Páginas

terça-feira, 5 de março de 2013

Crac dispensa diretor, técnico e seis jogadores


Depois de terminar o primeiro turno na lanterna do Goianão a diretoria do Crac resolveu fazer um limpa.

Os dirigentes confirmaram nesta segunda-feira a demissão do técnico Arturzinho e do auxiliar técnico Toninho Oliveira. O Gerente Executivo de Futebol Sydney Ferreira, que no ano passado rebaixou a Anapolina, também rodou.

O presidente executivo do Crac José Silvano agiu rápido e já anunciou o novo treinador. Trata-se de Hemerson Maria, de 40 anos, com passagens pelo Figueirense, Avaí e Red Bull.

Para a vaga de Sydney Ferreira foi contratado Benevan Ribeiro, ex-jogador do Goiás.

O novo gerente de futebol chegou anunciando a dispensa de seis jogadores: o lateral-direito Gilberto Matuto, o zagueiro Santiago, o volante Emerson Cris, o meia Gabriel e os atacantes André Nunes e Wesley Brasília.

Opinião:

A situação é crítica. O Crac é um dos representantes do estado na Copa do Brasil e na Série C.

O time é muito dependente do poder público local. Política e futebol não poderiam se misturar. Mas nesse caso, a perda do ex-prefeito Adib Elias, derrotado nas urnas pelo grupo político rival, fez com que o clube perdesse uma liderança experiente no mundo do futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário