Páginas

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Vila atropela a Anapolina

Depois de um apagão de quase uma hora o Vila teve uma noite iluminada.

O Tigrão atropelou a Anapolina, considerada um concorrente direto por uma das vagas à semifinais.

O Patrick, enfim, correspondeu ao esperado ao marcar três, dos quatro gols, da vitória por 4 a 0. Rondinelli completou o placar.

O Vila foi soberano, assim como no jogo contra o Rio Verde, mais uma vez venceu e convenceu.

Uma vitória que dá tranquilidade ao time.

O técnico Vica, que assistia o jogo, era cogitado a substituir o técnico perdedor.

Dito e feito. Luis Carlos Barbieri caiu e Vica deve ser anunciado pela Anapolina nesta quinta-feira.

Na próxima rodada, domingo, o Vila Nova recebe Aparecidense, no Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, ás 17 horas. No mesmo dia e horário a Anapolina visita o Rio Verde, no Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde.

Ficha técnica
VILA NOVA 4X0 ANAPOLINA

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia
Data: 01/02/2012. Horário: 20h30
Árbitro: André Luiz Castro
Assistentes: Cristhian Passos e Gleydson Alves
Gols: Patrick 18’, 41’ e 44’ 1T e Rondinelly 6’ 2T (Vila Nova)
Renda: R$ 14.000,00. Público: 1.028 pagantes.

VILA NOVA: Júlio César; Nêgo, Tiago Irineu (Rafael Pedro), Rafael Vaz e John Lennon (Wanderson); Luis Marques, Evandro, Ricardinho e Rondinelly; Marion e Patrick (Renato). Técnico: Roberto Cavalo.

ANAPOLINA: Edinho; Ismael Santos, Duda, Valnei e Rodrigo Ítalo; Amaral, Juninho Goiano, Simão (Diego Recife) e Guarú; Roni (João Lima) e Thiago Marabá (Rayllan). Técnico: Luiz Carlos Barbieri.

Um comentário: