Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

CBF descumpre as próprias regras para beneficiar o Santos

Santos e Teixeira: Aí tem!
A CBF tomou uma atitude injusta e ilegal, ao adiar, ainda sem data definida, o jogo entre Santos e Botafogo, anteriormente marcada para o dia 4 de setembro, no estádio da Vila Belmiro.

O adiamento do jogo, foi definido pela CBF nesta terça a pedido da diretoria do Santos, que não quer entrar em campo no domingo sem três titulares: Neymar, Paulo Henrique Ganso e Danilo. Eles foram convocados para defender a seleção brasileira no amistoso com Gana na segunda-feira, dia 5, em Londres.

Em uma "paulada só" a CBF descumpriu dois artigos do Regulamento Geral das Competições, um documento redigido por ela mesma.

O Artigo 14 do referido Regulamento é claro: "quaisquer modificações nas tabelas das competições somente poderão ocorrer se autorizadas pela DCO (Diretoria de Competições) e publicada no sítio da CBF em um prazo não inferior a dez dias anteriores à data da programação da partida em foco".

Sobre a convocação de jogadores o parágrafo único do artigo 10 é ainda mais claro: "a eventual convocação de atletas de clubes participantes das competições para as seleções nacionais não assegura o direito de alteração das datas das suas partidas nas competições".

A CBF, comandada por Ricardo Teixeira, o Al-Capone do futebol brasileiro, faz o que o Santos pede.

Desde a final da Libertadores, entre Santos e Peñarol, que deveria ser no Morumbi, deram um "jeitinho" pra ser no Pacaembu.

Adiaram jogos do Brasileiro até para o Peixe comemorar o título da Libertadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário