Páginas

sábado, 3 de março de 2012

Crac 1 x 1 Goiás. Jogador chama o próprio time de "patinho feio"

O Goiás empatou o terceiro jogo consecutivo no Campeonato Goiano. O time alviderde ficou no 1 a 1, contra o CRAC, em Catalão.

A liderança que dura desde o início do campeonato agora está ameaçada, caso o Atlético vença a Aparecidense, amanhã, no Serra Dourada.

O Crac abriu o placar com Danilinho, aos 13 minutos do primeiro tempo.

Mesmo jogando com um homem a mais no final do primeiro tempo e durante toda a etapa final, o Goiás apenas conseguiu empatar aos 28 do 2º tempo, com gol Ramón, de cabeça.

Mesmo sem o volante Márcio César, expulso aos 39 do 1º tempo, o Crac conseguiu fazer um restante de jogo equilibrado.

Ramon, que usou a cabeça para empatar para o Goiás, não usou a cabeça nas entrevistas no final do jogo. Ele minimizou a possibilidade de perder a liderança afirmando que o Goiás é o "patinho feito da competição”.

O técnico colocou a culpa nos jogadores dizendo que há a necessidade de uma "postura diferente".

O Goiás, que encantou a todos no início, agora vive um momento de instabilidade. Aparenta ter chegado ao limite enquanto os outros evoluíram.

O time necessita de reforços para a defesa e principalmente para o ataque.

FICHA TÉCNICA:
CRAC 1X1 GOIÁS

Local: Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão (GO)
Data: 04/03/2012
Árbitro: Wellington Branquinho
Assistentes: Edson Antônio e Bruno Pires
Gols: Danilinho (13/1T); Ramón (28/2T)
Cartão vermelho: Márcio César (CRAC)
Renda: R$ 67140,00. Público: 4641.

CRAC: Donizeti; Dida, Luciano, João Paulo e Marcinho Pit (Josué); Wellington Leão, João Vitor, Mário César e Pablo Munhoz (Rogério Paulista); Toninho (Tiago Sala) e Danilinho. Técnico: Lucho Nizzo.

GOIÁS: Harlei; Peter (David), Rafael Toloi, Ernando e Egidio; Marcos Paulo (Vitor), Alan Bahia, Ricardo Goulart e Ramon; Reis e Marinho (Claytinho). Técnico: Enderson Moreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário