Páginas

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Dragão, o campeão dos cartões

Josiel já ganhou bola de prata
Repercutiu bastante a notícia que o Atlético Goianiense está disparado na liderança de cartões recebidos. Foram 79 nas 20 partidas que disputou. O Grêmio, 2º no ranking da indisciplina, recebeu 67 cartões, enquanto o Vasco, equipe que menos foi advertida, tinha recebido 38 até antes do jogo desta quinta contra o Atlético-MG.

Contrariando os números eu não acho o Atlético um time violento.

Um reflexo da quantidade excessiva de cartões é que amanhã, no Serra Dourada, contra o Fluminense, o Dragão não terá Diguinho, Pituca e Victor Ferraz, que receberam o terceiro amarelo. Márcio, Pedro Paulo e Erandir, pendurados, podem se tornar as próximas baixas.

Em compensação, contra o Flu, o time terá o retorno dos meias Elias e William, além do lateral esquerdo Chiquinho, liberados pelo departamento médico. O atacante Josiel também foi relacionado e pode fazer sua estreia no final de semana.

Na manhã desta sexta-feira, Josiel treinou entre os titulares, assim como o lateral direito Dida. René ainda não confirmou a formação que vai a campo.

Se eu puder ajudar, o time ideal é esse:

Márcio; Dida, Gilson, Jairo e Thiago Feltri; Ramalho, Agenor, Robston e Elias; Josiel e Juninho.

Fotos da "União Esmeraldina"

Hailé Pinheiro, Syd de Oliveira Reis, Alexandre Iunes, Sebastião Macalé. Um dia eles estiveram do mesmo lado.

Na posse em Janeiro de 2009 o nome da chapa era "União Esmeraldina".

Hailé, o principal cabo eleitoral de Syd em 2008

Iunes, Syd e Macalé renunciaram

Presidente Syd renuncia

Syd um dia foi aplaudido pelos conselheiros

Ele só saiu na hora que quis. Syd de Oliveira Reis renunciou à presidência do Goiás. Esse foi mais um capítulo da maior crise política do Goiás.

Syd estava na presidência por força de uma liminar, antes ele estava suspenso preventivamente por decisão do Conselho Deliberativo no dia 31 de agosto.

O Conselho não iria recorrer. Largaria a bomba nas mãos de Syd. Mais eis que ele surpreende. Já que Syd disse que não deixaria o comando antes do fim de seu mandato e só renunciaria em caso de infarto, derrame ou tiro.

Como Alexandre Iunes e Sebastião Macalé, vice-presidentes, também renunciaram, Hailé Pinheiro, presidente do Conselho Deliberativo, assume a presidência executiva.

Agora cabe a Hailé resolver os problemas do Goiás.

Quero ver.

Tomara que consiga.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Harley vai deixar o Goiás

O maior da história do Goiás

Harlei está perto de deixar o Goiás. Em entrevista à rádio Lance/RJ, antes da partida diante o Corinthians, o goleiro falou em respirar "novos ares".

O contrato de Harlei vence no final do ano e ao que tudo indica não deve ter renovação.

Já emiti diversas vezes o que eu penso de Harlei e o Goiás. Ele não é somente o maior goleiro da história do Goiás, ele é o principal jogador da história do clube.

Nenhum outro jogador do Goiás jogou tanto tempo, tantos jogos, conquistou tantos títulos e bateu tantos recordes.

Procurem nos pôsteres das principais conquistas do Goiás e Harlei estará na maioria deles.

Harlei também é, na minha opnião, o maior goleiro da história do futebol goiano.

Mas infelizmente está chegando a hora do fim dessa história que jamais será esquecida.

Goiás joga pro gasto e bate o Guarani

Felipe fez 2 gols ontem

Fazia um tempão. Até que enfim. Ontem o Goiás derrotou o Guarani, por 3 a 1, no Serra Dourada, encerrando uma série de doze jogos sem vitória e de seis derrotas seguidas no Brasileiro.

A última vitória tinha sido contra o São Paulo, no dia 2 de junho, por 2 a 1. O time esmeraldino subiu aos 16 pontos e continua no Z4, como lanterna, devido a seu saldo de gols.

O Goiás não foi aquela "brastemp" mas jogou razoavelmente bem. Foi muito eficiente. Fez a obrigação.

O Guarani foi muito mal, achou que tava podendo depois de ter vencido o Fluminense.

No próximo domingo é que a "porca torce o rabo", o Goiás vai enfrentar o Internacional em Porto Alegre.

Técnico escala errado e Atlético perde

Borges comemora o 2º gol

No duelo entre equipes que lutam contra a zona de rebaixamento, o Grêmio levou a melhor sobre o Atlético-GO por 2 a 0 em Porto Alegre.

O Atlético não jogou tão mal. Se eu fosse o treinador não teria começado o jogo com Róbston e Juninho na reserva. Prefiro os dois a Agenor e Pedro Paulo.

Foi lindo o gol do Grêmio que abriu o placar com Douglas, em cobrança de falta ensaiada. O goleiro Márcio nem se mexeu.

O segundo gol, no finalzinho, foi uma consequência do espaço dado aos contra-ataques quando o Atlético partiu para o tudo ou nada.

Na próxima rodada, um jogaço, o Atlético sem Victor Ferraz, Pituca e Diguinho suspensos pelo terceiro cartão amarelo, volta a campo contra o Fluminense, no Serra Dourada.

Syd volta e empresta Diogol para o Dragão

Ontem o Dr. Syd voltou à ativa na presidência do Goiás. Em poucos minutos decidiu que Diogo Galvão vai mesmo para o Atlético. É a segunda vez que o jogador vai para o rubronegro, antes a ida tinha sido impedida pelo Conselho Deliberativo.

Desta vez, Hailé Pinheiro aprovou e Diogol está até regularizado.

O Goiás está perdendo um bom jogador.

Outros dois jogadores serão liberados: o volante Túlio e o atacante Pedrão.

Túlio vai para o Figueirense e Pedrão está insatisfeito com sua situação no clube e o clube insatisfeito com o futebolzinho dele.

Não farão falta.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Renê e seus sósias

Muito competente, educado, trabalhador e estrategista. Renê Simões, técnico do Atlético tem uma grande parcela de contribuição na recuperação do Atlético no Campeonato Brasileiro.



Além disso tudo ele é a cara do "Baixinho da Kaiser" ou seria do "Super Mario Bros"?

Vila faz mais uma vítima

Davi Ceará fez um golaço

Com um futebol envolvente e empolgante o Vila Nova venceu a Portuguesa por 2 a 1 ontem no Estádio Serra Dourada.

O jogo foi ótimo. O Vila foi bem do início ao fim, até quando teve um a menos. Pardalzinho foi expulso injustamente.

Com o resultado, o Vila Nova que até a pouco tempo apanhava de todo mundo, chegou à sua quarta vitória consecutiva e ao quinto jogo seguido de invencibilidade.

O presidente do Vila Nova esperava até 20 mil pagantes. Mas faltaram bilhetes e bilheteiros. Com carga-extra venderam pouco mais de 13 mil. Teve confusão e muita gente desistiu na porta do estádio.

O Vila ainda está na zona de rebaixamento, mas pode sair na próxima rodada, no sábado, quando enfrenta o Icasa, às 21 horas, no Ceará.

No desespero Goiás enfrenta o Guarani.

Depois de 95 dias o Goiás tem uma grande chance de voltar a vencer no Brasileirão. O jogo de hoje é contra o Guarani, nono colocado, com 26 pontos. Já o Goiás tem apenas 13 pontos e amarga a última colocação do campeonato.

O técnico-iniciante Jorginho terá alguns desfalques importantes. Um deles é o lateral-direito Douglas, suspenso. No meio-campo, o volante Amaral cumpre suspensão pela expulsão contra o Corinthians. Os substitutos devem ser Wendel Santos e Rithelly, respectivamente.

A diretoria deve mais uma vez atrapalhar o Goiás. Rafael Toloy pode nãoser escalado hoje, por reclamar de não ter sido transferido para o futebol italiano e os dois meses de salários atrasados no Goiás.

Ele não mentiu e nem ofendeu ninguém. Só falou a verdade.

Ah, e sobre hoje. Do jeito que está... Não ganha não.

Atlético enfrenta o Grêmio sem Elias

Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série A, Grêmio e Atlético-GO, se enfrentam, às sete e meia da noite, no Estádio Olímpico. No primeiro turno o jogo terminou empatado em 0 a 0 no Serra Dourada.

Dragão pode sair hoje da zona de rebaixamento, tem que vencer e torcer para que o Atlético/MG não ganhe do Vasco, em São Januário.

O empate hoje é um bom resultado. Acho que vai dar isso hoje.

O meia Elias, melhor jogador do futebol goiano, artilheiro do Brasileirão ao lado de Bruno César, no Corinthians, ambos com nove gols, não joga hoje, está suspenso.

Carlinhos Bala, que até hoje não jogou nada, será o substituto de Elias.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Hailé vai deixar Syd na presidência

Na terça-feira (31/08) o Conselho Deliberativo do Goiás afastou provisoriamente o presidente Syd de Oliveira Reis por 30 dias. Sua gestão seria investigada e uma assembléia geral convocada para decidir de vez o impecheament de Syd.

Na ocasião, assim como na eleição de Syd, a maioria dos conselheiros aplaudiu de pé o que foi decidido.

Eis que na sexta-feira a família "Imperial" recebe a notícia que o juiz Paulo César Alves das Neves, determinou em forma de liminar que Syd retornasse ao cargo. A alegação foi de que o presidente não poderia ser afastado porque tal medida não constava da pauta da Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo do dia 31 de agosto.

A atitude do conselho foi arbitrária e ilegal.

Hoje, segunda-feira, a notícia é de que o Conselho Deliberativo do Goiás não irá recorrer.

A bomba vai ficar nas mãos de Syd. Ele só sai se quiser.

Hailé, que tanto fez pra tomar o poder, quando assumiu não parecia ter as soluções.

Syd, que deu um jeito de voltar, deve saber o que está fazendo.

Que seja Syd, Hailé, Mané ou João. Quem estiver lá é que se vire para tirar o Goiás dessa situação.

O certo é que os que massacraram Raimundo Queiroz e que prometeram uma era de modernidade até agora só afundaram o Goiás.

A gestão Raimundo ampliou o Estádio da Serrinha, reformou a sede e o CT, colocou o Goiás em 3 edições da sulamericana e uma Libertadores e emplacou o 3º lugar em 2005, a melhor campanha do time na história do Brasileiro.

Depois de Raimundo o Goiás ganhou o que?

Na época, os Pinheiros diziam que Raimundo deixou uma dívida de 15 milhões. Três anos e meio depois, sem Raimundo, depois de venderem o Welliton por 20 milhões, a dívida é de mais de 60 mi.

Como isso aconteceu? Não sei. Até agora de nenhum dirigente ligou em emissora de Rádio pra explicar isso.

domingo, 5 de setembro de 2010

Presidente do Vila pede apoio da torcida

Geso quer o apoio da galera

O Vila Nova conquistou na noite de sexta-feira a terceira vitória seguida na série B. O adversário foi o São Caetano, o jogo foi em São Paulo, e a vitória vilanovanse foi por 2 a 1.

Com o resultado o Vila Nova saiu da lanterna depois de 13 rodadas, ganhou duas posições na classificação da série B, ocupando agora a 18ª posição com 17 pontos.

O presidente do clube, Geso Oliveira, um herói, que pegou o time numa situação complicada, quer agora o apoio da torcida e espera 20 mil pessoas na terça-feira, no jogo contra a Portuguesa, 4 e 10 da tarde, no Serra Dourada.

Vai ter até promoção. O sorteio de uma motocicleta Yamaha YBR 125cc zero quilômetro. Para concorrer, o torcedor terá de comprar, antecipadamente (até meio-dia de terça), o ingresso para cadeira - são 8 mil bilhetes colocados à venda na escolinha do clube (no OBA) e nas lojas Flávio´s. O preço é 15 reais, igual ao da arquibancada, e o torcedor recebe cupom para o sorteio.

Vale a pena apoiar.

Candidatos e suas promessas para o Esporte

Li hoje no Jornal "O Popular", em uma matéria do repórter Jânio José da Silva, onde os três primeiros colocados nas pesquisas de intenção de votos ao governo, Marconi Perillo (PSDB), Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PR), mostraram suas propostas no esporte para os próximos quatro anos.

Vou colocar aqui no Blog, guardarei o Jornal, salvei a matéria em um pen-drive e daqui a 4 anos verei o que foi cumprido. Tenho certeza que pouco sairá do papel.

Os três candidatos prometem reformar o Estádio Serra Dourada, o Autódromo Internacional e concluir o Centro de Excelência. Vão apoiar o esporte amador e profissional, construirão ginásios e campos.

Marconi Perillo promete a construção de 300 campos de futebol. Iris Rezende promete quadras poliesportivas nas escolas da rede estadual e Vanderlan Cardoso quer transformar o Serra Dourada em uma Arena multiuso nos padrões da FIFA.

Seremos uma potência esportiva.

Acredite se quiser.

Corinthians humilha o Goiás

Só deu Corinthians
Foi um massacre, uma surra sem dó, reflexo de tudo que os dirigentes vem aprontando fora de campo. O Goiás segue sua aumentando a sua seqüência de vexames no Campeonato Brasileiro, desta vez o adversário a ganhar do alviverde foi o Corinthians, de virada e o pior de goleada por 5x1.

O jogo até que começou equilibrado, o Goiás estava marcando direitinho. Aos 6 minutos, Júnior recebeu passe na entrada da área pela esquerda e bateu acertando o ângulo, Corinthians 0x1 Goiás.

Antes tivesse ficado quieto. O gol esmeraldino fez acordar o adversário que partiu para cima, a partir daí eram bolas na trave, passes rápidos, dribles, cruzamentos, escanteios, chutes curta, média e longa distância, expulsão do Amaral, defesas do Harley, gol do Bruno César, dois do do Yarley, do Jorge Henrique e até um contra do Marcão. Ah... e teve até olé.

A coisa tá feia, preta no meio e quadrada nas beiradas.

Um time sem dono, um técnico inexperiente, um time esforçado mas limitado, uma terra de ninguém.

Na próxima rodada, a primeira do returno, o Goiás recebe o Guarani no Serra Dourada, quarta-feira (08/09) ás 19h30min no Serra Dourada.

Justiça manda Syd voltar

Não há nada tão ruim que não possa ser piorado.

Quando a família "Imperial" achou que já havia retomado o poder vem a surpresa: A justiça determina de forma imediata a volta do presidente Syd.

O juiz Paulo César Alves das Neves, concedeu liminar baseado na alegação é de que Syd não poderia ser afastado porque tal medida não constava da pauta da Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo do dia 31 de agosto. Ainda conforme a ação, Syd ainda não foi comunicado oficialmente sobre a suspensão preventiva.

Acima das vaidades e arbitrariedades dos conselheiros do Goiás há a justiça.

Essa briga está só no início. Eles só esquecem que o Brasileirão está em andamento.

PC Gusmão vence e bate recorde

PC: Ninguém ganha dele
Nas 18 partidas em que trabalhou neste Campeonato Brasileiro, o técnico Paulo César Gusmão não saiu de campo derrotado uma vez sequer. Neste sábado, após comandar o Vasco na vitória sobre o Ceará por 2 a 0, no Castelão, ele igualou o recorde de Muricy Ramalho, que em 2008 ficou 18 jogos invicto à frente do São Paulo.

Destes 18 confrontos, PC comandou o Ceará em sete rodadas e o Vasco nas 11 restantes.

PC deve aumentar essa marca já que o próximo adversário de PC Gusmão será o Atlético-MG, quinta-feira em São Januário.

PC evolui a cada ano é estudioso, perfeccionista, exigente e trabalhor.

Esranho foi vê-lo passar por Atlético e Itumbiara e o Goiás nunca ter lhe dado um oportunidade.

18 Jogos - PC Gusmão (Ceará, Vasco), 2010 até agora
18 Jogos - Muricy Ramalho (São Paulo), 2008
16 Jogos - Muricy Ramalho (São Paulo), 2007 14 vitórias
16 Jogos - Levir Culpi (Atlético-PR), 2004 12 vitórias
16 Jogos - Cuca (Goiás), 2003 8 vitórias
15 Jogos - Muricy Ramalho (Fluminense), 2010 até agora
13 Jogos - Muricy Ramalho (São Paulo), 2006
12 Jogos - Muricy Ramalho (Internacional), 2005
11 Jogos - Celso Roth (Grêmio), 2008 8 vitórias
11 Jogos - Ney Franco (Botafogo), 2008 8 vitórias
11 Jogos - Cuca (Fluminense), 2009 7 vitórias