Páginas

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Dia de decisão, Crac pode chegar à final da Série D

Crac, em busca de mais uma estrela
Nesta sexta-feira, às 20h30, o Crac recebe o Mogi Mirim no estádio Genervino Fonseca, em Catalão, pelo segundo jogo da semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro.

A primeira partida, disputada em Mogi Mirim, acabou empatada em 1 a 1. Graças ao gol marcado fora de casa, o Crac joga por um empate sem gols para conseguir chegar à primeira final de Série D em sua história. Para conseguir o feito inédito, o time conta com seu bom retrospecto como mandante: nesta Série D, ainda não perdeu em seu estádio.

Apesar do bom passado, o técnico Zé Roberto terá problemas para armar sua equipe. O lateral-esquerdo Amarildo recebeu o terceiro amarelo no jogo de ida e está suspenso. A tendência é que João Vitor entre em seu lugar.

A provável escalação do Crac para a semifinal será: Donizete; Guerra, Emerson, Fábio Paulista e João Vitor; Pedrinho, Mario César, Zé Neto e Juninho; Nino Guerreiro e Reinaldo.

Para chegar à final, o Mogi Mirim terá que quebrar uma sequência negativa da equipe, já são quatro jogos sem vencer. Para isso, o técnico Luis Simplício contará com as voltas de três jogadores: o zagueiro Maurão, o volante João Paulo e o atacante Nando. O único possível desfalque é o zagueiro Luis Gustavo, que sentiu dores musculares durante a semana. Se ele não puder jogar, será substituído por Suélinton.

Com isso, a escalação que deve começar jogando pelo Mogi é: Alex Alves; Moreilândia, Luis Gustavo (Suélinton), Maurão e Piauí; Val, Juninho, João Paulo e Roni; Itallo e Nando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário