Páginas

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Defesa falha e Vila perde para o Guarani

Perder em Campinas para o Guarani é normal. Mas o Vila tinha condições de se sair melhor.

O Guarani é um time que joga na retranca, não tem medo de jogar feio, deixa o adversário procurar os espaços, marca muito e joga nos erros do oponente.

Se o Vila Nova não conseguia sair dessa marcação, o Guarani também tinha dificuldades de chegar ao gol, tanto que no primeiro tempo só teve uma chance, defendida por Pitol.

Hermógenes Neto, no segundo tempo, tentou dar uma "cartada", abrindo mais o time, colocando o atacante Marco Aurélio no lugar do meia Wesley.

Não deu certo.

O Vila Nova não conseguia armar jogadas e o Guarani começou a encontrar espaços.

Mas o placar poderia ter ficado em branco, se não fossem dois erros grotescos de marcação na bola aérea, de onde saíram os gols da vitória do Guarani por 2 a 0.

O primeiro gol, inclusive, saiu em uma jogada de contra ataque, que pela lógica, para um time que está jogando fora de casa não deveria tomar.

Venceu o time que errou menos e que insistiu em uma proposta de jogo do início ao fim.

O jogo, que foi o mais difícil até agora, servirá de lição servirá de lição para o Vila Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário