Páginas

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

"Rajada" pior que a "Mazembada"

Ninguém esperava que o Atlético Mineiro fosse ganhar o Mundial.

A obrigação era de pelo menos ir para a final.

Mas o Galo amarelou.

O Atlético foi mais um a abrir mão de Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil por um campeonato que só brasileiro leva a sério e que europeu quase sempre ganha sem fazer esforço.

Essa é uma lição que os times brasileiros precisam aprender. Time ganha Libertadores e foca só o Mundial, ganha a Copa do Brasil esquece o Brasileiro e até o absurdo que a Ponte Preta fez, ao desprezar o Brasileiro, cair e tentar, sem sucesso, ganhar a Sul-Americana.

Tudo que foi preparado pelo Galo não valeu nada. Até a conquista da Libertadores foi esquecida. Já que quem riu por último foi o Cruzeiro.

Riu com o título nacional e com o vexame do Galo.

E o que aconteceu?

Na minha opinião o negócio começou a "azedar" com o técnico Cuca.

Ele "quebrou" a concentração do time.

No dia 21 de Novembro anuncia que continuaria no Galo até o fim de 2014.

No Marrocos, ele avisa para os jogadores que estaria de saída após o Mundial. Que iria para o futebol Chinês aceitando uma proposta irrecusável.

Não era o momento.

Além desse fator o que vi em campo foi um time medroso, apático e desatento.

O fracasso do Galo conseguiu ser pior do que a "Mazembada" do Inter em 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário