Páginas

domingo, 16 de outubro de 2011

Goiás não pode culpar a arbitragem

Vitória 3 x 2 Goiás. Foi um jogo pra lá de polêmico. Expulsões, pênalti, gol anulado e peitada no árbitro. Teve de tudo.

Não posso aqui ignorar fatos e engrossar o discurso que neste momento convém ao Goiás.

Atribuir à arbitragem a derrota é encobrir as falhas do time. O Goiás perdeu muitos gols no primeiro tempo e tomou um baile do Vitória na etapa final.

A derrota não foi por culpa da arbitragem. A imagem mostra o zagueiro Walisson tentando alcançar a bola com a mão. Se não tocou  foi por questão de milímetros. Só atitude do jogador já é suficiente a induzir o árbitro a marcar a penalidade.

Erro foi expulsar o Leandro e não o Walisson. Erro foi não expulsar o Tolói que peitou o juiz.

Não esqueçamos que aos 20, Fábio Santos, do Vitória, fez um gol em posição legal e a arbitragem marcou impedimento.

Lance do pênalti:

3 comentários:

  1. Ok. Um erro justifica o outro, parabéns pelo INFELIZ comentário.

    ResponderExcluir
  2. "Só atitude do jogador já é suficiente a induzir o árbitro a marcar a penalidade."

    Finalmente algum comentarista goiano teve a decência de citar a regra. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Desnecessário, rendeu derrota.
    Infelizmente foi penalti.

    ResponderExcluir