Páginas

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Damião pobre? Aranha, Mena e Arouca, os mercenários do Santos

Alguns jogadores do Santos estão entrando na justiça buscando a rescisão indireta em virtude de salários atrasados.

Só tenho uma palavra pra definir isso: Oportunismo.

As reivindicações são legais, porém imorais.

Não sou contra que as pessoas busquem seus direitos. Mas existes casos e casos.

Eles sabem que a crise no Santos é momentânea, eles não vão tomar cano.

Só estão entrando na justiça por que tem propostas. Se não, estariam quietinhos.

Nem dá pra saber qual é o mais cara de pau.

Leandro Damião, que só enganou no Santos, com um salário de 650 mil reais, ao entrar na justiça, declarou que é pobre e não pode pagar advogados.



O limitadíssimo goleiro Aranha entrou na justiça e dançou. Teve uma derrota inesperada a sua liminar foi negada. Magoada com o atleta, a diretoria rejeita continuar com ele e já corre para acertar com outro nome.

Outro espertinho é o volante Arouca que espera liminar para acertar com o Palmeiras.

Mena, lateral chileno, conseguiu a liberação na justiça e foi para o Cruzeiro.

Postura diferente teve o zagueiro Edu Dracena, que acertou tudo e sairá pela porta da frente.

Gratidão e caráter são valores que caminham juntos.

Que o novo clube desses aproveitadores abram o olho. Eles podem ser as próximas vítimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário