Páginas

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Foi ontem 01

A tão esperada reunião do conselho deliberativo do Goiás não foi tão fria e nem tão quente quanto se esperava. Dirigentes tentaram disfarçar o racha que aconteceu nos últimos dias.

Aquele que saiu mas não saiu (Ediminho), tratará da saída daquele que não veio (Fernandão).

Hailé Pinheiro discursou da situação financeira do Goiás. "Assumiu" a culpa em virtude da sua ausência no clube. Elementar meu caro internauta que ao mesmo tempo ele acusou quem estava no poder do Goiás.

Nomearam novos diretores. Sebastião Macalé na Diretoria de Futebol e Gilberto Sebba na Diretoria Administrativo. Sobre Sebba Hailé fez questão de frisar, numa nítida intenção de diminuir o Dr. Syd, que Sebba a partir daquele momento iria administrar o Goiás.

Mas quem manda ou não, pouco me importa, o que espero é um Goiás vencedor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário