Páginas

terça-feira, 9 de abril de 2013

Presidente do Goiás fala sobre polêmicas


O presidente do Goiás, João Bosco Luz, explicou em entrevista coletiva as situações polêmicas que o Clube esteve envolvido no último final de semana.

A atitude do presidente foi importante. Essa deve ser a postura de todos os comandantes quando os times estão nessas situações.

Na entrevista que durou mais de 30 minutos, João Bosco respondeu várias perguntas em relação aos episódios envolvendo o técnico Enderson Moreira e o atacante Neto Baiano.

Sobre Neto Baiano, o presidente disse que ele não estava embriagado, mas que ele havia consumido bebida alcoólica na noite de sábado. João Bosco disse que não havia nenhum impedimento neste sentido já que o jogador de folga e acompanhado de familiares. O presidente afirmou que o jogador não se envolveu em nenhuma briga e que o caso foi totalmente acompanhado por advogados do Goiás.

Penso que internamente o jogador deve ter sido no mínimo orientado a tomar cuidado com essas situações.

Neto Baiano já admitiu em outras oportunidades de ter feito muita "coisa errada" na vida. Que depois de ter se casado o seu comportamento teria mudado. O jogador, quando atuou na Ponte Preta, chegou a ser conhecido como "Imperador caipira", não só pela semelhança no estilo de jogo e a estatura do famoso jogador Adriano, mas também pela fama de baladeiro. Neto, de uns dois anos pra cá, mudou mesmo, passou a fazer mais gols e conseguiu bons contratos.

Acredito que o Goiás age certo ao dar esse voto de confiança.

Sobre a discussão entre o técnico Enderson Moreira e o repórter Fernando Lima, da Rádio Difusora, o presidente disse que o treinador do Goiás tem uma função desgastante no clube, cercada de pressões e responsabilidades. Isso poderia ter gerado um momento de stress, que teria motivado a reação do treinador diante da discussão. João Bosco preferiu não discutir quem estava certo ou errado e garantiu que o problema está superado. Não haverá nenhuma mudança no trato com a imprensa.

Conhecendo o presidente e as partes envolvidas era nesse desfecho que eu acreditava.

Vida que segue...

Nenhum comentário:

Postar um comentário