Páginas

segunda-feira, 14 de maio de 2012

De ponta a ponta Goiás conquista o Goianão


Enderson fez a diferença

O Goiás levou a sério o Goianão do início ao fim, e conquistou neste domingo o seu 23º título estadual.

Os outros 22 títulos foram em 1966, 1971 e 1972 (bi), 1975 e 1976 (bi), 1981, 1983, 1986 e 1987 (bi), 1989, 1990 e 1991 (tri), 1994, 1996, 1997, 1998, 1999 e 2000 (penta), 2002 e 2003 (bi), 2006 e 2009, todos na era do profissionalismo. O Goiás desde 1981 não fica mais de 2 anos consecutivos sem ser campeão goiano.

O Atlético é vice-campeão goiano pela 20ª vez. As outras vezes foram em 1945 e 1946, 1948, 1950, 1952 a 1954, 1956, 1958 a 1961, 1967 e 1968, 1972, 1979, 1986 e 1987, 1991, 1996, 2006, 2009 e 2012.

Agora nas decisões diretas de Goianão entre Goiás x Atlético, o Goiás passa à frente (4x3).

O Goiás superou aquele que era o grande favorito antes do início da competição.

O técnico Enderson Moreira montou com jogadores jovens, definiu um esquema de jogo, manteve uma regularidade e teve uma conquista irretocável.

O Atlético, que tinha o melhor elenco, falhou na preparação, teve três técnicos no campeonato e terminou a competição sem um padrão de jogo.

A decisão

O Atlético começou melhor o jogo. Adilson Batista optou por uma escalação mais ofensiva, diferente da retranca que armou na primeira partida.

O Dragão abriu o placar aos 7 minutos, com Bida, de cabeça.

No segundo tempo, o treinador do Atlético tirou um atacante (Diogo Campos) e colocou o lateral Paulinho, Ernandes foi para o meio e o time voltou a ser ofensivo.

O Goiás cresceu no jogo e chegou ao empate, aos 28’ do 2º tempo através do meio-campista Ramon, que assim marcou o gol do título de campeão goiano de 2012.

O lance do gol de Ramon foi bastante contestado pelos Atleticanos, mas a câmera de impedimento da TV Anhanguera mostrou que a posição do jogador era legal.
Lance difícil, acertado pelo bandeira
Foram quatro jogos entre Goiás e Atlético, sendo dois empates e duas vitórias alviverdes.

O campeonato foi conquistado pelo time mais aplicado e pelo técnico mais competente. Foi merecido.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1X1 ATLÉTICO-GO

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 13/05/2012
Horário: 16 horas
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistente: Fabrício Vilarinho (GO) e Édson Antônio (GO)
Renda: R$ 522.789,00
Público:  32.387 pagantes
Cartões Amarelos: Marino, Diogo Campos, Pituca, Rafael Cruz, Paulo Henrique e Gilson (Atlético-GO)
Amaral, Valmir Lucas, Júnior Viçosa e Harlei (Goiás)
Cartão Vermelho: Rafael Cruz 44’ 2T (Atlético-GO)
Gols: Bida 8' 1T (Atlético-GO); Ramon  28' 2T (Goiás)

GOIÁS: Harlei; Peter (Ernando), Rafael Toloi, Valmir Lucas e Egídio ; Thiago Mendes, Amaral, Ramon e Ricardo Goulart; Felipe Amorim (Thiago Humberto) e Iarley (Júnior Viçosa).
Técnico: Enderson Moreira

ATLÉTICO-GO: Roberto; Rafael Cruz, Gilson, Paulo Henrique e Ernandes; Pituca, Marino, Bida (Juninho) e Elias; Felipe (William) e Diogo Campos
Técnico: Adilson Batista


Nenhum comentário:

Postar um comentário