Páginas

sábado, 7 de dezembro de 2013

Dragão diferente em 2014

O Atlético Goianiense promete um 2014 diferente dos últimos dois anos.

Os dirigentes não querem cometer os mesmos erros do passado.

O diretor de futebol Adson Batista disse que não pretende ficar repatriando jogadores e técnicos.

Atitude acertada.

Criatividade e critério nas contratações, pé no chão, planejamento e a reconstrução do Estádio Antônio Acciolly são as prioridades em 2014.

A prova da mudança de atitude foi a contratação do treinador.

Marcelo Martelotte, técnico promissor, vai comandar o Dragão no ano que vem.

Boa contratação. Só de sair daquelas "figurinhas carimbadas" já é um avanço.

Que continuem assim.

Bom também será que o Atlético faça um "limpa". Que agradeçam aqueles jogadores que deram o que tinham que dar e principalmente alguns que o Clube teve dificuldades de pagar ao longo de 2013.

É vida nova.

E a permanência de Valdivino de Oliveira e Jovair Arantes traz mais segurança para 2014.

Novo treinador: 

Marcelo Martelotte foi um goleiro eficiente, as boas participações no Bragantino lhe renderam um contrato com o Santos em 1997. Marcelo ainda se destacou no Santa Cruz e no Sport.

Após encerrar a carreira de jogador, em 2002, pelo Taubaté, clube que o revelou, Martelotte iniciou a carreira de técnico. Em 2004, treinando o Sub 20 do Palmeiras, foi campeão paulista.

Como auxiliar tecnico/interino, Marcelo chegou a dirigir interinamente o time profissional do Santos em 28 partidas entre 2010 e 2012.

Em 2013 chegou ao Santa Cruz conquistou o tri-campeonato estadual do clube. Na sequência, Martelotte se transferiu para o rival Sport, e em de setembro assumiu o já rebaixado Náutico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário