sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Vila Nova: Eduardo Barbosa presidente, Jair Rabelo está de volta

Em votação realizada na noite desta quinta-feira, por aclamação, o empresário do ramo automobilístico, Eduardo Barbosa, foi eleito o novo Presidente Executivo do Vila Nova.

Com 45 votos a favor e 28 contra, o ex-presidente do Vila Nova Paulo Diniz venceu o jovem candidato Hugo Jorge Bravo, e foi eleito para comandar o Conselho Deliberativo do clube.

Na ocasião também foi anunciado o nome de Jair Rabelo, como novo diretor de futebol. Até na segunda-feira será decidido o nome do gerente de futebol, que está entre José Khalil, ex-comentarista e repórter, da Rádio Globo/SP e RedeTV, que teve experiência na área quando gerenciou o time do Grêmio Barueri.

A nova diretoria executiva decidiu também pela renovação de contrato do técnico Roberto Cavalo.

Dois patrocinadores estão definidos e serão anunciados nos próximos dias.

A meta é aproveitar pratas da casa e contratar jogadores bons e baratos. Para um planejamento assim o Jair Rabelo é o nome ideal.

Essa mudança de pensamento e de nomes na direção do Vila é o presságio de dias melhores.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Atlético faz super-promoção para o jogo contra o América

Para o confronto contra o América-MG, domingo, no Serra Dourada, o Atlético irá promover uma promoção no preço do ingresso com o intuito de ajudar crianças carentes.

Os bilhetes custaram R$ 4 na arquibancada e R$ 20 nas cadeiras. Porém, assim como os estudantes com carteirinha, quem levar um brinquedo ou um quilo de alimento não perecível (exceto sal e fubá) para o estádio no dia do jogo, pagaram meia-entrada. Os brinquedos e alimentos arrecadados serão doados para instituições de caridade.

Os ingressos começaram a ser vendidos na próxima sexta-feira.

Preços
Arquibancada - R$ 4
Cadeiras - R$ 20

Dias e horários
Sexta-feira - 9 às 18 horas
Sábado - 9 às 17 horas
Domingo - 9 às 12 horas

Locais
Estádio Antônio Accioly
Dragão Store
Loja Grandes Torcidas

Uma grande promoção, para o jogo que pode dar ao Dragão a classificação para a Copa Sul-Americana.

Obs.: Sem querer ser chato e já sendo, o Atlético deve tomar muito cuidado com esse jogo.

No dia 16 de Novembro de 1997, um domingo, o Vila Nova fez uma promoção, colocou 70 mil pessoas no Serra Dourada, e, o América, de Givanildo Oliveira, ganhou do Vila por 2 a 0.

Em compensação, foi encima do América/MG, em 1990, no dia 9 de dezembro, que o Dragão conquistou o seu primeiro título de campeão Brasileiro da Série C.

STJD aplica punição inédita

O zagueiro Bolívar, do Internacional, foi punido nesta segunda-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com quatro jogos de suspensão, graças à entrada dada no lateral esquerdo Dodô, do Bahia, no duelo entre os dois clubes, realizado no último dia 16 de novembro. Com base no parágrafo três, artigo 254 - jogada violenta - do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o defensor também não poderá atuar no período em que o atleta do Corinthians, emprestado ao clube baiano até o final desta temporada, estiver em recuperação da ruptura do ligamento cruzado.

Inicialmente, o zagueiro deve ficar sem atuar por cerca de seis meses, tempo necessário para que Dodô retorne aos gramados, segundo a previsão dos departamentos médicos de Bahia e Corinthians.

Os advogados do Inter ficaram surpresos.

Surpresos porque a lei foi aplicada.

Pela falta dá pra notar que ficou foi barato:



O artigo:

Art. 254. Praticar jogada violenta:
PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes.
§ 1º Constituem exemplos da infração prevista neste artigo, sem prejuízo de outros: (AC).
I - qualquer ação cujo emprego da força seja incompatível com o padrão razoavelmente esperado para a respectiva modalidade; (AC).
II - a atuação temerária ou imprudente na disputa da jogada, ainda que sem a intenção de causar dano ao adversário. (AC).
§ 2º É facultado ao órgão judicante substituir a pena de suspensão pela de advertência se a infração for de pequena gravidade. (AC).
§ 3º Na hipótese de o atingido permanecer impossibilitado de praticar a modalidade em consequência de jogada violenta grave, o infrator poderá continuar suspenso até que o atingido esteja apto a retornar ao treinamento, respeitado o prazo máximo de cento e oitenta dias. (AC).
§ 4º A informação do retorno do atingido ao treinamento dar-se-á mediante comunicação ao órgão judicante (STJD ou TJD) pela entidade de prática desportiva à qual o atingido estiver vinculado.