Páginas

domingo, 5 de setembro de 2010

Justiça manda Syd voltar

Não há nada tão ruim que não possa ser piorado.

Quando a família "Imperial" achou que já havia retomado o poder vem a surpresa: A justiça determina de forma imediata a volta do presidente Syd.

O juiz Paulo César Alves das Neves, concedeu liminar baseado na alegação é de que Syd não poderia ser afastado porque tal medida não constava da pauta da Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo do dia 31 de agosto. Ainda conforme a ação, Syd ainda não foi comunicado oficialmente sobre a suspensão preventiva.

Acima das vaidades e arbitrariedades dos conselheiros do Goiás há a justiça.

Essa briga está só no início. Eles só esquecem que o Brasileirão está em andamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário