Páginas

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Musa do Brasileirão - concorrentes são eliminadas injustamente

Larissa e Lilian: eliminadas
No sábado assisti o programa Caldeirão do Huck, aliás assisto sempre que posso, acho o Luciano um cara bacana e competente.

Fiquei na expectativa e na torcida por uma boa participação das representantes goianas no concurso "Musa do Brasileirão".

O Goiás foi representado pela anapolina  Lilian Leite e o Atlético pela goianiense Larissa Rezende.

Sempre foi avisado que no concurso seriam levados em conta a beleza, o conhecimento em relação ao time e o carisma.

Eis que numa edição bem resumida, mostraram duas pessoas, uma Psicóloga e um Personal Styler, avaliando, sem o conhecimento das concorrentes, em 24 horas o comportamento das 20 musas.

Essas duas figuras sentaram, conversaram e eliminaram metade das concorrentes.

Foi ridículo.

Entre as eliminadas estavam Lilian e Larissa.

O critério de eliminação foi vago e pouco democrático.

Não digo que as goianas deveriam ganhar. Tanto elas e as outras oito eliminadas mereciam participar de uma eleição mais justa.

Daqui pra frente não assisto mais essa palhaçada.

Um comentário:

  1. Nunca acompanhei nenhuma edição desse quadro no programa do Luciano Huck, mais esse ano algo me chamou atenção, algo não, alguém. Sou corinthiano roxo mais eu sou homem além de tudo e admito que esse ano a musa do atlético GO Larissa Rezende merecia a vitória.
    Hoje estava vendo as três finalistas que a meu ver não tem a metade da beleza e simpatia da Larissa Rezende.

    Não acredito nesse julgamento que foi realizado.

    Larissa foi prejudicada sim.

    ResponderExcluir