Páginas

sábado, 17 de dezembro de 2011

João Bosco presidente: A LUZ no fim do túnel

A eleição para a presidência executiva do Goiás está marcada para a próxima quarta-feira, 21 de dezembro, a partir das 17h30, no Spazio Verde, na Serrinha. O pleito também define a data da posse do novo presidente e seus dois vices, cujo mandato começa em 1º de janeiro de 2012 e termina em 31 de dezembro de 2013.

Interessados em concorrer devem registrar chapas até as 18 horas de segunda-feira, dia 19, na secretaria geral do clube. Para votar ou ser votado, o conselheiro não pode estar inadimplente. O prazo final para regularizar a situação é sábado, dia 17, ao meio-dia.

Por enquanto apenas uma chapa está inscrita. A Nova Geração encabeçada pelo advogado João Bosco Luz, com os vices os vices Sérgio Rássi e Adriano Oliveira.

João Bosco é o melhor nome hoje para assumir o Goiás. É a luz no fim do túnel. Agrada a oposição e situação. É um dos grandes juristas esportivos do Brasil, conhecido e respeitado, fez parte do STJD e já representou juridicamente o Clube dos 13.

João, que foi peça fundamental, na gestão Raimundo Queiroz, sabe o que é fazer uma admistração descentralizada, com a participação de várias diretorias cuidando de diversas áreas do clube.

Ele também sabe se relacionar, tem postura e posição, não tem perfil de que será "pau-mandado".

João Bosco sempre teve posições firmes no Goiás, não pode se dizer que ele era oposição ou situação; Em várias oportunidades criticou publicamente algumas atitudes do departamento de futebol do Goiás na gestão Pedro Goulart, depois, apoiou Raimundo Queiroz nas últimas eleições do clube, quando Syd de Oliveira Reis venceu tendo ao seu lado Hailé Pinheiro.

Hailé, que hoje indica e apóia João Bosco, mostra que está pensando no futuro do Goiás.

João Bosco Luz, avisa: "Passado é passado. E deve se pensar assim mesmo. É bola pra frente.

Na quarta-feira, deve haver apenas uma aclamação, já que o conselheiro Flávio Ramos não deve lançar chapa.

Na minha opinião, o movimento Reage Goiás, que tem razão em 100% das suas reinvidicações, deve agora, com mais tempo, sem a barreira intransponível dos Pinheiros, tentar nessa nova administração, colocar as suas idéias e reinvidicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário