sábado, 3 de setembro de 2011

Previsões da 21ª rodada e Cartola escalado

Bola de Cristal afiada
21ª rodada

Sábado
18 horas
Atlético-MG x Avaí-SC - Atlético
Figueirense-SC x São Paulo-SP - Figueirense (ia no São Paulo, mas com o desfalque de Dagoberto não vai dar)
Fluminense-RJ x Atlético-GO - Fluminense

Domingo
16 horas
Grêmio-RS x Atlético-PR - Grêmio
Palmeiras-SP x Cruzeiro-MG - Palmeiras
Flamengo-RJ x Bahia-BA - Flamengo
América-MG x Vasco da Gama-RJ - Vasco
Coritiba-PR x Corinthians-SP - Empate

18 horas
Ceará-CE x Internacional-RS - Ceará

UCG TV vai a campo com: Felipe, Léo Moura, Réver, Leonardo Silva e Junior Cesar; Fábio Rochemback, Douglas e Marquinhos; Elton, André Lima e Rafael Moura; Técnico: Cuca.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Centroavante faz gol e Vila empata com o vice-líder

O Vila Nova-GO, conseguiu um bom resultado hoje, em Araraquara/SP, ao empatar com a Ponte Preta em 1 a 1.

Mesmo sem Roni, o Vila começou o jogo sem centroavante. Um erro.

A Ponte saiu na frente do placar, aos 11 minutos, com João Paulo Silva.

O gol fez com que o Técnico Artur Neto colocasse o centroavante Leandro Cearense no jogo. Aos 4 do segundo tempo ele empatou a partida.

O Vila só não virou porque Adílson foi expulso aos 26 minutos.

A solução foi se segurar.

Entender o Vila Nova é fácil, só não vê quem não quer.

O time toca a bola mais rápido sem Paulo César e faz gol sem Roni.

Está claro? Ou terei que desenhar?

Com o resultado, o Vila Nova ocupa a 16ª colocação, com 24 pontos, pelo menos, momentaneamente, fora da zona de rebaixamento. A Ponte permanece na segunda colocação na tabela, com 39 pontos.

Na 22ª rodada, o Vila Nova, volta ao Serra Dourada, onde enfrenta o Boa Esporte (MG), no sábado, às 16:20. Já a Ponte Preta enfrenta o Icasa na próxima sexta-feira, às 20:30, no estádio Romeirão.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 1 VILA NOVA-GO

Local: Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. Data: 02/09/2011
Horário: 20h30. Árbitro: Gleidson Santos Oliveira (BA)
Assistentes: Marcos W. Rocha de Amorim e Dijalma Silva Ferreira Jr.
Cartões amarelos: Xaves (PONTE); Geovane e Adilson (VILA)
GOLS: João Paulo Silva 8'/1ºT (Ponte Preta); Leandro Cearense 4'/2ºT (Vila Nova)

PONTE PRETA: Julio César; Murilo (Tiago Luís), Wescley, Leandro Silva e Uendel; Xaves (Márcio Diogo), Josimar, João Paulo Silva e Gerson; Ricardinho (Lúcio Flávio) e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.

VILA NOVA: Michel Alves; Luizinho, Ben Hur, Augusto e Marquinhos; Jairo, Geovane (Leandro Cearense) Adilson e David; Bergson (Ricardinho) e Davi Ceará (Luiz Fernando). Técnico: Artur Neto.

Goiás perde em casa para o Náutico e se complica

Kieza fez o 1º do Náutico
O Goiás perdeu para o Náutico por 2 a 1, nesta sexta-feira, no Serra Dourada, em jogo valido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Kieza e Eduardo Ramos fizeram os gols do Náutico, Iarley descontou para o Goiás no jogo 100 pelo clube.

A atuação do Goiás foi caricata, grotesca e estapafúrdia.

Márcio Goiano e o time parecem ter chegado ao limite.

Foi a 11ª derrota do time no Campeonato. Só Salgueiro (12) e Duque de Caxias (14) perderam mais que o Goiás na Série B.

O Goiás não esteve, em nenhuma das 21 rodadas, no G4.

Infelizmente, nesse momento, não encontro argumentos para dizer que o Goiás tem chances reais de subir.

Já podemos preparar o espítito de ver o Goiás mais um ano na Série B.

Em relação ao Náutico, time que eu duvidava no início, esse vai.

O Timbu chegou aos 38 pontos na 3ª posição. O Goiás, chega a segunda derrota seguida e permanece com 28 pontos, por enquanto na 11ª colocação.

O Goiás volta a jogar na próxima sexta-feira, contra o ASA, em Arapiraca, às 20:30. No sábado, o Náutico enfrenta o Criciúma, às 16:20, em Recife.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1X2 NÁUTICO

Local: Serra Dourada, em Goiânia. Data: 02/09/2011. Horário: 20h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Pablo da Costa (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)
Renda: R$ 35.940. Público: 6.035 pagantes
Gols: Kieza 13'/2T e Eduardo Ramos 22'/2T (Náutico); Iarley 46'/2T (Vila Nova)

GOIÁS: Harlei, Douglas, Ernando, Rafael Tolói e Marcão (Max Pardalzinho); Marcinho Guerreiro, Carlos Alberto (Diniz), Alan Bahia e Elivélton; Iarley e Wellington (Johnathan). Técnico: Márcio Goiano.

NÁUTICO: Gideão, Peter, Ronaldo Alves, Diego Bispo e Jeff Silva; Everton (Lenon), Elicarlos (Neno), Élton e Eduardo Ramos (Alex Fraga); Rogério e Kieza. Técnico: Waldemar Lemos.

Missão quase impossível para o Vila Nova

Desesperado, o Vila enfrentará, a vice-líder, Ponte Preta, as 20h30, desta sexta-feira, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

Se vencer, a Macaca tomará a liderança da Portuguesa, com 39 pontos, que joga somente no sábado.

No primeiro turno o Vila Nova venceu por 3 a 1, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O retrospecto geral apresenta 10 partidas. O Vila Nova tem três vitórias, seis do time campineiro e um empate.

Após tirar a invencibilidade em casa do ASA-AL na última rodada do torneio, a Ponte Preta confirmou sua fase de boa visitante na temporada, ostentando 60% de aproveitamento longe de seu torcedor.

Com Guilherme e Mancuso suspensos do jogo, ambos por terem recebido seu terceiro cartão amarelo diante do ASA-AL, e o meia Renatinho sentindo dores na coxa, a Macaca soma três desfalques certos para o embate.

Destaque na vitória contra os alagoanos, marcando o gol da vitória da Ponte Preta na última rodada, o atacante Lúcio Flávio destacou a importância de garantir mais um triunfo, mesmo se entrar como titular na partida ou não.

Já o Vila Nova, que vem de derrota por 3 a 0 contra o Vitória, necessita de um triunfo a todo custo para tentar sair da zona do rebaixamento.

Artur Neto, decidiu barrar o atacante Roni. Se vai dar resultado imediato não sei. Só sei que outros atacantes devem ter opotunidades. Roni jogou 20 partidas.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA x VILA NOVA
Local: Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 02/09/2011
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitros: Gleidson Santos Oliveira (BA)
Assistentes: Marcos Rocha de Amorim (BA) e Dijalma Silva Ferreira (BA)

PONTE PRETA: Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; Xaves, Mancuso (Gerson), Márcio Diogo e Renato Cajá; Ricardo Jesus e Tiago Luís (Lúcio Flávio). Técnico: Gilson Kleina

VILA NOVA: Michel Alves; Luizinho, Augusto, Ben Hur e Victor Ferraz (Marquinhos); Jairo, Ricardinho, Adilson e David; Luiz Fernando e Wando. Técnico: Artur Neto

Goiás tem decisão contra o Náutico

O Goiás busca nesta sexta-feira, a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B. O time esmeraldino enfrenta o Náutico, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, ás 20h30 pela 21ª rodada.

É um confronto direto, empate ou derrota será trágico para o Goiás.

Favorito pra subir, na boca de quase todo mundo (inclusive na minha), o Goiás ainda não esteve nenhuma vez entre os quatro primeiros da Série B.

Apontar favoritismo do Goiás, aos poucos, vai se tornando um exercício de futurologia, misturada com otimismo, torcida e chutometria. Por enquanto os números não contatam isso. Me apego à estrutura, tradição e às quatro vitórias consecutivas.

Se o Goiás não vencer hoje, começarei a rever os meus conceitos.

Com 28 pontos, o Goiás é o 9ª colocado no Brasileiro. O time pernambucano está em terceiro, com 35 pontos. Vencendo, o Verde ficará a quatro pontos do concorrente, perdendo fica na mesma e perdendo a ditância será de dez pontos.

Para a partida diante o Timbu, o técnico Márcio Goiano, colocará como principal novidade, o veterano Marcão no lugar de Andrezinho, na lateral-esquerda. Ruim com o Marcão, pior sem ele.

No Náutico, o técnico Waldemar Lemos terá dois desfalques: o volante Derley e o zagueiro Marlon. O treinador só confirmará o time momentos antes do jogo. Para a cabeça de área, Élton e Lenon são as opções. Diego Bispo e Alex Fraga disputam uma vaga na defesa.

Ficha Técnica
GOIÁS X NÁUTICO

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO).
Data/hora: 02/09/2011
Horário: 20h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Pablo Almeida da Costa e Marcus Vinicius Gomes (MG).

GOIÁS: Harlei; Douglas, Ernando, Rafael Tolói e Marcão; Marcinho Guerreiro, Carlos Alberto, Alan Bahia e Elivélton (Diniz); Iarley e Felipe Amorim. Técnico: Márcio Goiano.

NÁUTICO: Gideão; Peter, Ronaldo Alves, Diego Bispo (Alex Fraga) e Jeff Silva; Everton, Elicarlos, Élton (Lenon) e Eduardo Ramos; Rogério e Kieza. Técnico: Waldemar Lemos.

Mais Esportes Nacional - 2 de Setembro de 2011

Pronto, falei! Renato Gaúcho no Vasco?

Pronto, Falei - Atlético vence o Coritiba - 01 09 2011

Mais Esportes Nacional - TV Aparecida - 01/09/2011 - Íntegra

Atlético/PR contrata Antônio Lopes

Missão complicada
A diretoria do Atlético-PR anunciou, no final da noite desta quinta-feira, seu novo técnico para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Trata-se do experiente e velho conhecido Antônio Lopes que terá a missão de substituir Renato Gaúcho e tirar o Furacão da zona de rebaixamento.

Lopes no ano passado quase rebaixou o Avaí, caiu com o Vitória e esse ano não conseguiu fazer o América/MG reagir.

Sérgio Soares, Geninho, Adílson Batista, Renato Gaúcho e agora o Antônio Lopes. Cinco técnicos no ano.

Planejamento zero.

É o Furacão rumo à Série B.

Bahia empata e Renê Simões é demitido

Foi um jogo fraco, bem no nível de Bahia e América-MG no Campeonato Brasileiro, os dois clubes ficaram no 0 a 0 nesta quinta-feira, no estádio Pituaçu, em Salvador.

O técnico René Simões deixou o gramado ao coro de "Adeus, René".

E caiu mesmo. Logo após o jogo, o presidente do clube demitiu o treinador. A diretoria anunciou que tentará contratar Renato Gaúcho, que deixou o Atlético-PR.

ABC/RN recontrata técnico pela 2ª vez no ano

Parece mentira, mas o ABC-RN recontratou o técnico Leandro Campos (foto). O treinador está de volta ao clube após cerca de 20 dias e cinco rodadas, quando deixou o comando do clube. Agora, Campos retorna para assumir o posto que era de Guto Ferreira, demitido após a goleada sofrida diante do Bragantino, por 5 a 0, na última terça-feira, pela Série B.

O detalhe é que no estadual desse ano, técnico já havia deixado o clube e voltado poucos dias depois.

Os dirigentes preferem garantir uma campanha mais segura, com quem eles conhecem, do que arriscar.

Tá certo.

A Mentira: Renato Gaúcho no Vasco

Cristóvão é técnico do Vasco.
É mentira! Logo que Renato Gaúcho caiu no Atlético/PR, seu nome passou a ser cogitado no Vasco. Não sei quem ou de onde saiu uma barbaridade dessas.


Essa notícia tá que circula na Internet. Ainda não deu pra descobrir qual foi o energúmeno que a plantou.

Mesmo tendo a impressão, de que o AVC deve comprometer a carreira do técnico Ricardo Gomes, acredito ser uma falta de sensibilidade pensar nisso nesse momento.

Nem diretoria, nem jogadores vão querer outro técnico. O auxiliar Cristóvão Borges vai continuar e ponto final.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Roni dá um tempo no Vila Nova

O técnico Artur Neto decidiu pelo afatamento temporário do atacante Roni. O treinador contou que a intenção é de preservar o jogador.

Decisão sábia. Boa para o time e principalmente para o atleta.

Quase todos do time estão mal. O problema é que Roni raramente jogou bem, mesmo quando o time rendia mais.

Foram 20 jogos, 5 gols, sendo 2 de pênalti. Muito pouco para quem jogou tanto.

Roni não merece passar por isso. Deixar de jogar essa Série B não prejudicará seu currículo.

E se a bola não entra gera a falta de confiança, até de companheiros. É nítido ver que muitas vezes as assistências para o Roni eram evitadas.

As vaias foram justas, o torcedor é sábio. O futebol é assim. Os alvos de vaias, ganham muito mais que outros mortais. Cada risco tem seu preço. Não é porque é ídolo que o torcedor tem que aguentar de tudo.

Roni é um profissional, não joga de graça, não está fazendo favor no Vila. Pode e deve ser cobrado.

Roni diz que torce para o Vila Nova. É verdade, torce mesmo. Mas isso não o deixa em situação diferente a outro atleta. Ele também torceu para todos os times que defendeu, inclusive o Goiás.

Melhor que a decisão foi em comum acordo com o atacante. Nada será traumático. Roni continuará sendo o ídolo que sempre foi e é.

Balanço dos jogos da noite de quarta

Paulinho fez o segundo gol do timão
O returno do Campeonato Brasileiro da Série B começou nesta quarta-feira com muitas emoções.

O Corinthians acabou com a sequência de duas derrotas seguidas e manteve a liderança isolada, com 40 pontos, ao faer 3 a 2, sobre o Grêmio, no Pacaembu.

Enquanto isso, o Vasco, sem Ricardo Gomes, entrou de vez na briga pelo título e assumiu a vice-liderança, com 38 pontos ao bater o Ceará, por 3 a 1.

Quem subiu bem na tabela foi o Botafogo, ao vencer o Palmeiras, por 3 a 1, no Engenhão, chegou aos 37 pontos e saiu de 5º para 3º. Ultrapassou o São Paulo, que perdeu, em pleno Morumbi, para o Fluminense, por 2 a 1, ficando com 35 pontos, em quinto lugar. O Fogão também superou o Flamengo, que perdeu para o Avaí, por 3 a 2, em Florianópolis, que com 36 pontos agora é o 4º.

A rodada ainda apresentou resultados surpreedentes. Em Ipatinga, o Cruzeiro foi surpreendido pelo Figueirense, por 4 a 2. Em Curitiba o Atlético/MG venceu por 1 a 0 o Atlético/PR. Foi a primeira vitória no comando de Cuca.

Em Goiânia o Atlético/GO segue sua reação, chegou a 5ª vitória consecutiva, ao bater o Coritiba por 3 a 1.

E o jogo mais impressionante, foi o empate, por 3 a 3 entre Internacional e Santos. O Peixe perdia por 3 a 0 até os 31 do 2º tempo.

Resultados 20ª rodada:

Quarta-feira

18 horas
Vasco 3 x 1 Ceará
Corinthians 3 x 2 Grêmio

20h30
Cruzeiro 2 x 4 Figueirense
Atlético-PR 0 x 1 Atlético-MG
Atlético-GO 3 x 1 Coritiba

21h50
Avaí 3 x 2 Flamengo
Internacional 3 x 3 Santos
Botafogo 3 x 1 Palmeiras
São Paulo 1 x 2 Fluminense

Quinta-feira
20h30
Bahia x América-MG

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Atlético 3 x 1 Coritiba - Dragão vence a 5ª seguida

Márcio comemora o 1º gol
O Atlético Goianiense emplacou a sua quinta vitória consecutiva neste Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira à noite, ao bater o Coritiba, por 3 a 1, no Estádio Serra Dourada, pela 20.ª rodada.

O goleiro Márcio, Agenor e Anselmo marcaram para o Atlético. Anderson Aquino descontou.

O time paranaense teve mais posse de bola, mas o time goiano foi mais eficiente. Na primeira etapa acertou o travessão duas vezes.

O primeiro gol do Atlético foi de pênalti, convertido pelo goleiro-artilheiro Márcio, aos 33 minutos. Foi o primeiro gol dele no Brasileiro, o 18º na carreira.

No segundo tempo, o Coritiba voltou determinado a empatar. Só que encontrou o Atlético bem mais aplicado na marcação.

Sendo assim, o Atlético chegou ao segundo gol. Após cobrança de escanteio a bola tocou no corpo do volante Agenor, que fez o gol sem querer.

Aos 40, Anderson Aquino descontou para o Coxa.

O Dragão ainda deu o golpe de misericórdia, aos 48 minutos. Anselmo escapou com liberdade, tirou Edson Bastos do lance e tocou para o gol vazio.

Essa nova vitória deixou o Atlético-GO com 28 pontos, em 9º. O Coxa continua com 26 pontos, em 12º.

O Atlético voltará a campo no sábado, diante do Fluminense, no Engenhão, no Rio de Janeiro. O Coritiba vai tentar a reabilitação, em casa, diante do líder Corinthians, domingo à tarde.

ATLÉTICO-GO 3 X 1 CORITIBA
Local: Serra Dourada, Goiânia. Data: 31/8/2011
Horário: 20h30
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: José Chaves Franco Filho (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Gols: Márcio 33'/1ºT, Agenor 18'/2ºT e Anselmo 48’/2T (Atlético);  Anderson Aquino 40'/2ºT (Coritiba)
Renda: R$ 49.945,00. Público: 3.146 pagantes

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Leonardo e Thiago Feltri (Adriano); Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior (Joílson); Juninho (Diogo Campos) e Anselmo. Técnico: Hélio dos Anjos.

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Pereira, Emerson e Lucas Mendes (Maranhão); Willian (Anderson Aquino), Leandro Donizete, Léo Gago e Rafinha; Marcos Aurélio (Everton Ribeiro) e Bill. Técnico: Marcelo Oliveira.

Previsões da 20ª rodada e cartola escalado

Será emocionante a 20ª rodada do campeonato Brasileiro, Flamengo, São Paulo, Vasco e Botafogo têm chances de terminar a rodada tomar a 1ª posição do Corinthians:

Quarta-feira
18h
Vasco x Ceará - Vasco
Corinthians x Grêmio - Corinthians

20h30
Cruzeiro x Figueirense - Cruzeiro
Atlético-PR x Atlético-MG - O Galo Mineiro vai vencer
Atlético-GO x Coritiba - Atlético

21h50
Avaí x Flamengo - Flamengo
Internacional x Santos - Internacional
Botafogo x Palmeiras - Botafogo
São Paulo x Fluminense - Fluminense

Quinta-feira
20h30
Bahia x América-MG - Bahia

Cartola escalado:

UCG TV vai a campo com: Tiago, Léo Moura, Danny Morais, Paulo Miranda e Bruno Cortês; Eduardo Costa, Elkeson e Ronaldinho Gaúcho;  Neymar, Leandro Damião e Dellatorre; Técnico: René Simões.

CBF descumpre as próprias regras para beneficiar o Santos

Santos e Teixeira: Aí tem!
A CBF tomou uma atitude injusta e ilegal, ao adiar, ainda sem data definida, o jogo entre Santos e Botafogo, anteriormente marcada para o dia 4 de setembro, no estádio da Vila Belmiro.

O adiamento do jogo, foi definido pela CBF nesta terça a pedido da diretoria do Santos, que não quer entrar em campo no domingo sem três titulares: Neymar, Paulo Henrique Ganso e Danilo. Eles foram convocados para defender a seleção brasileira no amistoso com Gana na segunda-feira, dia 5, em Londres.

Em uma "paulada só" a CBF descumpriu dois artigos do Regulamento Geral das Competições, um documento redigido por ela mesma.

O Artigo 14 do referido Regulamento é claro: "quaisquer modificações nas tabelas das competições somente poderão ocorrer se autorizadas pela DCO (Diretoria de Competições) e publicada no sítio da CBF em um prazo não inferior a dez dias anteriores à data da programação da partida em foco".

Sobre a convocação de jogadores o parágrafo único do artigo 10 é ainda mais claro: "a eventual convocação de atletas de clubes participantes das competições para as seleções nacionais não assegura o direito de alteração das datas das suas partidas nas competições".

A CBF, comandada por Ricardo Teixeira, o Al-Capone do futebol brasileiro, faz o que o Santos pede.

Desde a final da Libertadores, entre Santos e Peñarol, que deveria ser no Morumbi, deram um "jeitinho" pra ser no Pacaembu.

Adiaram jogos do Brasileiro até para o Peixe comemorar o título da Libertadores.

Com ajuda de Tolói, Barueri vence o Goiás

Foi mal
Com um gol contra do zagueiro Rafael Tolói e outro marcado por Alex Maranhão, em outra falha de Tolói, o Barueri venceu o Goiás, nesta terça-feira, por 2 a 0, na Arena Barueri.

Com o resultado, o Barueri,  já ocupa a 8ª colocação, com 29 pontos, passou o Goiás na classificação, que com 28 pontos é o 9º colocado.

O Barueri era o favorito. Tem um técnicO muito bom, o Estevam Soares, tanto que chega a seis rodadas de invencibilidade na Série B.

Apesar de ter sido um resultado normal, o Goiás mostra falhas em vários setores.

Precisa de reforços para se impôr no campeonato.

Hoje o Goiás, fora de casa, não é favorito contra ninguém. Isso é muito pela grandeza desse clube.

Na próxima rodada, o Grêmio Barueri enfrenta o Bragantino, às 20h30 de sexta-feira, em Bragança Paulista. No mesmo dia e horário, o Goiás recebe o Náutico, no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO BARUERI 2 X 0 GOIÁS

Local: Arena Barueri, em Barueri. Data: 30/08/2011. Horário: 20h30
Árbitro: Marco Mateus Pereira. Assistentes: Adnílson da Costa Pinheiro e Leandro dos Santos Ruberdo
GOLS: Rafael Tolói (contra) 19'/1ºT e Alex Maranhão 3'/2ºT (Grêmio Barueri). Renda: R$ 13.460,00. Público: 4.594 pagantes.

GRÊMIO BARUERI: Juninho; Daniel Marques, Diego Giaretta e Edson Borges; Marcos Pimentel, Alê, Alex Maranhão, Danilo Sacramento (Rodrigo Arroz) e Zé Carlos; Val Baiano (Gil) e Marcelinho (Saldanha). Técnico: Estevam Soares.

GOIÁS: Harlei; Douglas, Ernando, Rafael Toloi e Andrezinho (Marcelo Costa); Marcinho Guerreiro, Carlos Alberto, Alan Bahia e Felipe Amorim (Diniz); Iarley e Wellington (Jonathan). Técnico: Márcio Goiano.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Tentando explicar: Vila Nova toma de 3 em casa

O Vila Nova estreou com a derrota no segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta terça-feira, o time colorado perdeu para o Vitória por 3 a 0, no estádio Serra Dourada.

Os gols da vitória rubro-negra foram marcados por Marquinhos, Lúcio Flávio e Geovanni.

O Vila Nova não jogou nada, foi presa fácil, o zagueiro Augusto entregou dois gols, o esquema com um atacante foi ridículo e o Paulo César machucou de novo.

O menos pior foi o goleiro Michel, com três boas defesas.

Tenho dito: O Vila Nova está com jeito, cara e andado de time que vai cair. Precisa dar uma sacudida.

Precisa contratar e dispensar.

Paulo César e Roni não dão conta mais, chega gente!

Luizinho, emburrado com o clube, é outro que deve ganhar mala.

Artur Neto deve fazer diferente. Vinte rodadas mostram que está não está dando certo.

Que esse clube, comandado por dirigentes omissos e por empresários sem compromisso com o time, tome jeito.

Pronto, falei.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA 0 X 3 VITÓRIA

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia (GO). Data: 30/08/2011. Horário: 20h30
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC). Auxiliares: Claudemir Maffessoni (SC) e Ronieri Costa Alleyen (RO)
GOLS: Marquinhos 7'/1ºT, Lucio Flavio 11'/2ºT e Geovanni 32'/2ºT (Vitória)
Renda: R$ 31.502,00. Público: 4.675 pagantes

VITÓRIA: Fernando; Nino, Alison, Maurício e Felipe; Neto Coruja, Uellinton, Mineiro e Lucio Flavio (Geraldo); Marquinhos (Geovanni) e Neto Baiano (Marcelo). Técnico: Vagner Benazzi.

VILA NOVA: Michel Alves; Luizinho, Augusto, Henrique e Victor Ferraz; Jairo, Ricardinho (Adilson), David e Paulo César (Davi Ceará); Luiz Fernando (Wando) e Roni. Técnico: Artur Neto.

Vila Nova vende Éder Lima e não vende Gil

O zagueiro Éder Lima não é mais jogador do Vila Nova, o atleta de 25 anos foi negociado na noite desta segunda-feira com o Santos.

O time colorado irá receber pela venda do atleta uma quantia de R$ 250 mil pelos 20% que tem direito, o restante do valor será dividido em o grupo de empresários da New Ville, o Vila Nova e a metade será destinada ao pagamento de dívidas do clube com os dirigentes.

Não vai fazer muita falta.

O Vila Nova precisa é de atacante.

Gil

Informação de Wendell Pasquetto da Rádio Jornal: Gil, atacante do Vila Nova, que está emprestado no Barueri, não aceitou o salário oferecido para se transferir para o Qatar. Melou o negócio que estava praticamanete fechado, como a janela fecha amanhã, Gil fica no Barueri e o Vila Nova/New Ville perde uma negociação de 320 mil dólares.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Protestos anti-teixeira na rodada do Brasileirão


A Globo não mostrou.

As torcidas pedem: Fora Ricardo Teixeira!







Balanço da 19ª rodada

198.335 pagantes na “Rodada dos Clássicos”, média de 19.833. Na 19ª, e última rodada do primeiro turno, o Corinthinas se tornou o campeão simbólico do turno, mesmo perdendo para o Palmeiras, por 2 a 1, de virada. A liderança, com 37 pontos, foi mantida, um a mais do que o Flamengo que ficou no zero a zero no duelo com o Vasco da Gama, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Resultados da 19.ª rodada:

Sábado
América-MG 1 x 2 Atlético-GO - Quarta vitória consecutiva do Dragão. Coelho rumo à série B.
Coritiba 1 x 1 Atlético-PR - Falha do goleiro do Coritiba determinou o empate.
Fluminense 1 x 2 Botafogo - O Botafogo foi mais organizado e consciente.

Domingo
Santos 1 x 1 São Paulo - Com um jogador a menos foi um grande resultado para o tricolor paulista.
Palmeiras 2 x 1 Corinthians - O Timão não é mais o mesmo, nos últimos nove jogos, ganhou apenas nove pontos.
Grêmio 2 x 1 Internacional - Time de Celso Roth anulou Leandro Damião, mandou no jogo, mereceu a vitória.
Flamengo 0 x 0 Vasco da Gama - O Vasco mandou no jogo. Bom resultado para o Flamengo.
Ceará 3 x 0 Bahia - Carroça desembestada empurra um bêbado na ladeira.
Figueirense 2 x 3 Avaí - Figueirense chegou a perder um pênalti quando estava vencendo por 1 a 0. Depois vencendo por 2 a 1 permitiu a virada em casa.
Atlético-MG 1 x 2 Cruzeiro - O Galo jogou muito mas o Cruzeiro tem Montillo.