Páginas

sábado, 22 de outubro de 2011

Fifa divulgará dossiê que pode comprometer Teixeira

"Apesar de você, amanhã há de ser outro dia..."

No dia seguinte em que divulgou as cidades-sede para a Copa do Mundo de 2014, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou que a entidade deverá divulgar, em dezembro, o dossiê do caso ISL. Entre os possíveis envolvidos na investigação está Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do comitê organizador da Copa-2014.

O caso envolve a empresa de marketing esportivo (International Sport and Leisuere), ex-parceira da Fifa e que faliu em 2001. Acusa-se que dirigentes da entidade, entre eles Ricardo Teixeira, teriam recebido propina para que a ISL tivesse garantido os direitos de transmissão e anúncios publicitários na década de 90. Na Inglaterra, o programa ‘Panorama’, da rede BBC, acrescenta, além de Ricardo Teixeira, o nome do ex-presidente da Fifa João Havelange neste suposto esquema.

De acordo com Blatter, o caso será retomado no próximo comitê executivo, nos dias 16 e 17 de dezembro, e o dossiê será entregue a uma organização independente, para que se examinem documentos e apresentem conclusões sobre esta situação.

A medida acontece depois de seguidas polêmicas de casos de corrupção na Fifa. Em sua entrevista, Blatter afirmou que, com a divulgação deste dossiê, a Fifa busca demonstrar que realmente quer acabar com as denúncias que rondam a entidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário