Páginas

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Conselho do Goiás derruba presidente

Haílé assume a presidência

Terça-feira, 31 de Agosto de 2010. Nesse dia ocorreu um fato inédito e marcante na história do futebol goiano. O maior clube de Goiás afastou provisoriamente o presidente Syd de Oliveira Reis por 30 dias para que sua gestão seja investigada e uma assembléia geral convocada. Dentro de um mês o Dr. Syd vai ser destituído de vez.

No ato da decisão do afastamento os conselheiros aplaudiram com entusiasmo. Com a mesma alegria de quando elegeram Syd.

Como vice-presidentes, Sebastião Macalé e Alexandre Iunes, dois pipoqueiros, renunciaram, agora Hailé Pinheiro, presidente do Conselho Deliberativo, assume o comando do clube.

Syd pode alegar que foi perseguido. Mas deu brechas para o afastamento. Nunca pagou tributos federais durante a gestão (20 meses), e descumpriu várias resoluções impostas pelo Conselho em relação a medidas administrativas (pedir benção a tudo que for fazer: negociações, empréstimos de atletas, contratação e demissão do técnico Emerson Leão e prestação de contas mensais).

Os estatutos do Goiás atrapalham a administração executiva do Clube. É muita burocracia. O presidente não serve pra nada.

Mas é a lei do Clube e Syd sabia disso.

Agora com Hailé parece que as coisas vão melhorar. Ele deve saber o que está fazendo.

Com certeza os problemas financeiros serão resolvidos e os reforços chegarão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário