Páginas

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Goiás escapa de perda de mando de campo


O Goiás teve que ir a julgamento no STJD mais uma vez na tarde desta quinta-feira, na Quinta Comissão Disciplinar. Desta vez o time goiano foi denunciado pela confusão na arquibancada e por objetos atirados em campo na partida contra o Atlético-PR, no último dia 15 de setembro, no Serra Dourada, em Goiânia. O clube poderia ter medido mandos de campo, mas foi apenas multado em R$ 10 mil.

O clube foi denunciado por infração ao artigo 213, incisos I e III, do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), na forma do artigo 184, e respondeu por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto; lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo".

A denúncia incluía três infrações cometidas pelo Goiás com a multa máxima de R$ 300 mil somadas as três punições e poderia ter perdido até 10 mandos de campo. No entanto, a comissão disciplinar votou pela multa de R$ 10 mil.

O Goiás perdeu um mando de campo pela utilização de um raio laser por parte da torcida no jogo contra o Ceará, mas o departamento jurídico do clube goiano conseguiu um efeito suspensivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário