sábado, 24 de maio de 2008

Barão denuncia Atlético

Há 25 dias, o Atlético Goianiense dispensou o lateral direto Barão. Até aí tudo normal. Mas o problema é que não fizeram o acerto com o jogador.

Barão abriu o verbo neste sábado em uma reportagem no programa Serra Dourada Esportes. Segundo o jogador, o diretor de futebol atleticano, Ádson Batista, fez a proposta indecorosa de acerto de pagamento apenas dos dias trabalhados, e não os 50% do restante do contrato até dezembro como prevê a lei.

Desde então, Barão não recebe nem satisfação, e como não houve rescisão ele não pode se transferir para outro clube.

Alguns termos podem ser atribuídos à diretoria do Atlético nessa situação: Irresponsabilidade, desrespeito, amadorismo e desorganização.

Caso não haja acerto até segunda-feira, Barão promete ir à justiça, aí pode ficar mais caro. Em alguns casos no futebol brasileiro, alguns atletas pediram e ganharam na justiça o cálculo da cláusula penal, que é a soma dos doze meses de contrato multiplicada por 100.

Imagina só...

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Felipe titular

No coletivo da tarde desta quinta-feira, o técnico Vadão colocou em prática a alteração que ameçava fazer no Goiás, colocou Felipe no lugar do meia Evandro.

Outra mudança foi a entrada de Alex Terra no lugar de Anderson Aquino.

Alex Ferreira, improvisado, foi o lateral esquerdo, já que Júlio César e Fabinho estão praticamente machucados.

A alteração que mais me surpreende é a entrada do meia Felipe no lugar de Evandro.

Evandro é melhor que Felipe, mas não vive um bom momento, a alteração não pode ser questionada.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Ramalho toca na ferida

O volante Ramalho do Goiás, nesta quarta-feira, cutucou os torcedores do Goiás no seu ponto fraco: Fez um elogio rasgado à torcida do Vila Nova.

Segundo ele a tocida rival, apoiou a equipe para que time colorado virasse o jogo contra o CRB, pela Série B.

E ele tem razão. A torcida do Goiás imitar a do Vila no próximo jogo. Diferente do jogo passado, onde os esmeraldinos ajudaram o Atlético Mineiro.


Prefeitura de Itumbiara F. C.

Nesta quarta-feira a Polícia Rodoviária Federal abordou na BR-060, nas proximidades da cidade de Hidrolândia, próximo à Goiânia, um veículo de propriedade da Prefeitura de Itumbiara.

Ao ser abordado, o motorista se identificou como funcionário da Prefeitura, apresentou os documentos pessoais e do veículo. De imediato o policial constatou que a CNH era falsa.

O funcionário, desesperado, disse que precisava ser liberado o mais rápido possível para que pudesse completar a sua missão: A de levar para Goiânia documentos referentes à transferência de jogadores.

Essa é apenas uma constatação de que o Prefeito Zé Gomes, usa o patrimônio e o dinheiro público para fazer futebol.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Pituca é do Goiás

O volante Pituca, que pertence ao Atlético, é o novo reforço do Goiás para o Campeonato Brasileiro.

O jogador era pretendido pelo Atlético Mineiro.

Uma excelente contratação.

Fala sério Vadão

Ontem (terça-feira) o técnico Vadão comandou um treino tático, no qual utilizou 12 jogadores no time titular.

Na lateral esquerda, Alex Ferreira entrou improvisado, já que os dois especialistas da posição, Fabinho e Júlio César, estavam no departamento médico.

O esquema do treino foi o 4-5-2, A formação foi essa: Harlei, Vítor, Henrique, Paulo Henrique e Alex Ferreira; Fernando, Ramalho, Evandro, Paulo Baier e Felipe; Anderson Aquino e Schwenck.

Uma escalação interessante, pena que a regra não permita.

Não consigo entender esse tipo de treino.

Vitória sofrida

A vitória do Vila Nova, sobre o CRB/AL, foi mais sofrida que a de sexta-feira contra o Ceará.

O primeiro tempo foi do CRB, corajoso, criativo e determinado. O Vila disperso.

O segundo tempo foi do Vila Nova, buscou mais o gol sem perder a tranquilidade.

A torcida, Heleno, Osmar, Max e Reinaldo se destacaram. Alex Oliveira e Álisson não jogaram bem, Túlio não foi tão brilhante como costuma ser. Givanildo Oliveira fez as alterações certas, pode até pensar em colocar o volante Guilherme de vez como tiular desse time.

O Vila supera expectativas e tem potencial de crescimento. Vai longe.

Itumbiara 7 x 0 Goiás

O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás (TJD/GO) decidiu ontem, por sete votos a zero, pelo arquivamento da queixa feita pelo Goiás contra o Itumbira na final do Campeonato Goiano.

Assisti o julgamento, vi o Goiás (Dr. João Bosco Luz), ser humilhado. O mérito do caso não foi nem julgado, a história teve um ponto final nas preliminares. A queixa e o recurso do Goiás além de improcedente acompanhava uma série de erros jurídicos, uma lástima. Mesmo se tivesse razao, o processo não poderia ser julgado, em virtude dos conflitos jurídicos criados nos erros de procedimento do Goiás.

Insatisfeito com a decisão, João Bosco Luz, promete recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio.

A Federação Goiana de Futebol, o presidente do tribunal, dois procuradores e sete auditores não vislumbram possibilidade de êxito do Goiás neste protesto. Torcedores, jogadores e conselheiros também não acreditam e até debocham.

Uma vergonha que deve parar.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Goiânia 2014?

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, apresentou ontem o projeto “Plano de Mobilidade Urbana para a Copa de 2014”, que prevê investimentos de R$ 38,5 bilhões em nove das 18 cidades que disputam o direito de receber jogos do principal evento do futebol mundial. O plano não inclui investimentos em estádios e Goiânia ficou de fora da lista.

Onde estão nossos políticos? E a Federação Goiana de Futebol, o que está fazendo?

Será que já entregaram os pontos?

Cabeças estão rolando

Começou cedo a troca de técnicos no Campeonato Brasileiro nas Séries A e B.

Geninho pediu para sair do Atlético Mineiro, foi substituído por Alexandre Galo, que estava no Figueirense.

Depois da excelente campanha com o Guaratinguetá no Paulista, o técnico Guilherme Macuglia acertou ontem sua ida para o Figueirense, para substituir Alexandre Gallo.

O primeiro técnico a ser demitido foi Ney Franco do Atlético Paranaense.

Assim como na primeira divisão, na Série B, em apenas duas rodadas, três times substituíram seus treinadores:

O Santo André demitiu Fahel Júnior. O velho conhecido Sérgio Soares assumiu o time.

Em Criciúma, a diretoria anunciou que o técnico Leandro Machado pediu seu afastamento. Sem perder tempo, o Tigre contratou o velho conhecido Gelson Silva

Em Natal, Luis Carlos Ferreira ficou 20 dias no América e caiu após duas derrotas em dois jogos. A diretoria colocou no comando Carlos Moura Dourado, o Moura, ex-jogador do próprio clube.

Ainda restam, nas duas séries, 36 rodadas, muitos ainda cairão.

Uma coisa é certa: Os tecnicos que sobreviverem toda a competição estarão bem posicionados no campeonato.

Fica uma dúvida: Os times trocam de técnicos porque estão mal ou estão mal porque trocam de técnicos?

Raimundo Queiroz está em campanha

Um sócio-conselheiro do Goiás me disse ter recebido uma ligação do ex-presidente Raimundo Queiroz.

Raimundo não falou abertamente, mas disse: "Não se esqueça de mim..."

Ao que tudo indica, em Dezembro, a eleição do Goiás terá duas chapas, uma de Raimundo e outra da situação (Pedro Gourlart/Ediminho Pinheiro).

Raimundo, apesar das denúncias de má gestão, tem o apoio de muitos conselheiros. A situação vive um momento de pressão, precisa de uma boa campanha no Campeonato Brasileiro.

Hoje a eleição seria acirrada. Daqui a alguns meses pode ser diferente.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Cerveja no estádio vai voltar

Com o aval de uma liminar conquistada na Justiça de Curitiba, a Associação de Lojistas da Arena da Baixada vendeu bebidas alcoólicas durante a partida entre Atlético Paranaense e São Paulo, disputada neste domingo à tarde, pela segunda rodada do Brasileirão. A determinação contraria a determinação exdrúxula da CBF que proíbe qualquer venda nos estádios visando conter a violência.


Como a medida não partiu da direção do Furacão, o árbitro da partida Djalma Beltrami informou que anexará na súmula da partida uma cópia da liminar conquistada para relatar o fato à CBF. Para a assessora de comunicação do Atlético Paranaense, Luciana Pombo, o clube poderá até cancelar os contratos de exploração dos bares caso o clube sofra qualquer punição.

O Furacão pode ficar tranquilo, como CBF poderia puni-lo? tem time que tem largar de ser medroso. O Coritiba é outro time lambão,na última semana, a empresa Futebol Total, responsável pela administração dos bares do Estádio Couto Pereira, que pertence ao Coritiba, também conseguiu uma liminar para a venda das bebidas, mas o Coritiba, na véspera da partida, conseguiu derrubá-la.

Em Goiânia

A Associação dos donos de bares do Estádio Serra Dourada também entrou na justiça e aguarda liminar. Com certeza terá sucesso e essa palhaçada vai acabar em Goiânia.

A impunidade aos baderneiros é que gera a violência.


Pingos nos "is"

Poderia neste momento, e seria cômodo pra mim, engrossar o coro da torcida do Goiás contra Harley, Paulo Baier e Cia.

Mas não posso fazer isso, não é o que estou vendo. Respeito, mas não concordo com a opinião da torcida.

A grande massa esmeraldina foi ao Serra Dourada no domingo não para torcer e sim para protestar. Ficou evidente que isso não ajudou o time, só prejudicou.

Em relação ao Harley. Que culpa ele tem dos últimos resultados? Onde ele falhou? Se fosse o Rodrigo Calaça que diferença faria?

Dizem que ele está velho, que não é mais aquele. Já falaram isso do Marcos do Palmeiras, do Túlio Maravilha na Série B de 2001 e do Edmundo em um passado recente.

O único erro de Harley no domingo foi dizer que a torcida está indo na onda da imprensa. Não é verdade. Tanto que, quando Harley era aplaudido, jamais ele disse que a torcida o elogiava porque a imprensa a induzia a isso.

O que acontece é que a torcida organizada inventou de pegar no pé dos mais experientes, e o restante foi na onda mesmo.

Outro erro do torcedor é achar que há "panela" para derrubar A ou B. Essa é uma mentalidade de time pequeno. Foi pensando assim, imaginando a "teoria da conspiração", que o Goiás se perdeu no ano passado. Achavam que o time era o máximo, dipensaram supostos "paneleiros" (entre eles o Romerito), achavam que o Goiás perdia para derrubar Bonamigo, não contrataram e o time quase caiu.

O Goiás precisa de duas coisas: Apoio e reforços.

Torcedor! Apoie seu time, não dê brecha para que mais cedo ou mais tarde, jogadores e diretoria, lhe venham atribuir responsabilidade por falta de apoio.

Diretoria! Contrate.

domingo, 18 de maio de 2008

Tá difícil

Jogando no Estádio Serra Dourada, o Goiás, mesmo dominando o jogo (mas não convencendo), não conseguiu passar de um empate contra o Atlético Mineiro.

A vitória esteve perto, o Goiás saiu na frente, com um gol de Paulo Baier, e cedeu o empate no aos 41 do segundo tempo com um gol de Vanderley. já é de cinco jogos sem conquistar uma vitória.

No jogo vi que faltou vibração e tranquilidade aos jogadores do Goiás.

Faltou também apoio da torcida. Os que foram ao estádio estavam premeditados a vaiar e protestar, e não a torcer.

Sobre isso e também sobre o goleiro Harley vou falar mais durante a semana.

Eu acredito

Eu acredito na reabilitação do Goiás hoje no Campeonato Brasileiro.

O adversário tem mais problemas que o Goiás. Vem de duas desclassificações e o seu ponto forte, não é tão forte assim, Petkovic, um ex-jogador em atividade.

O Atlético Mineiro está sem técnico. Geninho pediu o boné na quarta-feira.

O Goiás tem a volta de Paulo Baier, a estréia do zagueiro Henrique e o apoio da sua torcida.

Só a vitória pode tirar o Goiás da crise.

Três jogos no sábado

Cruzeiro 1 x 0 Botafogo - O Botafogo estava comtime misto. O Cruzeiro não tem nada a haver com isso.

Sport 0 x 0 Vitória - Não vi e não gostei.

Vasco 3 x 1 Portuguesa - Clássico lusitano das padarias, Morais, Edmundo e Leandro Amaral estão fazendo a diferença.

Avaí 0 x 0 ABC - Completando a rodada

Jogando em casa o Avaí não foi além do empate sem gols com o ABC, neste sábado à noite, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, no fechamento da segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os dois times ficam com quatro pontos cada, dois a menos do que o líder isolado, o Corinthians, maior favorito ao título.

O timão é o único com 100% de aproveitamento.