Páginas

domingo, 2 de junho de 2013

Goiás em alerta, 3 jogos sem vitória

Hugo fazendo o gol de empate. Foto: Léo Iran. Clique para ampliar
Maior posse de bola, as melhores oportunidades, gols perdidos, o empate e o Goiás segue sem vencer no Campeonato Brasileiro.

O time esmeraldino teve duas chances claras com Araújo de abrir o placar no primeiro tempo.

O Coritiba teve uma com Deivid e não perdoou. 1 a 0.

Hugo ainda teve chance de empatar.

Na etapa final o Goiás teve dificuldades para sair da marcação do Coritiba até conseguir empatar com Hugo.

Depois teve chances de virar o jogo, mas esbarrou em uma noite inspirada do goleiro Vanderlei.

O Goiás mostrou mais facilidade para criar jogadas, mas esbarrou na falta de objetividade em alguns lances e de capricho nas finalizações.

Oportunidade para vencer em casa só no dia 6 de julho, depois da Copa das Confederações, contra o Vitória.

Agora, o Goiás terá o São Paulo na quarta-feira e o Fluminense no domingo, dois jogos fora de casa e o risco entrar o recesso sem vencer e na faixa do rebaixamento.

Essa situação e os dois pontos conquistados, em três jogos, preocupam a diretoria do Goiás. O presidente executivo João Bosco Luz e o presidente do Conselho Hailé Pinheiro conversaram reservadamente depois do jogo.

Talvez eles estavam refletindo o que faltou para o Goiás vencer o Corinthians e o Coritiba.

Eles, mais do que qualquer um, não podem achar que tudo está normal, nem que tudo está errado.

A avaliação do técnico Enderson Moreira de que o Goiás melhorou em relação ao primeiro jogo é aceitável, mas há de ser considerar a cobrança de que o time poderia estar melhor, até por que teve condições e tempo pra isso.

Em outras palavras, a "batata" do técnico está assando.

Um comentário: