Páginas

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Foi o Leão


Quem foi o culpado pela confusão do Barradão?

Há quem diga que foi o repórter, que assim como vários setoristas às vezes torce mais do que trabalha.

Se o repórter não teve a conduta correta esse seria apenas um atenuante às presepadas feitas por Rafael Moura e Leão ontem. Principalmente por Leão o grande culpado.

Leão parecia um louco, saiu totalmente de si, não conseguia ver o mico que estava pagando. Confesso... Tenho medo de ficar assim...

Esse comportamento contagiou alguns jogadores e amedrontou outros.

Leão teve que ser contido por jogadores e comissão técnica, pessoas que hierarquicamente são inferiores a ele. Que Vergonha.

- Romerito me solta... senão é você que vai apanhar... - Dizia o Leão enfurecido.

Rafael Moura, que arrumou agora uma vaguinha no time, foi o puxa-saco da parada. Ele que está mais pra príncipe Adam deu uma de He-man e bateu no coitado do repórter. Covardemente.

Patrocinadores e a marca Goiás foram expostas negativamente. Foi ridículo.

Sobre o assunto a nota oficial da diretoria do Goiás:

O Goiás Esporte Clube lamenta profundamente o ocorrido na noite de ontem, no estádio Manoel Barradas, em Salvador, logo após o jogo contra o Vitória, válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Entendermos que as atitudes ocorridas foram reações as agressões inicialmente sofridas pelos atletas e comissão técnica. Entretanto, tais fatos não justificam a violência.

Amanhã pela manhã, logo após a reapresentação do elenco no estádio Hailé Pinheiro (Serrinha), haverá uma coletiva na sala de imprensa do complexo esportivo para mais esclarecimentos.

A Diretoria.

Um comentário:

  1. André, meu caro...

    Já me avisaram que esta minha defesa do Leão está até engraçada.

    Não defendo o Leão. Já lhe disse, via twitter, que ele errou MUITO, bem como o Rafael Moura e os outros que entraram no quebra-pau do Barradão.

    Mas, como eu lhe disse, é inegável que o repórter AGREDIU SIM o Leão com o microfone - vi a imagem no Globo Esporte. E que ele agrediu verbalmente - se não fosse assim, teriam liberado o aúdio para a Globo, conforme solicitação desta, comentada no referido jornal.

    Nada diss justifica a ação do Leão e dos demais. Isso, é claro.

    Mas deixar que a imprensa-torcedora vá para o ataque, com seu microfone e imagem, contra alguém que não tem este poderoso mecanismo de defesa, é algo vergonhoso.

    Você não é assim, bem sei disso. Mas lá, ou aqui com os José Robertos da vida, existem estes torcedores travestidos de repórteres que, claro, visualizam nestas ações um jeitinho de ganhar algo - dinheiro, projeção, 15 mintuos de fama, etc.

    Lamentável isso... que sejam TODOS punidos, mas cada um pelo próprio crime, nem mais, nem menos.

    Abraços do amigo,

    Paulo de Tarso
    @paulodetarso71

    ResponderExcluir