Páginas

sábado, 28 de agosto de 2010

Copa no Estádio do Corinthians, uma palhaçada

A abertura da Copa de 2014 será no novo estádio do Corinthians, a ser construído no bairro de Itaquera. O anúncio oficial deverá ser feito na terça-feira, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas o acordo já foi fechado nesta sexta, após reunião no Rio entre o governador de São Paulo, Alberto Goldman, o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira.

Mas como isso aconteceu?

Vamos relembrar:

Em 31 de Maio de 2007, encerrou-se o prazo dado pela FIFA e pela CBF para que as cidades interessadas em sediar partidas do Mundial fizessem suas respectivas candidaturas. Vinte e uma cidades de dezenove estados mais o Distrito Federal entregaram à comissão organizadora os protocolos preenchidos de acordo com o Caderno de Encargos da FIFA.

Em 31 de Julho de 2007 a CBF entregou na sede da FIFA em Zurique, na Suíça, os documentos da proposta, na qual apareciam as dezoito cidades selecionadas.

No final no mês de agosto de 2007 uma comissão formada por inspetores da FIFA esteve nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre, para vistoriar pessoalmente os estádios e a infra-estrutura destas cidades candidatas a sede. Além das visitas, os inspetores da FIFA assistiram às apresentações dos projetos das demais cidades candidatas.

No dia 30 de Outubro de 2007 a FIFA ratificou o Brasil como país-sede da Copa do Mundo de 2014. A escolha das cidades-sede foi no dia 31 de maio 2008. As eleitas pela Fifa forão Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Cuiabá, Manaus, Fortaleza, Salvador, Recife e Natal.

Ficam as seguintes perguntas:

São Paulo colocou o quê no caderno de encargos em 31 de Maio de 2007? Esse documento valeu de alguma coisa?

Em Agosto de 2007 os inspetores da Fifa foram em São Paulo. O Estádio do Morumbi foi reprovado? Havia algum projeto de um novo estádio?

Está provado que a escolha das cidades-sedes da Copa de 2014 foi um jogo de cartas marcadas. Venceram as cidades com maior influência política. Os projetos, como o de Goiânia, não valeram patavinas nenhuma.

E mais, o Morumbi está fora porque o São Paulo liderou a campanha de Fábio Koff na eleição do Clube dos 13 contra Kléber Leite. o candidato de Ricardo Teixeira.

23 técnicos em 16 rodadas

16 rodadas e 23 trocas no comando técnico dos clubes, contando os que assumiram de forma interina.

Nessa conta, não entra a passagem de Flávio Murtosa no Palmeiras, que treinou o time contra o Santos - vitória por 2 a 1 -, já que o clube apenas aguardava a chegada de Felipão (do qual Murtosa era auxiliar). Sem contar os interinos (Reinaldo Gueldini, do Atlético-GO; Márcio Barros, do Grêmio Prudente; Enderson Moreira, do Internacional; Jorge Parraga, do Palmeiras; e Milton Cruz, no São Paulo), foram 18 trocas em 16 jornadas.

O resultado desse troca-troca todo é que apenas cinco técnicos permanecem em seus clubes desde a primeira rodada. São eles Joel Santana (campeão carioca pelo Botafogo), Muricy Ramalho (que rejeitou a Seleção Brasileira e ficou no líder Fluminense), Dorival Júnior (campeão paulista e da Copa do Brasil pelo Santos), Vanderlei Luxemburgo (Atlético-MG) e Vágner Mancini (Guarani).

Confira as trocas de técnico até aqui no Brasileirão:

ATLÉTICO-GO Geninho (1ª a 7ª rodada), Roberto Fernandes (8ª a 11ª), Reinaldo Gueldini (interino/12ª) e René Simões (13ª até agora)
ATLÉTICO-PR Leandro Niehues (1ª a 5ª) e Paulo César Carpegiani (6ª até agora)
AVAÍ Péricles Chamusca (1ª a 7ª) e Antônio Lopes (8ª até agora)
CEARÁ Paulo César Gusmão (1ª a 7ª), Estevam Soares (8ª até 13ª) e Mário Sérgio (14ª até agora)
CORINTHIANS Mano Menezes (1ª a 11ª) e Adilson Batista (12ª até agora)
CRUZEIRO Adilson Batista (1ª a 7ª) e Cuca (8ª até agora)
FLAMENGO Rogério Lourenço (1ª a 16ª) e Toninho Barroso (interino/17ª)
GOIÁS Emerson Leão (1ª a 16ª) e Wladimir Araújo (interino/17ª)
GRÊMIO Silas (1ª a 13ª) e Renato Gaúcho (14ª até agora)
GRÊMIO PRUDENTE Toninho Cecílio (1ª a 13ª), Márcio Barros (interino/14ª) e Antônio Carlos Zago (15ª até agora)
INTERNACIONAL Jorge Fossati (1ª a 4ª), Enderson Moreira (interino/5ª a 7ª) e Celso Roth (8ª até agora)
PALMEIRAS Antônio Carlos Zago (1ª a 2ª), Jorge Parraga (interino/3ª a 7ª), Flávio Murtosa (interino/8ª) e Felipão (9ª até agora)
SÃO PAULO Ricardo Gomes (1ª a 12ª), Milton Cruz (interino/13ª) e Sérgio Baresi (14ª até agora)
VASCO Gaúcho (1ª a 2ª), Celso Roth (3ª a 7ª) e Paulo César Gusmão (8ª até agora)
VITÓRIA Ricardo Silva (1ª a 13ª) e Toninho Cecílio (14ª até agora)

Os times trocam de técnico por estão mal? ou vão mal porque ficam trocando de técnicos?

Palpites da rodada

Vamos lá arriscar os palpites da rodada

Hoje
Internacional-RS x Botafogo-RJ: Jogo duro, deve dar Inter.
Vasco da Gama-RJ x Cruzeiro-MG: O PC tá bem demais, Vasco.
Ceará-CE x Grêmio Prudente-SP: Ceará.
Santos-SP x Goiás-GO: Santos.

Amanhã
Corinthians-SP x Vitória-BA: Corinthians.
Guarani-SP x Flamengo-RJ: Empate
Atlético-MG x Palmeiras-SP: Empate
Fluminense-RJ x São Paulo-SP: Fluminense
Atlético-GO x Avaí-SC: Atlético
Atlético-PR x Grêmio-RS: Empate

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Vila Nova contrata novo técnico

A diretoria do Vila Nova anunciou na tarde desta sexta-feira Ademir Fonseca como o novo técnico da equipe para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. A apresentação está marcada para este sábado, quando ele já comanda a equipe diante do Bragantino, às 16h, no Serra Dourada.

Aos 47 anos, Fonseca iniciou sua carreira de treinador em 1997, comandando o Ituano-SP onde conquistou o Campeonato Paulista de 2002, quando os grandes da capital e o Santos não participaram do certame. Ele também foi campeão paraense pelo Paysandu, em 2006. Atualmente, o técnico estava no Tupi-MG, que disputa a Série D.

Ele levou o clube mineiro à próxima fase da quarta divisão nacional e agora tem como principal missão evitar o descenso do Vila.

Não conheço o trabalho dele. Mas como diz o Tiririca, pior que tá não fica.

Curtas e boas

Se a moda pega...

Podia fazer também no Corinthians: Grêmio institui multa de R$500 por cada quilo para atletas acima do peso.

Por um fio

Será que o próximo técnico a cair seria o Luxemburgo? O Atlético Mineiro não decolou até agora.

Tá difícil

Vanderlei Luxemburgo, Silas, Paulo Autuori, Antônio Lopes, Abel Braga, Cuca, Sérgio Soares, Dunga forão os nomes de técnicos cogitados pelo São Paulo. Agora estão falando de Raí. Ele é técnico? Ajuda aí...

Passou da hora

Rogério Lourenço caiu. Até quando o Flamengo vai continuar sendo escolinha de técnicos?

Charge do dia. Parabéns Palmeiras.

Força Jovem demite Leão

Comunicado do Goiás:

O Goiás Esporte Clube, por meio do seu Presidente Executivo Syd de Oliveira Reis, comunica a dispensa dos serviços do técnico Emerson Leão. No momento, esta presidência deseja manifestar o agradecimento aos trabalhos prestados por este correto e competente profissional sabendo que o mesmo envidou todos os esforços para que obtivesse sucesso que, infelizmente, não aconteceu.


O Presidente guardará sempre na lembrança a imagem de um profissional correto e conhecedor dos seus deveres e de ampla experiência técnica. Temos a certeza de que esse fato não implicará em nada na amizade e respeito que construímos ao longo desta convivência.


No jogo de amanhã, contra o Santos, a ser realizado no estádio Pacaembu, em São Paulo, às 18h30, Wladimir Araújo comandará interinamente o time esmeraldino.


Syd de Olveira Reis
Presidente do Conselho Executivo


Opinião:

O Dr. Syd deveria ter tomado a decisão na quarta-feira à noite. A torcida teve que exigir a saída do técnico. Pega mal. Qual técnico de ponta vai querer trabalhar em um time que o presidente pipoca pra torcedor?

A torcida fez o papel dela e teve a sensibilidade de ver antes do presidente que o treinador não tinha clima.

Ao atender o pedido Syd ganhou a simpatia da torcida. Forte aliada nesse briga desigual.

Leão teve dificuldades no início, foi bem no meio e mal no final. A crise extra-campo e a falta de dinheiro o atrapalhou. Errou muito e acertou bastante. É bom treinador. Tratou as pessoas em Goiás com muito respeito e vestiu a camisa do Goiás.

O maior erro de Leão foi ter criticado a torcida no último final de semana, se não fosse isso, talvez nada disso teria ocorrido.

A volta dos que não foram

O Goiás passou mais uma vergonha. Depois de negociar e receber garantias, vai ter que receber de volta os atacantes Johnathan, Felipe e Diogo Galvão.

O Conselho Deliberativo do Goiás Esporte Clube enviou uma carta a CBF impedindo a transferência, pois os estatutos do clube exigem para qualquer negociação a aprovação dos conselheiros. Isso já existia nos estatutos há algum tempo, mas diante da briga política agora a lei passou a ser cumprida.

Jonathan é fraco, Felipe não quer jogar no Goiás e o Leão não gosta do Diogo Galvão.

Dinheiro gasto à toa. Mas eles devem saber o que estão fazendo.

Esse sim é o Dragão

O Atlético Goianense, presenteou o Palmeiras, com três gols no dia do seu aniversário de 96 anos. Elias, que nunca poderia ter sido reserva, marcou os três do Dragão.

O Atlético, que era o lanterna do campeonato, subiu uma posição é o 19ª colocação, com 13 pontos. O Dragão, quem diria, passou a lanterna para o Verdão.

Foi um jogo de muita marcação e poucas oportunidades de gol. O Atlético-GO preticamente teve só as três chances que marcou.

Renê Simões não inventou. Colocou os três melhores volantes, Pituca, Ramalho e o Róbston que agora não joga mais de meia ofensivo.

Na próxima rodada o Atlético recebe o Avaí no Estádio Serra Dourada, domingo, às 18h30. Vencendo e dependendo de resultados o time pode sair da zona de rebaixamento.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Vila anuncia reforços e perde treinador

O Presidente do Vila trouxe novidades hoje. O clube fechou uma parceria com a empresa carioca Sport News.

Nunca ouvi falar.

A empresa traz seis reforços para a equipe. Porém, o treinador Roberto Cavalo não foi consultado e discordou em relação aos contratados. Em decorrência disso, pediu a saída do time.

Não vai fazer falta.

Olha os reforços:

o volante Júnior (ex-Grêmio Prudente), o atacante Alan (ex-América de Bom Sucesso), o lateral-direito Ivan (ex-Olaria), o meia Éderson (ex-Madureira), o zagueiro Leandrão (ex-Madureira) e  o volante Gomes que jogou no Goiás no ano passado.

Gomes pro Vila é bom. Os outros não conheço.

Dr. Syd: Chegou a hora de abandonar o barco

A pressão é muito forte. Hailé Pinheiro manda no Conselho Deliberativo. O Conselho, se quiser asfixia o presidente.

Ávidos pela sede de poder. Munidos da vaidade e intolerâcia o amor ao clube fica em último plano.

A meta é tornar o Goiás inadministrável nas mãos de Syd de Oliveira Reis. Mesmo que isso signifique a derrocada financeira e técnica do clube para a Série B.

Nem o mais fanático dos vilanovenses seria tão cruel.

Eles tem mais poder e não desistirão. Até na CBF eles tem moral. Pela primeira vez a entidade máxima do futebol desconsiderou a assinatura de um presidente de clube em detrimento de um documento assinado por um presidente do Conselho.

Chegou a hora do Dr. Syd renunciar.

Passar o cargo para Hailé Pinheiro é o melhor a se fazer.

Hailé deve ter todas as soluções para os problemas do Goiás. Reforços e um novo técnico contratados e dinheiro para pagar os salários e premiações atrasadas. Isso sem precisar vender o Toloy e nem o Felipe.

É com o Hailé assumindo, Marcão da Muralha e Ediminho estarão de volta ao futebol do Goiás.

Pula fora Dr. Syd!

Jogue essa bomba na mão de quem a acendeu.

Goiás bate recorde

No primeiro tempo até que o Goiás deu um arrocho. 

Na etapa final foi um baile.

Resultado normal. O placar é que pegou mal.

Nove jogos sem vitória, o Goiás pós-Raimundo Queiroz acumula mais um recorde negativo do time na história do Brasileirão, a maior série sem triunfo era de oito jogos, em 2009, também na atual gestão.

Talvez esse ano, talvez na mão dos Pinheiros, eles consigam o que estão tentando: Rebaixar o time.

Leão não tem mais clima. Uma troca no comando técnico pode dar um novo ânimo.

O Goiás de Dr. Syd não tem dinheiro pra pagar a multa.

Já que está danado mesmo, dispensa e paga quando puder.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Palpites da rodada

Vamos aos jogos de hoje no Brasileirão:

Grêmio/SP x Atlético/PR: Previsão de ser o jogo mais chato da rodada.

Avaí X Internacional: Vai dar Avaí.

Botafogo X Ceará: Vai dar fogão.

Cruzeiro X Corinthians: Dá timão.

São Paulo X Vasco: O Vasco não perde.

Grêmio/RS X Santos: Arrisco no peixe.

Vai ser difícil

Oito partidas sem vencer no Brasileiro, salários e premiações atrasadas, pior crise política da história do clube e torcida "P" da vida. Tá tudo lascado pro lado do Goiás.

Como se não bastasse, o adversário de hoje, 7 e meia, no Serra Dourada, é o Fluminense. Líder isolado, dinheiro lá é igual água, time bom, treinador bom e há doze partidas sem perder na Série A.

Um jogo de extremos, que pelo que parece, vai dar Fluminense fácil. Essa é a barbada da rodada.

Mas se conseguir vencer, muita coisa vai melhorar pelos lados da Serrinha.

Leandro Euzébio, ex-Goiás, disse que se fizer gol não irá comemorar.

Quem vê até acredita. Falando assim dá a impressão de que ele é um artilheiro e que um dia teve alguma identificação com o Goiás. Ele pode largar de bobagem, se fizer gol que pense é na torcida do Fluminense.



Ainda não dá pra confiar

Com a Ilha do Retiro lotada, o Vila Nova arrancou um empate em 0 a 0 com o Sport. E olha que o Vila ainda teve um jogador a mais em boa parte do segundo tempo.

Esse seria o prenúncio de uma reação? Talvez sim. Mas é provável que não. O Sport mandou no jogo e o Vila teve pra ticamente uma chance real de gol.

Já até acreditei que o Vila fosse escapar do rebaixamento, mas o lanterna do campeonato é muito irregular. Não dá pra confiar.

De nada adiantará esse pontinho fora de casa se no sábado o Vila Nova não conseguir ganhar do Bragantino, um concorrente direto, em casa.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Palavras do presidente

E disse o presidente do Goiás...

Vês?! Ninguém assistiu ao formidável 
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!


Acostuma-te a lama que te espera!
O Homem que, nesta terra miserável, 
Mora entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera


Toma um fósforo, acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro.
A mão que afaga é a mesma que apedreja.


Se a alguém causa ainda pena a tua chaga
Apedreja essa mão vil que te afaga.
Escarra nessa boca de que beija!


Augusto dos Anjos.

Syd é o Raimundo da vez.

Nada como um dia após o outro...

E que Deus proteja o Goiás...