Páginas

sábado, 13 de outubro de 2012

Conmebol remarca Superclássico, vai dar confusão.


Na quinta-feira, a Conmebol havia confirmado o jogo Argentina X Brasil, para o dia 21 de novembro, em Buenos Aires, na Bombonera.

Mas, na sexta-feira, o diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchez, declarou que ficou sabendo da decisão pela imprensa e que o grupo em nenhum momento foi comunicado ou consultado.

Na semana passada, o Superclássico foi cancelado por falta de energia, na cidade argentina de Resistencia.

A CBF já deixou claro que sequer queria disputar a final e, muito menos, em Resistencia. Depois de muita insistência, os brasileiros aceitaram disputar a partida na capital Argentina. Mas a ideia é de que o jogo ocorreria em 2013.

Essa nova data antecede a penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Aí vem a confusão.

O São Paulo não quer liberar Lucas.

O Santos nem pensa em deixar o Neymar participar desse jogo.

O Inter então, não quer perder o Damião e nem os argentinos Guiñazu e D'Alessandro.

O Palmeiras vai querer liberar o Barcos?

Tite, técnico do Corinthians, tomou um susto quando ficou sabendo a notícia.

E por aí vai, com Atlético/MG, Fluminense, Grêmio...

Talvez o Cruzeiro, que não está disputando nada não se importe em liberar o Montillo.

E agora?

A solução é não ter jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário