Páginas

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Goiás perde em casa

Eu esperava um jogo diferente, mas no fundo estava preparado para o pior. E foi o pior jogo do Goiás no Campeonato Brasileiro.

O time estava afoito, nervoso e desconcentrado. Mas também pudera, Hailé Pinheiro, disse ontem que a situação do clube é gravíssima. Passou toda a intranquilidade possível aos jogadores.

O Goiás começou o jogo a 1000 por hora, marcou o primeiro gol aos 4 minutos, de pênalti com o meia Bernardo, jogou bem até os 37 minutos quando Neto Berola sofreu pênalti e Obina bateu empatando o jogo.

Depois que sofreu o gol de empate o time não conseguiu mais jogar. Luxemburgo, colocou Ricardinho e Diego Sousa que marcou o gol da virada. E aos 35 minutos, Obina sofreu e converteu em cobrança de pênalti, Goiás 1x3 Atlético/MG.

A situação é preocupante. Mas Hailé Pinheiro, assessorado por Ediminho Pinheiro e Marcos Figueredo, deve saber o que fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário