sexta-feira, 19 de abril de 2013

Será que vai ter marmelada?


O Anápolis corre um pequeno risco de rebaixamento no Goianão e não tem chance de se classificar.

O representante anapolino rebaixa se o Vila Nova ganhar do Rio Verde e o time for goleado pela Aparecidense.

Os dois times tem 19 pontos, o saldo de do Anápolis é -6, o do Rio Verde é -8.

Por exemplo: O Vila vence o Rio Verde por 1 a 0. O Anápolis poderá ser rebaixado se perder por diferença de 4 gols.

O 1 a 0 já serve para a Aparecidense.

Perder de pouco serve para o Anápolis.

Será que vai ter combinação? Um trato que a Aparecidense ganhe de pouco?

É possível, já cansei de ver isso no futebol.

Mas outra situação pode fazer a história ser diferente. O incentivo financeiro  a "mala branca" dos demais interessados no jogo.

O Rio Verde pode oferecer um prêmio para a Aparecidense golear.

O Crac e o Grêmio podem mandar uma grana para o Anápolis ganhar o jogo.

Prefiro pensar que os times vão jogar pra vencer, independente das conveniências e incentivos financeiros.

Mas que tá com jeito de marmelada está...

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Náutico 1 x 1 Crac - Mais um time goiano na 2ª fase da Copa do Brasil


No placar agregado ficou 4 a 2 para o Crac.

Os 3 a 1 em Catalão e o 1 a 1 na casa do Náutico garantiram o time goiano na próxima fase da Copa do Brasil. Depois de Goiás e Atlético o Crac crava o aproveitamento de 100% do futebol goiano na primeira etapa da competição.

Essa é a 2ª participação do Crac na história da Copa do Brasil, pela 1ª vez o time ultrapassa a 1ª Fase da competição.

O Náutico é o 2º time da Série A a ser eliminado da Copa do Brasil/2013, o outro foi a Portuguesa, eliminado pela Naviraiense/MS.

O Crac, organizado taticamente, foi o dono das melhores chances do jogo. Abriu o placar no 1º tempo, com Jonatan aos 27 minutos.

No segundo tempo, o Náutico chegou ao empate através de Elton aos 40 minutos.

o Leão do Sul está classificado e vai encarar o Betim/MG, o antigo Ipatinga, na próxima fase.

A classificação do Crac confirma a fantástica recuperação do time na temporada.

Traz esperanças ao futebol goiano de uma boa representação na Série C 2013.

Livre do rebaixamento no estadual, depois de terminar o primeiro turno na lanterna, é uma pena que não dependa das próprias forças para se classificar no encerramento da fase no final de semana.

O Crac atualmente é o melhor time do interior, superior inclusive ao Goianésia.

A sua presença nas semifinais agregaria mais qualidade técnica e público do que Aparecidense ou Grêmio Anápolis.

É difícil, mas vou torcer para que o Crac se classifique no Goianão.

Olha quem fala: Presidente do Rio Verde diz que Vila merece rebaixamento


Régis Cruvinel, presidente do Rio Verde, disse na rádio 820 que o Vila Nova tem que ser rebaixado para a segunda divisão.

A justificativa do dirigente é por que o Vila é mal administrado.

Ok?

Mas de quem vem essa crítica?

De um dirigente que jogou dinheiro no ralo, contratou um monte de boleiros e está disputando rebaixamento com um time não gastou nem 30% do que ele torrou.

Como diria aquela frase bíblica: "Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?".


Neto Baiano falou mesmo que quer voltar para o Vitória


Neto Baiano aproveitou que estava em Salvador, resolvendo problemas particulares, e foi assistir o jogo da última terça entre Vitória-BA X Mixto-MT pela Copa do Brasil.

Até aí tudo bem.

Ele começou a errar quando foi ao vestiário do Vitória e depois começou a dar entrevistas dizendo que estava com saudades, que queria voltar e que no Goiás as coisas não estavam dando muito certo.

As declarações repercutiram.

À imprensa goiana Neto Baiano disse que não tinha falado tais coisas.

Pois é...

Fomos atrás das declarações:


Talvez ele tenha tentado fazer uma média com a galera do Vitória. Talvez não esteja mesmo satisfeito aqui.

Mas o certo é que ele tem contrato a cumprir por mais dois anos.

Um colega de Salvador me disse: "Podem ir se acostumando".

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Zerar cartões: Atlético exagera na dose


Vem aí três decisões contra o Goianésia.

Se o Atlético vencer terá vantagem na semifinal.

O Goianésia joga pelo empate para manter a segunda posição e ter o benefício dos dois resultados iguais e de decidir em casa.

Na última segunda-feira, no jogo contra o Anápolis, o Atlético usou a partida para "limpar" os cartões amarelos.

Receberam o 3º cartão: os zagueiros Gílson, Arthur e Diego Giaretta e também o lateral-esquerdo Leonardo.

Os prováveis substitutos são Lucão, Ednei e Leonardo Moura. Para a lateral-esquerda o treinador pode optar pela entrada de Paulo Henrique Martins no lugar de John Lennon, que seria deslocado para a esquerda. Outra alternativa pode ser o recuo de Ernandes, para que Pituca entre no meio-campo.

São muitas mudanças para um jogo tão importante.

Obrigatoriamente o Atlético precisa vencer uma partida. O Goianésia, com três empates estará na final.

Talvez o único dos três jogos no Serra Dourada.

Penso que zerar os cartões para esse jogo não foi a melhor estratégia. Talvez poderiam zerar um ou dois jogadores, jamais a zaga inteira.

Mesmo assim o Atlético é favorito. Mas o "seguro morreu de velho".

Rio Verde ameaça não entrar em campo contra o Vila


A Assessoria de Imprensa do Rio verde publicou a seguinte nota:

"A DIRETORIA DO ESPORTE CLUBE RIO VERDE IRÁ FAZER UM PROTESTO FORMAL CONTRA A ARBITRAGEM DE EDUARDO TOMAZ À FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL E SOLICITAR QUE SEJA ESCALADO PARA A PARTIDA CONTRA O VILA NOVA UM ÁRBITRO QUE AINDA NÃO TENHA ATUADO NESTE CAMPEONATO (CASO O PEDIDO NÃO SEJA ACEITO, O TIME NÃO IRÁ ENTRAR EM CAMPO)."

Em entrevistas os dirigentes disseram que "exigem" arbitragem de fora.

O sorteio será nesta quinta-feira.

Se a Comissão de Arbitragem da FGF ceder, todos vão dizer que pipocou. Talvez até eles tivessem essa ideia  mas agora não poderão colocar árbitro de fora, sob pena de abrir precedente.

No máximo podem pensar em um sorteio com um árbitro de fora e um daqui.

Ao fazer esse tipo de ameaça a diretoria do Rio Verde pode estar demonstrando duas coisas: Amadorismo ou tentativa de desviar o foco.

Amadorismo por dar uma declaração pública de uma coisa que poderia ser sugerida internamente. Demonstra falta de habilidade.

Tentativa de desviar o foco, por saber que sua ameaça não seria atendida. Assim colocaria a FGF como vilã à sua torcida, tirando o foco dos dirigentes, os verdadeiros culpados.

Talvez seja um pouco das duas coisas. Torraram uma fortuna em um time que pra ser ruim tem que melhorar muito.

Resumindo: A arbitragem será de Goiás e eles não terão coragem de cumprir o que prometeram.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Emoções na última rodada da 1ª fase Goianão


Depois de pensar bastante a diretoria do Vila Nova chegou à conclusão que o clube deveria solicitar a mudança do jogo contra o Rio Verde para o Serra Dourada.

Os contrários à ideia lembravam que o Vila não ganhou nenhum ponto esse ano no Serra Dourada. Vale lembrar que esses

Os favoráveis a mudança lembraram que o Rio Verde no Serra Dourada tomou de 7 para o Goiás e de 4 para o Atlético.

Mas a ideia principal da mudança é a segurança.

Se o jogo for no OBA e se o Vila rebaixar o risco é grande.

Em função da transferência da partida Vila Nova x Rio Verde para o Estádio Serra Dourada, a Federação antecipou o jogo Atlético x Goianésia de domingo para sábado.

Teremos decisões no sábado e domingo.

Aparecidense x Anápolis e Grêmio X Crac serão outras duas decisões.

Confesso que estou torcendo pela classificação do Crac. Acredito que o time de Catalão daria mais arrocho e levaria mais público em uma semifinal.

A partida entre Itumbiara e Goiás foi antecipada para sábado. O único jogo que é só para cumprir tabela na rodada.

domingo, 14 de abril de 2013

Crac x Vila Nova - O domingo do desespero


Crac e Vila Nova, neste domingo, 4 da tarde, será o principal jogo da rodada. Todas as atenções estarão voltadas para Catalão.

O Rio Verde jogará em casa contra a Aparecidense, se vencer escapa do rebaixamento e terá chances de se classificar na última rodada. Será outro jogo tenso. A Aparecidense precisa do resultado para classificar.

Vila Nova e Crac tem 17 pontos, o Vila leva vantagem de dois gols de saldo.

Se o Crac ganhar o jogo e o Rio Verde não vencer a Aparecidense, o representante de Catalão já se garante na primeira divisão de 2014. Isso por que naPara não depender de tropeço de Anápolis e Rio Verde, o Crac terá que conquistar mais quatro pontos.

Se o Vila vencer, bastará o empate com o Rio Verde na última rodada, ou derrota, desde que não seja de goleada.

Se empatarem, Vila Nova e Crac irão para a última rodada precisando vencer de olho no saldo de gols.

Favoritismo

Tudo conspira para o favoritismo do Crac. O momento do time de Catalão é muito melhor. Em campo e fora dele.

A diretoria do Vila ofereceu premiação especial. Mas se o resultado vier não será por isso. Em um time que até o roupeiro está sem receber, uma promessa de dirigentes não emociona os jogadores.

Só com raça, característica das grandes conquistas do Vila, é que o time conseguirá surpreender a todos.

Ao Crac ficará a missão de jogar como vinha jogando no Goianão e na Copa do Brasil (onde ganhou bem do Náutico, o campeão do 1º turno do Pernambucano).

Para o duelo deste domingo, o Crac não terá o meio-campista Robson Goiano, vetado pelo departamento médico. O atacante Marcelo Kilder, que veio do futebol catarinense entra em seu lugar.

Pelo lado do Vila Nova, o treinador vai repetir a mesma formação na ultima partida.

Opinião:

O perdedor desse jogo terá grande risco de ser o rebaixado.

Pela necessidade e o estilo de jogo dos dois times o empate é pouco provável.

O Crac é favorito.

O Vila terá chances se conseguir jogar o que jogou contra o Goianésia e tiver um pouco de cuidado na defesa.