Páginas

sábado, 25 de fevereiro de 2012

O descaso com a imprensa esportiva

Levar a informação nos estádios de Goiás não é fácil.

Essa foto mostra profissionais de rádio trabalhando em pé, no jogo Vila Nova X Goianésia. Ao fundo, cinegrafistas trabalhando em um corredor de acesso às cabines. 

Em Goianésia as cabines são minúsculas e calorentas.

Lugar para profissionais da imprensa escrita, praticamente não existe em nenhum estádio em Goiás.

Banheiro feminino, nos setores de imprensa dos estádios é uma raridade.

Não chegou nem a discada, banda larga wireless é um sonho distante.

Se a imprensa fosse unida, só transmitiria onde dessem condições. 

A culpa é de nós mesmos. Não reclamamos. Federação, administrações de estádios e clubes acham que está tudo bem.

4 comentários:

  1. Assino embaixo, André.

    Nossa classe precisa ser mais desunida e reivindicar melhores condições de trabalho. Inclusive, é um absurdo o Vila Nova não ter um assessor de imprensa. Três meses já e nada.

    ResponderExcluir
  2. aliás, precisa ser mais unida. Desunida ela já é.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o André Isac ..... Mais tem rádio e tv que não merece nenhum tipo de respeito. fica a dica

    ResponderExcluir
  4. Que coisa triste.O futebol do Goias precisa se profissionalizar,a começar pela federação.Uma alternativa seria ela mesma colocar condições de participação em campeonatos aos clubes e uma dessas seria infraestrutura,incluindo a imprensa.

    Ao cidadão que colocou que a imprensa nao merece respeito é uma pena que nao de pra atender todas as suas pespectivas ideológicas ou torça para o seu time do coração.Nem tudo é perfeito.Mas como vc ia ter informação e construir seus juízos de valor sem a imprensa?

    ResponderExcluir