Páginas

domingo, 6 de maio de 2012

Goiás e Atlético empatam na primeira partida da final

Foto: Léo Iran
Atlético-GO e Goiás empataram por 2 a 2, na tarde deste domingo na primeira partida da final do Campeonato Goiano. Ricardo Goulart e Amaral marcaram para os Esmeraldinos. Bida e Elias balançaram as redes para o Dragão.

Duas pessoas destoaram no jogo: O árbitro Paulo César Oliveira e o técnico Adilson Batista.

O treinador do Atlético começou o jogo com uma escalação totalmente surpreendente. Posso também definir como ridiculamente surpreendente. O goleiro Márcio, o volante Marino e o atacante Marcão, contundidos, desfalcaram o time.

Enderson Moreira não inventou. Felipe Amorim, que foi bem no jogo anterior, entrou no time no lugar de Thiago Humberto.

Precisando de vencer Adilson escalou cinco volantes e apenas Felipe de atacante. E o Elias? Aquele que tinha feito quatro gols contra o CRAC... foi para o banco.

Nada, nada, nada mesmo justifica uma escalação dessa forma.

Depois ele fez pior. Diante de um primeiro tempo ruim ele tirou Felipe e colocou Elias. Sacou um atacante, que não estava mal no jogo e colocou um meia. Adilson lançava naquele momento o esquema 4-6-0. Mesmo assim a qualidade técnica dos jogadores do Atlético conseguiu evitar um placar digno do trabalho do treinador.

O Goiás não jogou tudo o que poderia. Não demonstrou, mas com certeza sentiu desgaste por ter jogado na quinta-feira à noite. Teve chance de vencer mas esbarrou na arbitragem de Paulo César Oliveira, que errou em vários lances, na maioria pró Goiás, como um pênalti de Paulo Henrique em Ricardo Goulart no primeiro tempo.

No próximo domingo, o Goiás joga pelo empate para conquistar pela 23ª vez o Campeonato Goiano. Na segunda partida, o Atlético não terá os volantes Fernando Bob e Joilson, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.


Ficha técnica
ATLÉTICO 2X2 GOIÁS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 06/05/2012
Horário: 16 horas
Árbitro: Paulo César Oliveira
Assistentes: Cristhian Passos e Marco Antônio Moreira
Cartões amarelos: Pituca, Fernando Bob, Joilson, Paulo Henrique e Elias (Atlético); Amaral, Iarley, Rafael Toloi e Egidio (Goiás)
Renda: R$ 362.480,00. Público: 18.345 pagantes.

Gols: Ricardo Goulart 6' 1T e Amaral 3' 2T (Goiás); Bida 30' 1T e Elias 6' 2T (Atlético)
ATLÉTICO: Roberto; Rafael Cruz (Diogo Campos), Gilson, Paulo Henrique e Paulinho; Pituca, Joilson, Fernando Bob, Bida (William) e Ernandes; Felipe (Elias). Técnico: Adilson Batista.

GOIÁS: Harlei; Peter, Rafael Toloi, Valmir Lucas e Egídio; Amaral, Thiago Mendes, Ramon e Ricardo Goulart (Marinho); Felipe Amorim (Netinho) e Iarley (Thiago Humberto). Técnico: Enderson Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário