Páginas

sábado, 19 de março de 2011

Goiás fecha com a Globo

O presidente do Goiás, Hailé Pinheiro, anunciou nesta sexta-feira que o clube fechou acordo com a Rede Globo em relação aos direitos de transmissãos do Campeonato Brasileiro pelo período 2012-2015, em TV Aberta, TV Fechada, transmissão em internet e celular.

Pinheiro argumentou que o fato da Rede TV!, que ofereceu R$ 516 milhões anuais pelos direitos no triênio 2012/2014 em licitação organizada pelo Clube dos 13, não possuir afiliada em Goiás foi um dos aspectos que pesou na decisão.

O mandatário esmeraldino não divulgou os valores da negociação, que ele disse ser bem superior aos R$ 5,5 milhões que o time irá receber nesta temporada.



O Goiás teria direito a receber do Clube dos 13 essa temporada R$ 11 milhões, porém, como foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro somente metade deste valor será pago ao clube, o que segundo Hailé Pinheiro é uma punição para um clube que acabou de ser rebaixado e deveria ser auxiliado.

Na proposta da RedeTV! o Goiás iria receber 24 milhões por ano, especula-se que o que foi oferecido ao Goiás pela Globo tenha sido um pouco superior. Outro fator foi que a Globo manterá os valores independente da divisão que o clube esteja. O presidente esmeraldino revelou ainda que o clube irá receber um adiantamento dos valores de 2012.

Apesar de ter fechado com a Globo, Hailé Pinheiro disse que não pensa em deixar o Clube dos 13, mesmo acreditando que a equipe sempre foi prejudicada pela entidade, que sempre deu trabalho na hora de repassar o dinheiro pago pela emissora.

Hailé disse que o Clube dos 13 sequer fez uma Assembléia com os clubes para tratar dos direitos de transmissão dos anos seguintes, e quem decidiu pela RedeTV! foi um grupo da instituição, representado por 5 clubes e comandado pelo São Paulo.

Em relação às dívidas com a entidade Hailé afirmou que o Goiás vai pagar o que deve.

Opinião:

Foi uma negociação excelente, fantástica, decisão acertada, um marco na história do Goiás, uma grande oportunidade de recuperar as finanças do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário