sábado, 11 de fevereiro de 2012

Vila joga bem mas perde para o Atlético

O jogo foi surpreendente.

O Vila jogou muito mais do que o esperado e o Atlético esteve abaixo da média.

O Tigrão dominou, teve os melhores momentos, mas perdeu a partida.

Nos pés de Patric, em duas oportunidades, e de Diego em outro lance, o Vila teve chances de abrir o placar.

O gol da vitória do Atlético saiu aos 17 minutos do segundo tempo. Quando o meio-campista Bida se preparava para deixar a partida e ser substituído, Hélio dos Anjos optou por deixá-lo em campo para cobrar a falta, de longe, com pouca força, no canto esquerdo de Júlio César que aceitou uma bola que era defensável.

A equipe Atleticana, com a vitória, chegou aos quinze pontos e permanece na segunda posição. Já o Vila Nova tem sete pontos e continua na sexta colocação.

Ao final do jogo, o presidente do Vila Nova, Eduardo Barbosa, anunciou a efetivação de Robélio Cavalinho, irmão do técnico Roberto Cavalo, no cargo de treinador.

Pelo que jogou hoje, vale a pena tentar. Apesar de não ser o ideal.

O Atlético, apesar da vice-liderança, está muito longe do que é esperado pelo investimento feito.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Morrinhos, quarta-feira, às 20h30, no Serra Dourada. Já o Vila Nova, recebe o Goianésia, no dia 22 de fevereiro, às 22 horas, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Ficha técnica
VILA NOVA 0X1 ATLÉTICO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 11/02/2012. Horário: 17 horas
Arbitragem: Elmo Resende
Assistentes: Cristhian Passos e Bruno Pires
Gol: Bida 17’ 2T (Atlético)
Renda: R$ 48. 685,00. Público: 3. 169 pagantes.

VILA NOVA: Júlio César, Nêgo, Rafael Vaz, Thiago Irineu e John Lennon; Luiz Marques (Wescley), Evandro (Rafael Pedro), Ricardinho e Diego (Daniel); Patrick e Rafael Carioca. Técnico: Cavalinho.

ATLÉTICO: Márcio, Rafael Cruz, Gilson, Paulo Henrique e Ernandes; Pituca, Marino, Bida (Joilson) e Elias (Thiaguinho); Juninho (Marcão) e William. Técnico: Hélio dos Anjos.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Vila Nova pode contratar Uidemar


Uidemar Pessoa de Oliveira, o Uidemar, ex-jogador do Goiás, Flamengo e Seleção Brasileira, pode ser anunciado a qualquer momento como novo técnico do Vila Nova.

Como técnico de futebol, Uidemar já trabalhou nas categorias de base do Goiás, no Morrinhos, no Penarol/AM e por último no Nacional de Manaus.

Uidemar pediu demissão do clube amazonense na manhã desta quinta-feira. No Nacional Uidemar estava muito bem, com moral, invicto, na vice-liderança e vindo de vitória contra o Fast, no maior clássico local, na última quarta-feira.

O motivo do pedido de demissão foi uma proposta recebida.

Enquanto Uidemar deixava a cidade de Manaus, Gilmar Pessoa, empresário e irmão do técnico se reunia com André Goiano, diretor do departamento amador, que já está substituindo Jair Rabelo na direção do futebol profissional.

A diretoria do Vila não admite mas André Goiano será, mesmo que de forma não oficial, o responsável pelo departamento de futebol profissional do Vila Nova.

Uidemar é trabalhador, inteligente e determinado. Não tem o currículo que muitos esperam para um treinador do Vila. Mas pode fazer um bom trabalho. É, também, o que o Vila pode pagar.

Bolão com Bola: Apostas liberadas para a 7ª rodada

Bolão com Bola
Regulamento

1- Qualquer pessoa poderá participar do Bolão com Bola, postando os palpites em forma de comentário/pitaco na postagem correspondente às apostas da rodada no Blog do André Isac.

2- O participante deverá informar o nome completo e e-mail para contato.

3- As apostas se encerrarão até duas horas antes do início de cada rodada. Comentários/Pitacos postados fora do horário serão desconsiderados.

4- A pontuação dos participantes será feita em função de seus prognósticos para o resultado e o placar das partidas, conforme abaixo. Por resultado entende-se a indicação de vitória/derrota deste ou daquele time (incluindo-se o tempo regulamentar e excluindo a prorrogação e a disputa de pênaltis, quando houver). A pontuação dos acertos será feita a partir dos seguintes critérios não acumulativos:

Apostando que a partida terá um vencedor:

        Acerto do placar exato - 25 pontos.
        Acerto do escore do time vencedor - 18 pontos.
        Acerto da diferença de gols entre o vencedor e o perdedor - 15 pontos.
        Acerto do escore do time perdedor - 12 pontos.
        Acerto apenas do time vencedor - 10 pontos

Apostando que a partida terminará empatada:

        Acerto do placar exato - 25 pontos.
        Acerto do empate não exato - 15 pontos.

5- Quem fizer mais pontos será considerado vencedor e receberá através de email as instruções para retirar a bola na Mil Esportes.

6- Em caso de empate:

Serão considerados, para fins de desempate os seguintes critérios, na respectiva ordem:

        O maior número de acertos de placar em cheio;
        O maior número de acertos do escore do vencedor;
        O maior número de acertos da diferença de gols;
        O maior número de acertos do escore do perdedor;
        O maior número de acertos dos vencedores;
        A maior antecedência dos palpites.

Apostas liberadas

As Apostas estão liberadas para a 7ª rodada. Fechamento das apostas para todos os jogos da rodada, no dia 11 de Fevereiro, sábado, às 15:00.

7º Rodada

Sábado 11/02

Vila Nova X Atlético
Domingo 12/02

CRAC X Rio Verde
Goianésia X Goiás
Itumbiara X Anapolina
Morrinhos X Aparecidense

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Cavalo sai, Cavalinho assume Vila no clássico

Roberto Cavalo não é mais o técnico do Vila Nova-GO. O treinador aceitou uma proposta do Oeste-SP e será apresentado na próxima sexta-feira no clube do interior paulista. Já no domingo ele deve comandar pela primeira vez a equipe de Itápolis.

Roberto assinou com o Oeste para assumir o posto deixado por Estevam Soares, demitido na última segunda-feira.

O presidente do Vila bancou a permanência de Cavalo contra a opinião de Jair Rabelo. O diretor de futebol saiu por esse motivo.

Roberto largou o presidente na "chapada".

O irmão e auxiliar do treinador, Robélio Cavalinho, comandará o Tigrão, no clássico contra o Atlético-GO, neste sábado, no Serra Dourada.

A saída de Roberto Cavalo pode ser boa para o Vila Nova. O técnico já estava desgastado com a torcida e conselheiros.

Se Jair Rabelo esperasse dois dias ainda estaria empregado.

Bolão com Bola: Ganhador da 6ª rodada e Top 10


Com 52 pontos, Rodrigo Menezes, foi o ganhador do Bolão com Bola da 6ª rodada.

Apostas de Rodrigo Menezes:

Anapolina 2x0 Goianésia
Aparecidense 1x2 Atlético 12
Goiás 2x1 CRAC 25
Itumbiara 1x1 Vila Nova 15
Rio Verde 2x1 Morrinhos

Total: 52 pontos

Top 10:
  1. Rodrigo Menezes 52
  2. Igor Teles 49
  3. João Carlos Crivelari 47
  4. Vanivaldo Avelar 45
  5. Igor Guimarães 42
  6. Douglas Henrique 42
  7. Rodrigo 39
  8. Fernando Vale 37
  9. Felipe Carvalho Lima 37
  10. Rodrigo Carvalho 35


Mais Esportes - Gols da 6ª rodada do Goianão

Morrinhos vence mais uma e entra no G4

Quando o técnico Júnior Pezão assumiu, o Morrinhos era o penúltimo colocado do Campeonato Goiano.

No domingo, o Morrinhos venceu o Itumbiara, de virada. E nesta quarta-feira o time venceu fora de casa o Rio Verde por 2 a 1, e já está no G-4 do Goianão.

Com os três pontos, o Morrinhos é o quarto colocado, com oito pontos, e saldo de gols melhor que a Aparecidense, que tem a mesma pontuação. Já o Rio Verde continua a sua sina. O Verdão do Sudoeste é o lanterna da competição, com apenas dois pontos, e nenhuma vitória.

O meia Rodriguinho foi o destaque do Tricolor dos Pomares, ao marcar os dois gols da equipe. Para não deixar o costume, o Rio Verde fez o seu com o atacante Nonato, que agora se junta a Marcão na artilharia do campeonato, com cinco gols.

Para aumentar a emoção, nos últimos 20 minutos o Morrinhos jogou com um a menos depois da expulsão de Marcelo Lanza.

Na próxima rodada o Morrinhos faz um confronto direto diante da Aparecidense, no estádio João Vilela, neste domingo, às 17h. O Rio Verde vai até Catalão enfrentar o Crac, no estádio Genervino da Fonseca.

Ficha técnica
RIO VERDE 1X2 MORRINHOS

Local: Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Data: 08/02/2012. Horário: 20h30.
Árbitro: Cléber Vaz. Assistentes: Márcio Soares e Valdir dos Anjos
Gols: Nonato 44’ 1T (Rio Verde); Rodriguinho 16’ e 33’ 1T (Morrinhos)
Renda; R$ 18.725,00. Público: 2.007 pagantes

RIO VERDE: Wagner Bueno; Marcelo Goiano, Jaime, Carlão e Paulo César; Léo Mineiro, Geovane, Juninho, Keninha (Danilo); Felipe Gaúcho (Raylson) e Nonato. Técnico: Artur Neto.

MORRINHOS: Leonan; Da Silva, Rafael Oleosa, Saul, Vinicius Zaqui e Marcelo Lanza; Vanderson, Alexandre (Regis), Rodriguinho (Giovani) e Juninho Paraíba; Sidney. Técnico: Junio Pezão

Goiás vence o Crac e atinge marca histórica

Foi difícil, mas o Goiás venceu o Crac por 2 a 1 e se manteve com 100% de aproveitamento no Goianão.

Com a vitória, a equipe esmeraldina igualou as marcas de 1978 e 2004, quando venceu os seis primeiros jogos da temporada.

O Verdão mandou no primeiro tempo e abriu o placar aos 18 minutos, David cobrou falta e o volante Amaral abriu o placar de cabeça, 1 a 0 Goiás. Foi o quarto gol do jogador no Campeonato.

Mesmo jogando melhor, aos 28 minutos, o Goiás tomou o gol de empate. O atacante André Leonel recebeu passe entre os zagueiros Ernando e Valmir Lucas, avançou pela área e chutou com precisão, sem chances para Harlei, 1 a 1.

André Leonel chegou a cinco gols e divide agora a artilharia do Campeonato Goiano ao lado de Marcão, do Atlético-GO.

No segundo tempo o Goiás fez dois gols para valer um.

No primeiro lance, Vítor cruzou para Reis, que cabeceou com firmeza no travessão. No rebote, o próprio atacante finalizou em cima de Donizetti. O arqueiro defendeu a bola dentro do gol. O auxiliar Hederson Leão não percebeu que a bola ultrapassou totalmente a linha do gol.

No segundo lance, aos 45 minutos, o lateral Egídio cruzou para a área do Crac. Em lance confuso, a bola bateu no ombro do centroavante Reis e foi para o gol, 2 a 1 Goiás.

Com o resultado, o Goiás chegou aos 18 pontos e se manteve seis pontos à frente do Atlético-GO, na liderança do Goianão. O Crac está em sétimo lugar, com sete pontos.

GOIÁS X CRAC

Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia.
Árbitro: Leandro Cardoso. Assistentes: Evandro Gomes Ferreira e Hederson Leão.
Público: 1.467 pagantes. Renda: R$ 18.090,00.
Gols: Amaral e Reis (Goiás); André Leonel (Crac).

GOIÁS: Harlei; Vítor, Ernando, Valmir Lucas e Egídio; Alan Bahia, Amaral, David (Marinho) e Ricardo Goulart (Thiago Humberto); Iarley (Reis) e Felipe Amorim. Técnico: Enderson Moreira.   

CRAC: Donizetti; Dida, João Paulo, Luciano e Marcinho Pit; Wellington Leão, Henrique, Thiago Carpini (Rogério Paulista) e Clayton (Fábio Nunes); Danilinho e André Leonel (Josué).    Técnico: Lucho Nizzo

Anapolina perde em casa para o Goianésia

A Anapolina é, sem dúvida, a grande decepção do Campeonato Goiano até agora.

A Rubra conseguiu perder em casa, de virada, na noite desta quarta-feira, no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, para o Goianésia por 2 a 1.

O atacante Roni, em cobrança de pênalti fez para o time colorado, enquanto Diego e Peri fizeram os gols do Azulão do Vale.

Com o resultado, a Anapolina continua com cinco pontos, na zona de rebaixamento, ocupando a 9ª colocação.

Na próxima rodada, a Anapolina tenta a recuperação contra o Itumbiara, no Estádio JK, domingo, ás 17 horas.

Já o Goianésia chegou aos sete pontos e subiu para a oitava posição. Na sétima rodada recebe o Goiás, domingo (12), ás horas, no Estádio Valdeir de Oliveira, em Goianésia.

Ficha técnica
ANAPOLINA 1X2 GOIANÉSIA

Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis
Data: 08/02/2012. Horário: 20h30.
Árbitro: Breno Souza. Assistentes: João Patrício e Leone Carvalho
Gols: Roni 35’ 1T (Anapolina); Diego 11’ e Peri 45’ 2T (Goianésia)
Renda: R$ 63.857,50. Público: 4.213 pagantes.

ANAPOLINA: Edinho (Lauro); Simão Paraná, Duda, Ismael Santos e Rodrigo Ítalo; Amaral (Diogo Galvão), Juninho Goiano, Emerson Cris, Gilmar Baiano e Guaru; Roni. Técnico: Vica.

GOIANÉSIA: Reinaldo; Acácio, Jefferson, Júnior Soares (Peri), Roni e Maninho; Lê, Zé Neto, Diogo Marzagão e Diego (Marquinhos); Sandro Goiano (Cris). Técnico: Nivaldo Lancuna

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Vila joga bem e empata com o Itumbiara

O Vila Nova, montado por Jair Rabelo, sem Jair Rabelo, jogou bem, criou as melhores chances e empatou com o Itumbiara, em 0 a 0, na noite desta quarta-feira em Itumbiara.

O Vila mandou no primeiro tempo, mandou duas bolas na trave, com Patrick e Rondinelly.

Na etapa final só deu Itumbiara e o goleiro do Vila, Júlio César, fez a diferença em dois lances.

Atuações à parte, o resultado foi ruim para os dois times. O Vila é o sexto colocado, com sete pontos, apenas dois a mais que a Anapolina, time que abre a zona de rebaixamento. O Itumbiara ainda é o terceiro, com dez pontos, mas não vence a dois jogos.

Na próxima rodada o Vila faz o clássico contra o Atlético-GO, neste sábado, às 17h, no estádio Serra Dourada. O Itumbiara recebe a Anapolina, novamente no estádio JK, às 17h do próximo domingo.

Ficha técnica:

Itumbiara 0 x 0 Vila Nova

Local: Estádio JK, em Itumbiara.
Árbitro: Wellington Branquinho Assistentes: Fabrício Vilarinho e Joaquim André.
Público: 20.085 pagantes. Renda: R$ 302.550,00.

Galatto; Wagner Diniz, Micão, Edson Borges e Chiquinho; Mancuso, Zé Luis, Marcinho (Rodrigo Pardal) e Marcus Vinícius (Erick Flores); Lins e Landu (Jaime). Técnico: Roberto Fonseca.    

Júlio César; Nêgo, Rafael Vaz, Tiago Irineu e John Lennon; Luis Marques, Evandro, Ricardinho e Rondinelly (Rafael Carioca); Marion (Daniel) e Patric (Cairo). Técnico: Roberto Cavalo.

   

Dragão atropela a Aparecidense

O Atlético teve, enfim, uma noite de time de Série A. No jogo que marcou o fim dos rodízios de jogadores o Dragão entrou em campo com o que tinha de melhor.

Hélio dos Anjos colocou em campo a escalação que deveria ter colocado contra o Goiás.

Em uma vitória para lavar a alma o Atlético foi à Aparecida de Goiânia e venceu por 6 a 1 a Aparecidense, proporcionando a maior goleada do Goianão 2012.

O primeiro gol foi aos 20 minutos do primeiro tempo, o goleiro Márcio marcou de falta. 1 a 0.

Aos 22, o atacante William fez o segundo gol do jogo e o primeiro dele com a camisa rubro-negra. 2 a 0.

Aos 30, William fez o terceiro.

Ernandes, aos 35 minutos, em jogada individual, marcou o quarto gol da partida. 4 a 0.

O segundo tempo, aos seis minutos, Ernandes fez pênalti, Zé Carlos cobrou para a Aparecidense e Márcio fez a defesa.

Bruno Aquino, aos 18 minutos, acertou um chutaço de longa distancia e diminuiu para a Aparecidense. 4 a 1.

Aos 19 minutos, Bida marcou o quinto gol do Atlético.

E para fechar, aos 24 minutos, Gilson fez o sexto. 6 a 1.

Com a vitória o Atlético permanece na segunda colocação com 12 pontos. Sábado, enfrenta o Vila Nova no estádio Serra Dourada. A Aparecidense caiu para a sexta posição, com oito pontos, na próxima rodada enfrenta o Morrinhos, no João Vilela.

FICHA TÉCNICA:
APARECIDENSE 1 X 6 ATLÉTICO

Local: Estádio Anibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO)
Data: 08/02/2012. Horário: 20h30
Árbitro: Roberto Giovanny
Assistentes: Edson Antônio e Guimarães Ribeiro
Gols: William (2), Bida, Ernandes, Gilson e Márcio (Atlético-GO); Bruno Aquino (Aparecidense)

APARECIDENSE: Maycki; Johnathan, Carlão, Pedro e Zé Carlos; Geovane, Renato Xavier, Robert (Marabá) e Leonardy; Guilherme (Bruno Aquino) e Alex Dias (Alysson). Técnico: Wladimir Araújo

ATLÉTICO: Márcio, Rafael Cruz, Gilson, Leonardo, Ernandes, Pituca, Marino, Bida (Fernando Bob), Elias; William (Marcão) e Diogo Campos (Juninho). Técnico: Hélio dos Anjos

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Marcão critica esquema de jogo de Hélio dos Anjos

Marcão, artilheiro do Campeonato Goiano, com cinco gols, no clássico contra o Goiás praticamente não teve chances de gol.

O jogador não poupou críticas ao esquema de jogo utilizado pelo técnico Hélio dos Anjos:

“Foi até pelo esquema que a gente jogou com quatro volantes. Tivemos posse de bola, mas não criamos.”

“É um esquema para ser esquecido." Completou o jogador.

Agora resta saber como Hélio dos Anjos vai digerir essas declarações.

Marcão foi sincero.

Goiás vende Rafael Tolói


Agora é oficial. O zagueiro Rafael Tolói foi negociado. Foi vendido para um grupo de investidores espanhóis.

O jogador está de malas prontas para Porto Alegre e vai para o Internacional.

Rafael Tolói até se despediu do elenco, da comissão técnica, de alguns funcionários e não treinou.

Os valores e demais detalhes da negociação ainda não foram revelados pela diretoria.

O zagueiro pode até fazer falta, mas o dinheiro nesse momento é mais interessante para o Goiás.

Bom para o clube melhor ainda para o jogador.

CBF anuncia mudança na Série C


A CBF anunciou nesta terça-feira, dia 7 de fevereiro, mudança no sistema de disputa do Brasileiro da Série C a partir deste ano de 2012. Ao invés da formação de 4 grupos de 5 times na 1ª Fase da competição, que representava a realização de apenas 8 jogos para cada time, agora serão 2 Grupos de 10 times, totalizando 18 jogos para cada equipe na Fase inicial do mesmo.

Classificar-se-ão os 4 primeiros colocados de cada um dos 2 grupos, totalizando 8 times nas Quartas-de-Final, fase em que se define o acesso à Série B, 4 na Fase Semifinal e por fim os 2 finalistas que decidem o título da competição, que começará no dia 27 de maio, o último domingo do 5º mês do ano, estendendo-se até o dia 18 de novembro, com jogos somente nos finais de semana.

Uma outra novidade promete aumentar ainda mais o nível técnico da competição. A partir deste ano, os clubes da Série C receberão grande suporte financeiro da CBF, o que permitirá a eles investir e planejar melhor na montagem dos seus elencos. Na prática, a entidade vai pagar o deslocamento das equipes para até 25 pessoas na delegação, estada, alimentação, além de todas as despesas relativas à arbitragem.


Jair Rabelo pede demissão do Vila Nova

Jair Rabelo não é mais diretor de futebol do Vila Nova.

Ele pediu demissão alegando principalmente ingerência no seu trabalho.

Contratações perdidas por dirigentes que anteciparam notícias para a imprensa.

Relacionamento desgastado com o técnico Roberto Cavalo.

A gota d'água foi a decisão do presidente Eduardo Barbosa de manter o técnico mesmo que o Vila perca os dois próximos jogos.

Outro fator teria contribuído, Roberto Cavalo teria tratado rispidamente o ex-jogador Tim que é auxiliar do departamento de futebol.

Conselheiros e pessoas ligadas ao futebol teriam aconselhado Jair: "Saia enquanto é tempo..."

Opinião

Ruim com o Jair, pior sem ele. O presidente do Vila não poderia desprestigiar o seu diretor em detrimento de um técnico que não faz um bom trabalho.

Jair era o único que entedia de futebol no Vila.

André Goiano, que sempre quis o cargo de Jair, deve ser o novo diretor de futebol.

Do jeito que está, se não mudar muita coisa, Eduardo Barbosa não chega no Campeonato Brasileiro da Série C.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Bolão com Bola: Apostas liberadas para a 6ª rodada

Bolão com Bola
Regulamento

1- Qualquer pessoa poderá participar do Bolão com Bola, postando os palpites em forma de comentário/pitaco na postagem correspondente às apostas da rodada no Blog do André Isac.

2- O participante deverá informar o nome completo e e-mail para contato.

3- As apostas se encerrarão até duas horas antes do início de cada rodada. Comentários/Pitacos postados fora do horário serão desconsiderados.

4- A pontuação dos participantes será feita em função de seus prognósticos para o resultado e o placar das partidas, conforme abaixo. Por resultado entende-se a indicação de vitória/derrota deste ou daquele time (incluindo-se o tempo regulamentar e excluindo a prorrogação e a disputa de pênaltis, quando houver). A pontuação dos acertos será feita a partir dos seguintes critérios não acumulativos:

Apostando que a partida terá um vencedor:

        Acerto do placar exato - 25 pontos.
        Acerto do escore do time vencedor - 18 pontos.
        Acerto da diferença de gols entre o vencedor e o perdedor - 15 pontos.
        Acerto do escore do time perdedor - 12 pontos.
        Acerto apenas do time vencedor - 10 pontos

Apostando que a partida terminará empatada:

        Acerto do placar exato - 25 pontos.
        Acerto do empate não exato - 15 pontos.

5- Quem fizer mais pontos será considerado vencedor e receberá através de email as instruções para retirar a bola na Mil Esportes.

6- Em caso de empate:

Serão considerados, para fins de desempate os seguintes critérios, na respectiva ordem:

        O maior número de acertos de placar em cheio;
        O maior número de acertos do escore do vencedor;
        O maior número de acertos da diferença de gols;
        O maior número de acertos do escore do perdedor;
        O maior número de acertos dos vencedores;
        A maior antecedência dos palpites.

Apostas liberadas

As Apostas estão liberadas para a 6ª rodada. Fechamento das apostas para todos os jogos da rodada, no dia 8 de Fevereiro, domingo, às 18:30.

Quarta-feira 08/02

Anapolina X Goianésia
Aparecidense X Atlético
Goiás X CRAC
Itumbiara X Vila Nova
Rio Verde X Morrinhos

Bolão com Bola: Top 10 e ganhador da 5ª rodada

Com 50 pontos, Gustavo Carvalho, foi o ganhador do Bolão com Bola da 5ª rodada. João Carlos Crivelari também fez 50 pontos, mas Gustavo venceu porque acertou dois placares em cheio, obedecendo o primeiro critério de desempate.

Aposta de Gustavo Carvalho:

Atlético 0X1 Goiás - 25 pontos
Goianésia 0X2 CRAC - 25 pontos
Morrinhos 1X3 Itumbiara
Rio Verde 1X3 Anapolina
Vila Nova 2X1 Aparecidense
Total: 50 pontos

Aposta de João Carlos Crivelari:

Atlético 2 X 4 Goiás - 10 pontos
Goianésia 0 X 2 CRAC - 25 pontos
Morrinhos 0 X 2 Itumbiara
Rio Verde 2 X 2 Anapolina - 15 pontos
Vila Nova 2 X 0 Aparecidense
Total: 50 pontos
Top 10:

  1. Gustavo Carvalho - 50
  2. João Carlos Crivelari - 50
  3. Catel Jr - 43
  4. Maxiley Antonio Vieira - 43
  5. Igor Teles - 40
  6. jean vitor teixeira - 40
  7. Douglas Santos Siqueira - 40
  8. Onofre da Costa Abreu Netto - 40
  9. Rangel Viana dos Santos - 37
  10. Felipe Carvalho Lima - 33

Cavalo admite erro contra a Aparecidense

Foto do grupo Tigrãoface postada pelo torcedor Leandro Cardoso
Como explicar a derrota do Vila Nova?

Vamos fazer a seguinte reflexão:

As melhores atuações do Vila foram nas goleadas contra o Rio Verde e a Anapolina, times que empataram ontem.

Rio Verde e Anapolina também empataram com a Aparecidense.

Dentro desse raciocínio o Vila não é tão ruim a ponto de tomar aquele sacode da Aparecidense.

Cada jogo tem uma história, mas tudo tem um sentido de lógica.

E quem foi o culpado?

Na minha opinião foi o próprio técnico que admitiu ter errado na escalação e colocou em campo um time confuso e desorganizado.

Roberto Cavalo disse que errou ao escalar um jogador que ele não conhecia.

Segundo o técnico, John Lennon saiu para a entrada de Wanderson porque foi vaiado pela torcida.

Que lambança... Essa foi para esconder a cara em qualquer canto.

Roberto Cavalo está desgastado, acomodado com as derrotas, não transmite vibração e não faz um bom trabalho.

Um novo técnico seria melhor para o Vila.

Hélio errou no clássico

Hélio dos Anjos errou no clássico contra o Goiás.

A escalação e as substituições não deram certo.

O treinador atleticano poderia ter feito o simples. Elias no ataque e quatro volantes foi diferente de tudo que o Atlético fez até agora em 2012.

Hélio, talvez, tenha tentado dar o "pulo do gato", colocando um esquema que deu certo algumas vezes na Série A no ano passado. Mas agora a história era totalmente diferente.

Tudo bem em escolher o Marcão, mas deixar Diogo Campos no banco, Bida de meia e Elias improvisado na frente foi de doer.

Com a escalação feita, Hélio chamou a responsabilidade pra ele.

Se não inventasse, seria mais difícil, mas poderia até perder do mesmo jeito. Só seria menos cobrado nesse momento.

Enderson, o técnico esmeraldino, fez o básico, manteve o que estava dando certo, talvez tenha sido surpreendido, pois ninguém esperava um Atlético com tanto medo de jogar.

Mais Esportes: Gols da 5ª rodada do Goianão 2012

Atlético 0 x 1 Goiás, ninguém segura o Verdão

O Goiás venceu o Atlético-GO, por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Serra Dourada, e disparou na liderança do Campeonato Goiano.

O Verdão chegou a cinco vitórias em cinco jogos. Líder com 15 pontos o Goiás tem uma vantagem de seis pontos sobre o vice-líder, o Atlético, que tem nove.

O gol da vitória esmeraldina foi marcado no segundo tempo pelo meio-campista Ricardo Goulart.

O Atlético foi melhor em boa parte do jogo, teve mais posse de bola e menos objetividade.

O Goiás vem "dançando conforme a música", preparou um esquema defensivo de acordo com o Atlético e venceu o jogo.

Junto com os 100%, vale lembrar que o Goiás já passou pelas partes mais difíceis do turno, o Itumbiara e o Goiás.

A derrota não pode desesperar o Atlético, esse time tem mais futebol para mostrar.

Na próxima rodada o Goiás encara o Crac, no estádio da Serrinha, nesta quarta-feira, às 22 horas. O Atlético vai enfrentar a Aparecidense, em Aparecida, também na quarta-feira, às 20h30.

Ficha técnica
ATLÉTICO 0X1 GOIÁS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia
Data: 05/02/2012. Horário: 17 horas
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistentes: Fabrício Vilarinho e Márcio Soares
Gol: Ricardo Goulart 17’ 2T (Goiás)
Renda: R$ 260.430,00. Público: 11.155 pagantes.

ATLÉTICO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Gabriel (Paulo Henrique) e Hernandes; Joilson (Diogo Campos), Pituca, Marino, Bida (Thiaguinho) e Elias; Marcão. Técnico: Hélio dos Anjos.

GOIÁS: Harlei; Vitor, Ernando, Rafael Toloi e Egidio; Amaral, Alan Bahia (Valmir Lucas), Ramon (David) e Ricardo Goulart (Thiago Mendes); Felipe Amorim e Iarley. Técnico: Enderson Moreira

Vila perde em casa para a Aparecidense

Com o Vila Nova ou é 8 ou 80.

Ou ganha bonito, ou perde feio.

Desde Abril do ano passado que o time não vence duas seguidas.

O Vila Nova tomou um baile, em pleno Onésio Brasileiro Alvarenga, ao perder para a Aparecidense por 3 a 1.

Roberto Cavalo tomou um "nó tático" do técnico Wladimir Araújo.

O próprio treinador do Vila admitiu erro na escalação.

Em alguns momentos parecia que a Aparecidense tinha dois ou três jogadores a mais.

O tropeço é inadimissível pela importância do jogo, com o resultado a Aparecidense entrou no G4 e ocupa o quarto lugar com oito pontos, no lugar do Vila Nova que caiu para a sexta posição, com seis pontos.

Os gols da Aparecidense foram marcados por Geovane, Zé Carlos (pênalti) e Bruno Aquino, o meio-campista Evandro descontou para o Tigrão.

O Vila agora terá complicações para se recuperar, na próxima rodada, o Vila Nova encara o Itumbiara, quarta-feira, no Estádio JK, em Itumbiara, ás 20h30. No sábado o Vila enfrentará, nada mais, nada menos, do que o Atlético.

Ficha técnica
VILA NOVA 1X3 APARECIDENSE

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia
Data: 05/02/2012. Horário: 17 horas
Árbitro: Fabrício Nery. Assistentes: Cristian Passos e Cleyton Pereira
Cartão vermelho: Tatu 13’ 2T (Aparecidense)
Gols: Evandro 16’ 2T (Vila Nova); Geovane 8’ 1T, Zé Carlos 25’ 1T e Bruno Aquino 28’ 2T (Aparecidense)
Renda: R$ 33.595,00. Público: 2.472 pagantes.

VILA NOVA: Júlio César; Nêgo, Rafael Pedro, Rafael Vaz e Wanderson (Wescley); Luiz Marques, Evandro, Ricardinho (Diego) e Rondinelly; Marion (Daniel) e Patrick. Técnico: Roberto Cavalo.

APARECIDENSE: Flávio Mendes; Leonardy, Carlão, Pedro Henrique e Jonathan; Geovane, Raphael Luz (Robert), Renato Xavier e Zé Carlos; Guilherme (Bruno Aquino) e Tatu. Técnico: Wladimir Araújo

Rio Verde 1 x 1 Anapolina, ruim para os dois

O Rio Verde, segue sem vencer no campeonato, só empatou com a Anapolina, no Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde por 1 a 1, na tarde deste domingo. Os gols foram marcados no primeiro tempo, Nonato fez para o time da casa, o atacante Roni, empatou para a Rubra.

O resultado foi ruim para os dois times.

Com o empate, o Rio Verde continua na lanterna, com dois pontos conquistados. A Anapolina se distancia cada vez mais dos líderes do Campeonato Goiano, e agora é a oitava colocada, com cinco pontos.

Na próxima rodada o Rio Verde recebe o Morrinhos, nesta quarta-feira, às 20h30m. No mesmo dia e horário a Anapolins encara o Goianésia no estádio Jonas Duarte, em Anápolis.

Ficha técnica
RIO VERDE 1X1 ANAPOLINA

Local: Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Data: 05/02/2012. Horário: 17 horas
Árbitro: Eduardo Tomaz
Assistentes: Evandro Gomes Ferreira e Adailton Fernando
Gols: Nonato 15’ 1T (Rio Verde); Roni 42’ 1T (Anapolina)
Renda: R$ 19.505,00. Público: 2.171 pagantes

RIO VERDE: Wagner Bueno; Marcelo Goiano, Jaime, Carlão e Paulo César; Márcio Senna (Vina), Geovane, Juninho, Keninha (Vélber); Felipe Gaúcho e Nonato. Técnico: Artur Neto.

ANAPOLINA: Edinho; Araújo (Simão Paraná), Duda, Ismael Santos e Rodrigo Ítalo; Amaral, Juninho Goiano, Emerson Cris, Simão (Diego Recife) e Guaru (Rayllan); Roni. Técnico: Vica.

Morrinhos vence o Itumbiara de virada

Foi um jogo emocionante.

O Morrinhos, em casa, terminou o primeiro perdendo por 2 a 0, Lins e Schwenck marcaram para o Itumbiara. Na etapa fina Sidney, Juninho e Elder Santana viraram o jogo para o time da casa. Terminou 3 a 2.

Com o resultado, o Morrinhos saiu da zona de rebaixamento, e agora é o sétimo colocado, com cinco pontos conquistados. O Itumbiara continua na terceira posição, com nove pontos.

O técnico Júnior Pezão estreou com pé direito.

O Itumbiara, time de maior investimento do interior, agora em crise, vai mostrando, por enquanto, que não é tudo o que parecia ser.

Mas ainda há muito campeonato pela frente.

Na sexta rodada o Morrinhos enfrenta o Rio Verde, no estádio Mozart Veloso do Carmo, às 20h30 desta quarta-feira. O Itumbiara recebe o Vila Nova, no estádio JK, também ás 20h30. 
 
Ficha técnica
MORRINHOS 3X2 ITUMBIARA

Local: Estádio João Vilela, em Morrinhos
Data: 05/02/2012. Horário: 17 horas
Árbitro: Osimar Moreira. Assistentes: Jesmar Miranda e Nilton Rodrigues
Gols: Sidney 1’, Juninho Paraíba 41’ e Elder Santana 46’ 2T (Morrinhos); Lins 32’ 1T e Schwenck 45’ 1T (Itumbiara)
Renda: R$ 20.100,00. Público: 1.942 pagantes.

MORRINHOS: Leonan; Da Silva, Rafael Oleosa, Saul (Regis), Vinicius Zaqui e Marcelinho; Roger (Alexandre), Vanderson, Rodriguinho (Elder Santana) e Juninho Paraíba; Sidney. Técnico: Paulo Silva.

ITUMBIARA: Marcelo Pitol; Wagner Diniz, Micão, Édson Borges e Chiquinho; Mancuso, Zé Luis, Marcinho (Jaime) e Marcus Vinicius; Schwenck e Lins (Erick Flores). Técnico: Roberto Fonseca

Goianésia perde em casa para o Crac

O Goianésia voltou ao normal. Depois de aprontar, ao vencer o Atlético na semana passada, o time perdeu em casa para Crac por 2 a 0, foram marcados por Danilinho, no primeiro tempo e Fábio Nunes, na segunda etapa.

Com o resultado, o Goianésia estacionou nos 4 pontos e entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Goiano, na 9ª colocação. Já o Crac, que alcançou os 7, chegou à quinta posição.

Na próxima rodada, o Goianésia terá uma dura missão para tentar a sua recuperação, já que encara a Anapolina, no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis,  quarta-feira, ás 20h30. Enquanto isso, o Crac visita o Goiás, na Serrinha, ás 22 horas.

Não será surpresa uma troca de técnico no Goianésia.

Ficha técnica
GOIANÉSIA 0X2 CRAC

Local: Estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia
Data: 05/02/2012. Horário: 17 horas
Árbitro: Elmo Resende
Assistentes: Marco Antônio Moreira e Alex Camargo
Gols: Danilinho 2’ 1T e Fábio Nunes 17’ 2T (Crac)
Renda: R$ 15.007,50. Público: 1.065 pagantes

GOIANÉSIA: Reinaldo, Acácio, Júnior Soares (Bruno Morais), Preto Marabá e Maninho (Thiago Gaúcho); Lê, Jefferson, Diogo Margazão e Diego; Sandro Goiano (Peri) e Cris. Técnico: Nivaldo Lancuna.

CRAC: Donizeti; Guerra, Luciano, João Paulo e Marcinho Pit; Thiago Carpini (João Vitor), Wellington Leão, Mário César e Cleitinho (Fábio Nunes); André Leonel e Danilinho. Técnico: Lucho Nizzo.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Atlético X Goiás: O Super-Clássico

Hoje tem Atlético e Goiás, que pela rivalidade recente pode ser considerado tecnicamente o maior clássico do estado. Goiás e Vila Nova é o clássico mais tradicional.

Goiás e Atlético é um Super-Clássico. As duas equipes que dominam o futebol goiano nos últimos 6 anos.

Por ser bicampeão e único representante do futebol goiano na Série A, o Atlético tem, em tese, uma maior "obrigação" pela vitória.

O Dragão tentar acabar com a invencibilidade esmeraldina. O Goiás defende um aproveitamento de 100% e a liderança do Goianão. O empate é bom para o Goiás.

Hélio dos Anjos já definiu o time, mas faz mistério. O artilheiro Marcão pode permanecer na reserva. O dilema está entre Willian, que é melhor, e, Marcão que está melhor.

Eu escalaria Willian.

O técnico Enderson Moreira também faz mistério, David está à disposição, recuperado de dores musculares. Mas o retorno de David ao time titular não está confirmado, tendo em vista o bom desempenho de Ramon no último jogo. No meio-campo, Marcos Paulo já se recuperou bem de uma lesão no tornozelo, mas como não treinou após a partida contra o Itumbiara, deve ser substituído por Alan Bahia.

Eu manteria Ramon.

O Atlético é favorito.

Ficha Tecnica
Atlético-GO x Goiás
Dia 05 de fevereiro de 2012, 17 horas
Local: Estádio Serra Dourada
Arbitro: Wilton Pereira Sampaio (Asp. FIFA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho (FIFA) e Márcio Soares

Atlético-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Gabriel e Ernandes; Pituca, Marino, Joilson e Bida; Elias e William (Marcão). Técnico: Hélio dos Anjos. 

Goiás: Harlei; Peter, Ernando, Rafael Toloi e Egídio; Alan Bahia, Amaral, David (Ramon) e Ricardo Goulart. Iarley e Felipe Amorim. Técnico: Enderson Moreira.

Vila busca segunda vitória seguida contra a Aparecidense

Vindo da vitória por goleada sobre a Anapolina. por 4 a 0, o Vila Nova tenta se manter no G4 jogando novamente em casa, desta vez contra a Aparecidense.

O time tenta, pela primeira vez no campeonato, emplacar duas vitórias consecutivas.

Para este confronto o técnico Roberto Cavalo não poderá contar com o zagueiro Thiago Irineu, que cumpre suspensão pelo terceiro certão amarelo. Desta forma, Rafael Pedro entra em seu lugar e nas demais posições o time titular será o mesmo.

A Aparecidense tenta a primeira vitória sob o comando do técnico Wladimir Araújo, que substituiu Leonardo Souza, a equipe deve ser a mesma dos empates contra a Anapolina e o Rio Verde.

O Vila Nova é favorito.

Ficha Técnica
Vila Nova x Aparecidense
Dia 05 de fevereiro de 2012 - 17 horas
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia-GO
Arbitro: Fabrício Nery
Assistentes: Christian Passos e Cleyton Pereira.

Vila Nova: Júlio César; Nêgo, Rafael Pedro, Rafael Vaz e John Lennon; Luiz Marques, Evandro, Ricardinho e Rondinelly; Marion e Patric. Técnico: Roberto Cavalo.

Aparecidense: Flávio Mendes; Leonardy, Carlão, Martony e Xavier; Geovane, Renato Xavier, Raphael Luz e Zé Carlos; Tatu e Guilherme. Técnico: Wladimir Araújo.

Morrinhos estreia técnico contra o Itumbiara

Sem vencer no Campeonato Goiano e de técnico novo, Júnior Pezão, o Morrinhos encara o Itumbiara, neste domingo, às 17h, no Centro Esportivo João Vilela.

A missão de Pezão não é fácil, precisa desesperadamente da vitória, para sair da zona de rebaixamento.

No Itumbiara, o técnico Roberto Fonseca, vindo de derrota, em casa, para o Goiás, escala o atacante Lins e o lateral-direito Wagner Diniz como titulares.

O Itumbiara é favorito.

Ficha Técnica
Morrinhos x Itumbiara
Dia 05 de fevereiro de 2012 - 17 horas
Local: Centro Esportivo João Vilela, em Morrinhos-GO
Arbitro: Osimar Moreira.
Assistentes: Jesmar Miranda e Nilton Rodrigues.

Morrinhos: Leonam; Rafael Olioza, Vinícius Zaqui e Saul; Vanderson, Negrete, Juninho Paraíba, William Kremer e Da Silva; Sidney e Régis. Técnico: Júnior Pezão

Itumbiara: Marcelo Pitol, Wagner Diniz, Micão, Edson Borges e Chiquinho; Zé Luís, Mancuso, Marcus Vinícius e Marcinho; Lins e Schwenck. Técnico: Roberto Fonseca.

Goianésia e CRAC, vencedor pode chegar ao G4

O Goianésia começou o campeonato como candidato ao rebaixamento, ainda é, mas está surpreendendo.

O Azulão do Vale ocupa a sétima colocação, hoje enfrenta o Crac, em casa, às 17h, no estádio Valdeir José de Oliveira. Se vencer, dependendo de resultados, o time do técnico Nivaldo Lancuna pode até terminar a rodada no G4.

O CRAC também tem quatro pontos, e considera o jogo de hoje decisivo.

O Goianésia é favorito.

Ficha Técnica
Goianésia X Crac
Dia 05 de Fevereiro de 2012 - 17 horas
Local - Estádio Valdeir José de Oliveira, em Goianésia.
Árbitro: Elmo Resende
Assistentes: Marco Antônio Moreira e Alex Camargo

Goianésia: Reinaldo; Júnior Soares, Preto Marabá e Jéferson; Acácio, Lê, Diogo Marzagão, Diego (Bruno Morais) e Maninho; Cris e Johnathan. Técnico: Nivaldo Lancuna.

Crac: Donizeti; Guerra, Luciano, João Paulo e Marcinho Pitty; Wellington Leão, Thiago Carpini, Mário César e Clayton; Danilinho e André Leonel.

Anapolina estreia Vica contra o Rio Verde

Artur Neto, técnico do Rio Verde, fará o seu segundo jogo, vindo do empate contra a Aparecidense, terá o desafio de conquistar a primeira vitória, contra a Anapolina, hoje 17:00, Rio Verde.

Artur tem uma série de desfalques: o lateral-direito Wilton Goiano, o volante Cléber Goiano, o lateral Jorge Henrique e os atacantes Moisés e Wesley Brasília, todos machucados.

Na Anapolina, o técnico Vica, fará a sua estreia, na sua escalação a principal novidade é a volta do volante Amaral dispensado pela diretoria na quinta-feirta, foi reintegrado a pedido de Vica e vai ser titular.

Ficha Técnica
Rio Verde x Anapolina
Dia 05 de Fevereiro de 2012 - 17 horas
Local - Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Arbitragem: Eduardo Tomaz
Assistentes: Evandro Gomes Ferreira e Adailton Fernando.

Rio Verde: Wagner Bueno; Marcelo Goiano, Jaime, Carlão e Paulo César; Geovane, Juninho, Vélber e Felipe Gaúcho; Danilo e Nonato. Técnico: Artur Neto.

Anapolina: Edinho; Araújo, Duda, Valnei e Rodrigo Ítalo; Amaral, Juninho Goiano, Emerson Cris, Simão e Guaru; Roni. Técnico: Vica.