Páginas

domingo, 16 de setembro de 2012

Depois de confusão, goleiro do Joinville é preso e condenado


Após a derrota para o Ceará por 4 a 3, o goleiro Ivan recebeu voz de prisão dentro do estádio e passou por uma audiência nas dependências do estádio Presidente Vargas.

Um policial enquadrou o goleiro por alegações de desacato a autoridade. Ao término da audiência, Ivan recebeu como punição o pagamento de cinco salários mínimos, o equivalente a R$ 3.110,00.

Esse valor terá que ser revertido por Ivan a uma Instituição de Caridade da região de Fortaleza, no Ceará. Após o encerramento dos trâmites jurídicos, o goleiro já se juntou a delegação e retorna para Joinville.

Veja a confusão:


3 comentários:

  1. E o árbitro? Não vai sobrar nada pra ele? ^.~

    ResponderExcluir
  2. Faço a mesma pergunta: E o Árbitro? Nada?

    ResponderExcluir
  3. Sempre ele, Alício Pena Jr. o maior vagabundo da arbitragem no Brasil. Enquanto não houver punições severas e esses canalhas não forem banidos da arbitragem o futebol brasileiro irá a cada dia mais para a cova.

    ResponderExcluir