Páginas

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Sobre a contratação de PC Gusmão

Jorge Sotter e PC. Foto: Site oficial ACG
Nem precisa repetir que foi uma lambança ter demitido Waldemar Lemos e contratado Renê Simões.

O que começou errado terminou errado.

Agora chega o técnico PC Gusmão pela terceira vez no clube.

Do círculo de treinadores que o Dragão gosta de trazer, PC é uma boa opção.

Existem dois pontos importantes a serem lembrados na contratação de PC Gusmão.

O principal motivo da contratação de PC é mais pela sua comissão técnica do que pelo trabalho dele como treinador. Jorge Soter, preparador físico, tem capacidade de reverter a situação crítica que o time passa nesta área.

O principal motivo de PC ter aceitado a proposta do Atlético é financeiro. Estava há seis meses desempregado.

O treinador teve duas saídas traumáticas do clube.

Na primeira, em 2009, depois de perder o Campeonato Goiano, PC teria recebido a garantia que continuaria, mas ficou sabendo da sua saída pela imprensa.

Em 2011, saiu durante o período em que vivia um problema de saúde na família e ainda não recebeu o que teria direito, o que provocou uma demanda na justiça trabalhista.

PC Gusmão, pelo profissional que é, tentará fazer o melhor, mas no fundo sabe que o Atlético não é um time que dá segurança a treinadores de futebol.

Se depender só do trabalho dele e da sua comissão técnica o Atlético reage no campeonato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário