Páginas

sábado, 18 de junho de 2011

Serra Dourada continua em reforma

Estive nesta sexta-feira no Serra Dourada, para fazer uma matéria para o Mais Esportes. Fiquei surpreso. As melhorias continuam, mesmo após o jogo da seleção.

Tinha gente trabalhando em todos os cantos do estádio. Cuidando da grama, banheiros, vestiários e arquibancada. Até o administrador, Itamir Campos, coloca a "mão na massa".

Mas o estádio tem uma dificuldade: A falta de recursos para a manutenção. Dos jogos de 2011 só Atlético X Fluminense cobriu as despesas.
Depois da Seleção, as obras continuam
10% da renda bruta é o aluguel do Estádio. Os custos giram em torno de 10 a 12 mil reais por jogo. Esse valor dificilmente é alcançado nos 10%.

A administração do estádio pretende cobrar uma taxa mínima de aluguel do estádio. No que eu acho muito justo.

Os jogos de 2 reais são os que mais dão prejuízo. Mais gente no estádio, mais vandalismo, mais gastos e menos dinheiro.

Os clubes até podem e devem continuar fazendo promoções. Mas paguem por isso, se gostam de usar um estádio limpinho, seguro e organizado.

No futebol todos ganham dinheiro. O patrimônio público não pode ficar no prejuízo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário