Páginas

sábado, 5 de setembro de 2009

Medo da gripe

Com medo da gripe suína TV Globo e Sportv só enviaram repórteres e técnicos para a Argentina. Uma atitude estranha e preconceituosa. Comentarista e Narrador não podem pegar gripe suína, o resto então pode?

Band e ESPN foram com equipe completa.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

E o kiko?

Os dirigentes do Vila Nova anunciaram: O clube deve 7 milhões ao presidente do conselho Carlos Alberto Barros.

Já no Atlético, o presidente Valdino José de Oliveira, garantiu um orçamento de 7 milhões para a temporada.

No Goiás o discurso é de que o time tem dinheiro em caixa mesmo tendo ficado 1 ano sem patrocinador.

E o kikotenhoahavercomisso?

Nada. Muito menos o torcedor.

Imaginem, numa roda de torcedores que o assunto seja quanto o time de cada um deve ou tem em caixa. Tenha a santa paciência.

Se Carlos Alberto Barros tem 7 milhas em haver no tigrão, tenham a certeza que ele sabe o que está fazendo, afinal, ele entende mais de dinheiro do que eu e de você que está lendo. Se estivessem com dinheiro em caixa teriam divulgado?

Se o dragão tem 7 milhas pra gastar, que gaste bem e seja feliz.

E o Goiás, que é transparente quando lhe convém, ficou dois anos destrinchando as contas do presidente antecessor, será que fará isso agora? Claro que não! Vai ter auditoria? rsrs! Eu não vou sofrer por isso, não tenho nenhuma curiosidade, até porque nunca me preocupei, pois sei da hipocrisia na transparência no futebol.

Eu quero é bola na rede e torcida na arquibancada, o resto é resto.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

João Bosco no STJD

A atual diretoria do Goiás, pesar de ter sido eleita com o discurso de "União Esmeraldina", não pretende aprveitar nenhum integrante da oposição. Mesmo que este seja hoje quase insubstituível, como o advogado João Bosco Luz.

Mas nem todos tem esse pensamento. Um adversário ferrenho de João Bosco, no campo da disputa jurídica, o Procurador-Geral do STJD, Dr. Paulo Schmitt, resolveu chamá-lo para o seu lado. Nos tribunais desportivos os advogados defendem e os procuradores acusam. João Bosco aceitou o convite e será acusador agora.

Será que veremos João Bosco como procurador em um embate no STJD contra um advogado do Goiás?

Quem viver verá.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Tá difícil

Não dá pra acreditar nos dirigentes do Goiás.

Anunciaram a renovação do zagueiro Rafael Marques, e ele foi para o Grêmio.

Disseram que Alex Terra ficaria, não ficou.

Anunciaram a permanência de João Paulo, que já está treinando no Paraná.

Disseram que dirigente não seria remunerado. Pedro Goulart, João Gualberto e Paulo Lopes serão remunerados.

Tomara que a promessa de ser campeão brasileiro fuja à regra.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Goiás e Atlético se reforçam

O Goiás está se reforçando, Paulo Baier está indo embora, o meia estará hoje em Goiânia para rescindir o contrato com o clube, que oficialmente vai até o dia 18 de março. Um acordo com o ex-vice-presidente Edmo Mendonça Pinheiro garante ao jogador a liberação caso não haja acerto para ele continuar no Goiás.
Baier fica na história do Goiás, mas hoje sua presença não ajuda o time, 2008 foi arrastado para o meia, ex-ala.

Enquanto isso no Atlético... O meia Elias, ex-Bahia, que estava no Fluminense, foi contratado.

Mais uma contratação de peso, para o forte time do Atlético.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Era uma vez uma copinha...

Em uma vez uma competição chamada Copa São Paulo de Juniores, um campeonato que reunia os principais clubes formadores do Brasil. Com a chegada Marco Polo del Nero à Federação Paulista de Futebol, aquele que pôs fogo na última rodada do brasileirão, a Copinha se tornou mais "inha". Surgiram times de aluguel, benefícios aos grandes paulistas em detrimento dos outros participantes que não pareciam bem vindos. E o pior: a mudança nas regras de idade dos perticipantes.

A Copa São Paulo, pela legislação em vigor, hoje nem pode ser considerada um competição de futebol Júnior. Segundo o regulamento da FPF, podem partcipar os atletas de 15 a 18 anos de idade. Essa faixa etária compreende toda a categoria Juvenil (15 a 17), o último ano Infantil (13 a 15) e os dois primeiros anos Júnior (17 a 20), os atletas juniores de 19 e 20 anos estão fora. Vale ressaltar que nas competições Júnior só é permitida a participação de três atletas da categoria de juvenil.

A Copinha há muito tempo foi superada pela Taça Belo Horizonte de Futebol Júnior, organizada pela Federação Mineira de Futebol é disputada desde 1985, acontece sempre nos meses de julho e agosto. O reune os times sub-20 das grandes equipes de futebol profissional do Brasil, juntamente com equipes locais que sediam os grupos e também times e seleções internacionais.

E o principal torneio da categoria é o Campeonato Brasileiro Sub-20, criado em 2006 pela CBF, com o apoio da Federação Gaúcha de Futebol, um torneio nacional para clubes na categoria Sub-20.

E como informação na Rodada de abertura da Copa São Paulo infanto/Juvenil/Junior, os dois times goianos não perderam.

Pelo Grupo R em Embu das Artes na Grande São Paulo, o Goiás ficou no em pate em 1x1 diante do Mirassol.

Pelo Grupo I em Paulínia, o Vila Nova venceu o Paraná por 4x2.

O 2º jogo do Goiás na competição será nesta quarta-feira, dia 7, às 16:00 horas, diante do Maranhão também em Embu das Artes.

A 2ª partida do Vila Nova na Copa também será nesta quarta-feira, dia 7, às 17:00 horas, contra o Santo André novamente em Paulínia.

Boa sorte pra eles.