Páginas

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Goiás consegue efeito suspensivo para jogar em casa


Após perder um mando de campo por causa da utilização de raio laser pela torcida, o Goiás, por meio do seu departamento jurídico, conseguiu um efeito suspensivo e está livre para jogar no Serra Dourada pela Série B.

Na partida entre Goiás e Ceará, pela 22ª rodada, no último dia 4, o árbitro Antônio Denival de Morais (PR) relatou na súmula a utilização de um raio laser na cor verde vindo da torcida do Goiás e que atingiu seus olhos.

O Goiás foi julgado e punido com a perda de um mando de campo e multa de R$ 3 mil. O clube entrou com um recurso e foi concedido um efeito suspensivo. Com isso, o Goiás pode mandar seus jogos no Serra Dourada até que o recurso seja julgado no pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), provavelmente na próxima quinta-feira, no Rio de Janeiro.

O presidente do Goiás, João Bosco Luz, pediu para que o torcedor não tenha esse tipo de atitude e que ajudem a coibir a utilização do raio laser no Serra Dourada. O dirigente explicou sobre o efeito suspensivo concedido ao clube. "O recurso interposto pelo Goiás contra a decisão de perda de mando de campo foi recebido pelo STJD do futebol no efeito suspensivo. Portanto, até o julgamento pelo pleno do STJD do futebol, o Goias continuará jogando no Estádio Serra Dourada", relatou no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário