Páginas

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Vila Nova surpreende e contrata Márcio Bittencourt


O Vila Nova anunciou o seu treinador para a Série C.

É Márcio Bittencourt, ex-jogador que teve o seu auge no Corinthians onde iniciou a sua carreira de treinador.

Na época, em 2005, Márcio comandou o milhonário Corinthians de Tevez na era MSI. Foi substituído por Antônio Lopes nos últimos três meses do Brasileirão conquistado pelo time paulista.

Trabalhando a 8 anos como técnico, ele não teve resultados expressivos, passou por muitos times médios e pequenos, não nenhum acesso e conquistou apenas o modesto título da Copa Paulista pelo Juventus em 2007.

Bittencourt trabalhou no Brasiliense, Fortaleza, América-SP, Juventus-SP, Noroeste-SP, Ipatinga-MG, Santa Cruz-PE, Náutico-PE, Ponte Preta, Monte Azul-SP, Volta Redonda, Icasa, São José e Itumbiara.

No Itumbiara, no ano passado, Márcio trabalhou apenas 4 jogos, empatou duas e perdeu outras duas e acabou demitido.

Ao ser perguntado onde fez o melhor trabalho, o treinador disse que talvez seria mais fácil dizer onde passou menos raiva.

Acredito que Márcio e a nova diretoria de futebol do Vila merecem um voto de confiança.

Mas não posso trair minha consciência e dizer que foi uma boa contratação.

O diretor de futebol Hugo Jorge Bravo disse que seria criterioso na contração do novo treinador.

Me parece que nesse caso não foi bem assim.

Márcio Bittencourt é uma aposta.

O Vila dá uma oportunidade a um treinador que nunca fez um trabalho que o clube espera que faça.

Disseram que Hermógenes Neto seria o auxiliar técnico de qualquer treinador que viesse.

Não será.

Márcio trouxe o auxiliar Venâncio Moreira. Neto pode ser um segundo auxiliar.

Tomara que as coisas se encaixem, mesmo começando com algumas contradições.

Que o Vila dê condições de trabalho para que Márcio coloque conquistas pelo Vila Nova em seu currículo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário