foi impressionante ver uma equipe marcar tão bem como o Ceará.

10 mil torcedores empurraram o Vila durante todo o jogo.

Conceitos do jogo:

Max - Preciso. Ótimo
Osmar - Bom na defesa e apoio. Ótimo
Carlinhos - Joga muito. Ótimo
André Leone - O que seria dele sem o Carlinhos? Bom
Marcel - Fez uma boa jogada no primeiro tempo, não complicou. Regular
Heleno - Incansável. Bom
Alisson - Cansou. Regular
Guilherme - Entrou no lugar do Alisson, vai acabar ganhando a posição. Bom
Reinaldo - Foi o melhor do primeiro tempo. Bom
Alex Oliveira - Tem que melhorar, o Caíco está na área. Regular
Felipe Oliveira - Entrou no lugar de Alex e melhorou o time. Bom
Wando - Está melhorando. Regular
Bruno Batata - Vai brigar pra ser titular. Bom
Túlio Maravilha - O melhor do jogo. Saiu do Departamento médico e fi para o jogo, decidiu a partida, imagina se tivesse treinado. Ótimo
Givanildo de Oliveira - Substituições certas e na hora certa. Ótimo

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Final dos portões fechados

Uma distorção está sendo corrigida pela Justiça Desportiva.

A partida entre Flamengo e Santos, disputado no último final de semana, pode ter sido a última realizada com portões fechados no futebol brasileiro. O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Rubens Approbato acolheu ação impetrada pela Procuradoria do STJD e concedeu liminar, declarando nulo os artigo 52 e 54 do Regulamento Geral das Competições.

A partir de agora, portanto, caberá a CBF a responsabilidade de decidir o local e a distância mínima de sua praça de desporto para a realização dos futuros jogos com perda do mando de campo. A decisão já pode ser adotada a partir de hoje.

O artigo 52 afirma que em ocorrendo atraso em jogo da competição, haverá multa aplicada pela CBF, independentemente das sanções previstas pelo CBJD.

Já o artigo 54 declara que nos casos em que um clube for apenado com perda de mando de campo pelo STJD, as partidas correspondentes à pena serão realizadas no mesmo estádio em que o clube manda seus jogos, com os portões do estádio fechados ao público.

O erro estava em que o Código Brasileiro de Justiça Desportiva cita perda de mando de campo e não a perda de torcida. O Clube perdia o mando de campo e jogava em casa.

Com o fim da punição para os clubes atuarem com portões fechados, a CBF terá que determinar como a pena deverá ser aplicada.

A tendência é a de que os clubes sejam obrigados a jogar fora de sua praça de desporto, respeitando uma distância mínima.

Hoje é dia de Vila Nova

Hoje é dia de Campeonato Brasileiro da Série B. Nos embalos da sexta-feira à noite, o Vila Nova disputará sua primeira partida em casa na competição nacional.

O adversário é o Ceará, jogo no Estádio Serra Dourada, às 20h30.

Torcedores se organizam para proporcionar um grande público. Cada torcedor deve convidar um amigo para ir no jogo. Se der certo o público estará próximo de 20 mil pagantes.

O Vila deve ter duas alterações em relação ao time que perdeu para o ABC na estréia. Na ala esquerda Marcel, considerado o melhor jogador da posição no campeonato mineiro, ganhou o lugar de Elízio. No meio campo Reinaldo, que entrou bem na partida passada tendo inclusive marcado um gol, vai substituir o garoto Felipe Oliveira. No ataque Marco Aurélio chegou a treinar no lugar de Túlio na quarta-feira, mas como o artilheiro se recuperou de uma leve contusão deverá ir para o jogo.

Confirmando esse time, Givanildo acerta nas alterações.

O Vila é favorito.


quinta-feira, 15 de maio de 2008

Dragão contrata Moré

Moré, atacante, é o mais novo reforço do Atlético para o Campeonato Brasileiro da Série C.

O jogador estava encostado no Brasiliense.

Nome completo: Reginaldo Chagas Cavalcante
Data de nascimento: 10.06.1981 em Fortaleza/CE
Altura: 1,83 m
Peso: 79
Posição: Atacante

Clubes:

2001-2002: Ituano-SP
2003-2005: Ceará-CE
2006-2007: Icasa-CE
2007: Bahia-BA
2008: Brasiliense-DF

Títulos por equipe:

Campeonato Baiano: 2007

Alex Dias briga e sai do Goiás

O preparador físico Fabrício Mendes e o atacante Alex Dias se desentenderam mais uma vez, e de forma.

Na manhã de hoje, no novo desentendimento entre Fabrício e Alex, segundo informações, o preparador físico havia dividido o elenco em dois grupos para os trabalhos físicos no CT Edmo Pinheiro. O atacante não teria visto e compareceu em outro horário. Os dois discutiram, e foram para as vias de fato.

Alex Dias bateu bastante em Fabrício, inclusive lhe aplicando uma gravata seguida de socos.

A turma do "deixa disso" na verdade era a turma do "deixa pra lá". O couro comeu solto até alguém apartasse.

Alex está arrependido, chorou e ficou envergonhado.

Pedirá rescisão de contrato ainda hoje.

Um episódio lamentável.

Alex será feliz em outro clube e o Goiás seguirá o seu caminho.

Landu está em Goiânia

O atacante Landu, destaque do Itumbiara no Campeonato Goiano, está em Goiânia. Acompanhado de seu empresário o jogador teria se encontrado com dirigentes do Goiás. A informação é de que ainda não houve acerto.

A volta de Romerito

No dia 21 de maio do ano passado, depois de exatos 120 dias no Goiás, 11 jogos, 1 gol e 2 assistências Petkovic resolvia pedir rescisão de contrato. Para tentar justificar a sua própria incompetência o meia sérvio acusava os colegas de clube de “trairagem”. Pet disse que soube de várias fontes de que não era bem vindo no grupo, primeiro soube através de boatos e depois teve a confirmação dessas informações. Não expôs nomes à imprensa, mas abriu o jogo para os dirigentes, as noticias vazaram e logo todos ficaram sabendo que seu desafeto era o meia Romerito. Iniciava-se então uma pressão dentro do clube contra Romerito. O jogador tinha a confiança dos companheiros, da comissão técnica, mas não a dos dirigentes.

Depois da saída de Petkovic, Romerito ainda jogou duas partidas, na vitória contra o Juventude foi o melhor em campo, chorou, desabafou, foi apoiado pelos companheiros e elogiado pelo técnico Paulo Bonamigo. No jogo seguinte, contra o Figueirense, derrota do Goiás, falha de Romerito, oportunidade dos dirigentes. Romerito foi afastado, não entrou na folha de pagamento nos dois meses seguintes. O Goiás não aceitava pagar a rescisão de contrato, se quisesse ir embora deveria abrir mão da multa.

Entregue à própria sorte surge então um interesse do Sport, o Goiás comemora, Geninho assumia o rubro-negro de Recife e indicava o desprezado Romerito. Na época, o Sport estava na zona de rebaixamento, o Goiás se sentia soberano na faixa da Libertadores. As coisas mudaram em pouco tempo, o Goiás disputou rebaixamento e o Sport ficou perto de uma vaga na Copa Sul-americana. Romerito continuou no Sport e lá está muito feliz, artilheiro e melhor jogador do time, campeão Pernambucano e uma boa campanha na Copa do Brasil.

Embora contente no time rubro-negro, Romerito, por força de contrato, terá que voltar para Goiás. Os dois clubes não chegaram a um acordo para a renovação de empréstimo. Romerito, diante de tudo, garante que não guarda rancores do que aconteceu.

Nada como um dia após o outro.

Galo sem técnico

Como este blog antecipava, o técnico Geninho pediu mesmo demissão do cargo de treinador do Atlético-MG. A decisão foi anunciada no vestiário da equipe, logo após a eliminação para o Botafogo nas quartas-de-final da Copa do Brasil - derrota por 1 a 0, no Engenhão, no Rio.

O Atlético Mineiro vem agora para o jogo contra o Goiás sem técnico.

Diante dos problemas do adversário, o Goiás é favorito.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Vila ganha corpo

Caíco está confirmado, é do Vila Nova para a Série B.

Alex Oliveira, Túlio, Reinaldo e Caíco... Esse time vai ficar bom...

Nome completo: Airton Graciliano dos Santos
Data de nascimento: 15.05.1974 em Porto Alegre [RS]
Altura: 171
Peso: 69
Clube atual: Coritiba [PR]
Posição: Meia

Clubes:

1992-1995: Internacional-RS
1996: Verdy Kawasaki - Japão
1996: Flamengo-RJ
1997-2001: Santos FC-SP
1998: Atletico Paranaense-PR
1999-2000: Santos FC-SP
2000: Atlético Mineiro-MG
2001: Santos FC-SP
2001-2002: Lugano - Suíça
2002: Ponte Preta-SP
2003: Goiás-GO
2003-2004: União Leiria - Portugal
2005: Juventude-RS
2005-2006: Maritimo Funchal - Portugal
2007: Coritiba-PR
2008: Itumbiara-GO

Títulos por equipe:

Campeonato Gaúcho: 1992
Copa Brasil: 1992
Copa do Mundo (Sub 20): 1993
Torneio de Toulon: 1997
Torneio Rio - São Paulo: 1994, 1997
Campeonato Paranaense: 1998
Campeonato Goiano: 2008

Caíco no Vila Nova

É a notícia mais nova do momento.

Anunciada pela Rádio Companhia FM com o repórter Wendell Pasquetto.

Excelente contratação.

Curtas

Corda bamba

Hoje tem Botafogo e Atlético Mineiro pela Copa do Brasil. Tenho a informação que se o Galo não passar, o técnico Geninho não será mais o técnico.

Desconhecidos

Vocês já ouviram falar de Jumar, Jefferson, Fabinho Capixaba, Sandro Silva e Souza? Pois é, esses foram os últimos reforços contratados pelo Palmeiras. Se estes fossem contratados pelo Goiás cairiam de pau. Estaríamos exigentes demais?

Trairagem

Já corre o boato que os problemas do Goiás estariam no relacionamento entre jogadores, comissão técnica e diretoria de futebol. Chego à conclusão que o Goiás é o melhor time do planeta. Na bola não perde pra ninguém. Derrotas, se acontecerem, só se alguém estiver querendo derrubar alguém.


terça-feira, 13 de maio de 2008

Goiás contrata um campeão

A diretoria do Goiás apresentou nesta tarde o zagueiro Henrique, que recentemente foi campeão goiano pelo Itumbiara.

O jogador de 31 anos já teve passagens pelo Vasco, Fluminense, Atlético Mineiro, no ano passado atuou no Vila Nova, no acesso à Série B.

Opinião: E o Anderson chega quando?

Ficha técnica:

Nome: Henrique Santos
Data de Nasc.: 16/07/1977
Idade: 31 anos
Naturalidade: Rio de Janeiro/RJ
Peso: 75 kg
Altura: 1,88m

Clubes:

Vasco (1996 – 2001)
Litex – Bulgária (2001 – 2003)
Vasco (2003 – 2004)
Atlético/MG (2005)
Portuguesa/RJ (2006)
Fluminense (2006)
Itumbiara (2007)
Vila Nova (2007)
Itumbiara (2008)

Títulos:
Campeão Carioca – Vasco (1997)
Campeão Brasileiro – Vasco (1997)
Campeão da Libertadores da América – Vasco (1998)
Torneio Rio-São Paulo – Vasco (1999)
Copa João Havelange (Campeonato Brasileiro) – Vasco (2000)
Copa Mercosul – Vasco (2000)
Taça Guanabara – Vasco (2004)
Campeonato Goiano – Itumbiara (2008)

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Atlético contrata técnico

A diretoria do Atlético anunciou hoje oficialmente a contratação seu novo treinador para a série C do campeonato brasileiro.

Mauro Fernandes é o novo técnico do Dragão. Ele que já trabalhou o Botafogo, o Vitória-BA, o Santa Cruz, além de Vila Nova-GO e Goiás, onde foi campeão goiano em 1996.

Mauro Fernandes é um bom técnico, é experiente, mas não é melhor que Zé Teodoro.

Danilo Portugal está na área

O volante Danilo Portugal está de volta ao Goiás, pelo menos para manter a forma.

Danilo estava emprestado ao Ipatinga, mas foi dispensado depois de participar do rebaixamento do clube mineiro à segunda divisão do campeonato Mineiro.

Ele tem contrato até 2010, e espera quem sabe retornar ao elenco. Caso contrário ficará esperando uma negociação.

Pelo que estou vendo ele vai esperar negociação.

domingo, 11 de maio de 2008

Justiça impede loucura do Furacão

Hoje tem Ipatinga X Atlético/PR pela série A do Brasileiro.

As rádios poderão transmitir o jogo.

A Associação Brasileira de Emissoras de Radiodifusão (Abert) e a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp) conseguiram uma tutela antecipada que garante a todas as emissoras de rádio do País transmitirem os jogos do Atlético-PR no Campeonato Brasileiro.

No começo de abril, a rádio Transamérica de Curitiba já tinha conquistado a mesma autorização, criando jurisprudência para o caso.

Em março, o clube rubro-negro, em um momento de devaneio, anunciou que as rádios teriam de pagar pelas transmissões de seus jogos, como mandante ou não. Cada partida custaria R$ 15 mil e o pacote do Brasileiro R$ 456 mil.

Com a tutela antecipada concedida pela juíza Nilce Regina Lima, da 5ª Vara Cível de Curitiba, conseguida pela Abert e Aerp, o Atlético-PR não poderá impedir o trabalhos das emissoras, sob o pagamento de uma multa de R$ 150 mil no não cumprimento da ordem.

Essa é mais uma que vai para o curriculum de Mario Celso Petraglia.