Páginas

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Depois de Goiânia Ricardo Teixeira dá esmola para Belém

Em junho último, durante o amistoso entre Brasil e Holanda, no Serra Dourada, a CBF anunciou Goiânia como uma das sedes da Copa América.

Ontem foi a vez de Belém.

Eram aproximadamente 22h25 quando o twitter oficial do Governo do Estado do Pará confirmou uma notícia que já circulava como certa pelos bastidores do Mangueirão desde o início da noite desta quarta-feira: o Pará será sede da Copa América de 2015.

Foi esmola.

Goiânia e Belém têm tradição no futebol e experiência como sede de grandes jogos. Jamais essas duas cidades deveriam ficar fora da Copa do mundo de 2014.

Só ficaram de fora por questões políticas e não técnicas.

Mangueirão e Serra Dourada são estádios que necessitariam de reformas e não de demolição para se adequarem.

Goiânia e Belém gastariam muito menos que Natal, Manaus e Cuiabá.

Ao mesmo tempo, Ricardo Teixeira decide por duas cidades e estádios, que não terão os rios de dinheiro dos investimentos públicos para 2014.

Na Copa América 2015, Serra Dourada e Mangueirão estarão defasados.

E pelo jeito os estádios de Cuiabá, Natal e Manaus se transformarão em elefantes brancos mais rápido do que imaginava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário